Arena

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fujiko em Qua 29 Abr 2015 - 22:48

A luta continuaria, se um homem gordo, não tivesse interrompido, não sei definir qual era sua importância naquele lugar, mais suas ordens fizeram até mesmo os soldados pararem.

- Um assalto? Respondi, do jeito mais inocente possível.

- Ou talvez só um guerreiro precisando de dinheiro, escolha qualquer um dos dois. completei.
avatar
Fujiko
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Sex 15 Maio 2015 - 7:41

@Fujuko


Interrompendo a forma irônica que o jovem falou, Lavitz se pronuncia de uma forma mais formal e objetiva.

-O que o pequeno quis dizer, é que o valor pago a ele pela vitória é muito baixo, comparado ao que estava no anuncio!-

Falou Lavitz sem baixar sua guarda.

O senhor então baixou olhou a sena e ordenou para que os seus guarda costas baixassem as armas e deixassem os 2 passarem.

-Vamos, entrem! Tenho certeza que tudo isso não passa de um mal entendido!-

O baixinho, abre espaço para que ambos entrem.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fujiko em Dom 24 Maio 2015 - 18:28

Depois que o aparentemente proprietário do lugar e chefe dos guardas os mandou baixarem suas armas, pediu para que fossemos a sala para resolver a situação.
Entrei, obviamente achando que lavitz viria também, e parei pouco depois de passar da porta, aguardando o homem gordo entrar também.
avatar
Fujiko
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Ter 26 Maio 2015 - 14:11

@Fujiko


Já todos dentro da sala, o gordinho fecha a porta e direciona os cavalheiros a se sentarem.

Lavits fica em pé atras da cadeira onde o jovem se sentou.

-Muito bem meu jovem, de quanto era o premio?-

Falou o baixinho tirando seu chapéu e o colocando sobre a mesa.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fujiko em Qui 28 Maio 2015 - 17:30

Assim que me sentei, o homem gordo começou a negociação.

-Muito bem meu jovem, de quanto era o premio?

- Recebi 50 moedas por quase mutilar uma mulher-cobra, e pelo numero de pessoas que haviam no chão da arena, ela não deve valer somente isso. Respondi, continuando:

- Posso lutar mais umas vezes, fazer você ganhar dinheiro e ganhar dinheiro, sem problemas. Disse, de maneira certamente egocêntrica, conclui logo depois de terminar a frase.
avatar
Fujiko
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Qua 10 Jun 2015 - 11:24

@Fujiko

-Certo Jovem, você tem toda a razão. Mediante a isso, mandarei demitir o organizador do evento e contratar outro mais entendido do assunto.- O senhor continuava a olhar para o garoto. -E quanto acha que deve receber? Pode falar, sejamos justos.-
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Sab 11 Jul 2015 - 12:11

*Alistair caminhava em passos largos pela noite, desinteressado pelos mendigos, procurava alguém com a minima dignidade para se torna sua presa, certamente não estava faminto por isso seguia em busca de algo para se exercita. Logo se seguia em direção do local que buscava:A arena clandestina de kannin. O jovem se encontrava com seu sobretudo acinzentado e uma calça amarronzada desbotada pelos anos de uso, apesar de ser limpa era velha. seu arco preso as costa proximo a aljave, procurava pelo o dono ou organizador das lutas.*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Seg 13 Jul 2015 - 12:45

@Fandopr
********************************************************
General: -Não é de meu agrado, mas nessa situação não tenho outra escolha. Localize-o e o traga para mim, afinal vocês são iguais.-

Gold:- Sim, ambos somos superiores a vocês.-

General: -Tome cuidados com suas palavras garota.-

Gold: -Digo o mesmo sobre as suas.-

********************************************************

A calada da noite era algo relutante, misteriosa e nojenta pois é nesse momento que a verdadeira face da terra da Rainha se mostra.

Nos cantos das ruas, aqueles que de alguma maneira infringiram leis e foram esquecido plea sociedade, não violentos mas submissos e implorantes por mais um dia de vida. Esse perfil não se encaixava no requentado paladar de Fondor, no qual já saboreou sangues saborosos de cidadãos da alta classe e guardas da mesma. 

Seus passos eram rasos e delicados, praticamente flutuava no chão imundo das ruas, praticamente flutuava com sua postura perfeita e vestes impecáveis. Alguns pobres achavam que Fondor era fruto de sua imaginação bêbada e pouco fértil, á unica coisa que tocava no vampiro era o vento gélido da madrugada.

Em pé, sobre o telhado de uma das torres da cidade, longe dali o cheiro do mesmo fora localizado.

A arena estava fechada, alguns mercenários vigiavam o local, para apenas assegurar que os mendigos não invadisse o local.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Seg 13 Jul 2015 - 16:55

*Apos sua chegada, observou o local com certa indiferença, não tinha muitas razoes para tentar algo ali, no entanto, não estava satisfeito.*


"Não era para estar... Fechado. Ou sou eu que cheguei muito tarde?" *Concluiu em seus pensamentos um motivo valido*


"Talvez algo deva estar acontecendo, algo em especial deve ter acontecido para que os desafortunados do local não estarem na arena." 


*Ele sabia que ali era um antro de barbaridade e assim queria respostas, caminhou em direção dos mercenários calmamente.* 


 - Ora, ora. pensei que esta coisa estaria aberta nesta lua- Disse aos mercenários com seu tom de voz casual. 



*Parou a uns bons 10 passos dos homens tentando não se envolver mais com aquele lugar.*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Qua 15 Jul 2015 - 8:28

@Fandopr
**************************************************************
Gold:- Achei você.-

Saltando da torre que era iluminada pela lua que estava cheia, dando um ar de beleza a cidade. Descendo entre as janelas da torre e alguns canos metálicos que era usado para escoar água da chuva, Gold chega a uma altura suficientemente boa para começar a saltar. Mesmo seu corpo sendo superior ao dos Humanos, Gold não se teletransportava e uma queda de alturas extremas poderia ser fatal.

Saltando pelos telhados das casas, silenciosamente Gold ia se aproximando da arena.

**************************************************************

A arena estava minada de "seguranças", os mesmos estavam espalhados por toda a parte, como para a arena dinheiro não era importante, mais de 50 foram contratados.

No local onde Fondor estava, haviam 4, todos com o mesmo perfil, atléticos, calça e coturno preto e uma regata na cor branca, além de carecas e com barba vasta esta era uma característica do clã.

Guarda 01: -Mostre seu convite.-

O guarda 01 toma a frente, ficando em uma posição ereta assim como o forasteiro. O restante se posiciona alguns passos atrás do mesmo. A arena estava completamente apagada, sem sinal de movimentação, pelo menos na parte aberta ao público.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Qua 15 Jul 2015 - 22:18

*A noite seguia com aquele clima agradável. Alistair ficou ali olhando para o mercenário com um pequeno sorriso confiante.*

- Acho que você não entendeu com quem esta falando.-  *Proferiu o vampiro com sua voz fria. Um vento gélido varreu a poeira do local em consequência balançou as vestes do mesmo.*

- Alistair Kanguard.  - *Uma voz juvenil se propagou pelo o ambiente anunciando a figura em frente dos mercenários.* - Edge, não deveria estar falando. *Respondeu retoricamente,  sem tirar os olhos dos mercenário.  Ele ficou ali olhando para o mercenários indiferente ao pedido de convite.*

- Diga-me o motivo da arena não estar aberta.- *Insistiu na pergunta novamente, agora visivelmente incomodado pelo tom que o mercenário poderia usar contra ele. Mais uma vez Alistair observou os outros mercenários. 4 Homens em seu ápice físico, até mesmo ele teria dificuldade em enfrentar todos de uma vez, ponderando sobre o que ele teria de fazer para conseguir um convite, de certo iria recuar para evitar um combate no entanto iria caçar este quarteto. Caso se mostrassem mais... Ignorantes*



OFF:
A voz juvenil é da arma.
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Sex 17 Jul 2015 - 8:29

@Alistair


*************************************************************************************************************
Gold já se encontrava um pouco mais da metade do caminho, logo chegaria a árena. usava de saltos entre os telhados, apenas vultos podiam ser vistos, caso alguém a visse.
*************************************************************************************************************


O mercenário que supostamente liderava o pequeno grupo o observava, sem entender de com quem Alistair estava falando, a principio não deu muita bola, mas pela falta de inteligencia do mesmo, não pode se conter.

Mercenário 01: -Com quem esta falando?-


Ele continuava em sua postura ereta, e sem perder a pose de machão se aproximou mais do garoto, olhando para o mesmo.

Mercenário 01: -Hoje temos um evento fechado, apenas para os mais ricos do continente, por isso esta fechada para o publico. E se você ainda não mostrou o ingresso, quer dizer que não é convidado. Saia antes que arrume confusão garoto.

O restante dos mercenários já se posicionava ao redor do jovem Alistair, estavam tentando intimida-lo
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Sex 17 Jul 2015 - 21:45

*O vampiro estava atento, então se movia de acordo com os movimento dos mercenários evitando de ser cercado, sua movimentação era feita calmamente mas em velocidade, se afastando da emboscada. Alistair estava pensando em como iria conseguir o convite, ele estava certo, um evento especial estava acontecendo ali e certamente o vampiro não queria estar de fora.*

- Certamente o lixo tem razão, como também, os eloquentes tem razão em tudo, com a mesma frequência que os imbecis.-  

*Se afastou do local, deixando a frase para aqueles ali; procurassem um significado ou não. Certo que  os homens não seriam tolos de seguir, Alistair seguiu caminhado em direção dá area de pouca iluminação, para dissipar sua atenção dos mesmo, as sombras começavam a ficar disforme e apenas a escuridão cobria seu corpo, esperou brevemente sempre com sua habilidade "sonar" em virgo, tentava encontra algo que estivesse proximo que poderia expor suas intenções, caso não encontra-se. E em um momento de concentração seu corpo se transformava em um rito para sua forma de corvo, assim o vampiro alcançava os céus e rodeava a arena a uma altitude que provavelmente os humanos ali não iriam perceber. Seu sonar estava funcionando tentando captar algo interessante e ele mesmo procurava uma forma de entrar no evento dali.*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Seg 20 Jul 2015 - 10:19

@Alistair

***************************************************************
Gold já estava praticamente na arena, parou por um instante ao ver um corvo sobrevoando o local, em pé sobre o telhado de uma casa de esquina ao iluminar da Lua, pode observar e chegar a conclusão de que aquele corvo era seu alvo.

"Ai esta você"


***************************************************************

Uma frase efeito para os guardas e fora o bastante para que os mesmos não o seguissem e voltassem a sua formação. Em sua forma de corvo, o vampiro estava analisando o local e acaba por achar o que procurava.

No subsolo da arena, existe um local especifico para os mais ricos e requintados amantes da luta clandestina. Uma pequena tubulação de ar, essa ligava o lado de fora até o salão onde todos se encontravam.

O tamanho era perfeito para Alistair entrar e conseguir alcançar seu objetivo, isso se algo não o impedisse de entrar...
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Seg 20 Jul 2015 - 21:44

*Alistair logo encontrava uma entrada na qual poderia utilizar, ciente dos risco e de que iria entrar sem um convite prosseguiu em direção da entrada da tubulação. O jovem ainda em sua forma de corvo ficou na entrada da tubulação observando o que estava acontecendo no local e pensando no que poderia fazer para deixar as coisas mais divertidas. Ele procurava pelos os lutadores e em especial alguns dos escravos do local*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Qua 22 Jul 2015 - 9:12

@Alistair






O corvo tentou ver alguma coisa pela pequena entrada que esvarava, mas não obteve sucesso, tendo em vista que do terreo da arena até o subsolo é uma distancia com mais de 100 metros e para dificultar ainda mais era noite e o cano é cheio de "joelhos".


-Esperava mais de um irmão de sangue.-

Uma voz tão fria e doce quanto ao do jovem vampiro tomou conta do ambiente que não estava guardada por nenhum mercenário, porém os mesmos se encontravam a alguns metros dali.

-Um corvo? Clássico dos clãs inferiores.-

Gold tinha a pele tão pálida quanto ao do jovem, seus olhos azuis pareciam brilhar no escuro, suas vestes brancas similares as de pessoas que habitavam o local mais gélido de Zephyr. Uma jovem realmente linda, para casar por assim dizer, mas o que mais chamava atenção na jovem não era nenhuma dos adjetivos e características citadas a cima.

Gold ao ficar parada por mais de 10 segundos no mesmo lugar começava a congelar o chão(MOMENTO FROZEN)

Seu corpo era tão gélido que a 5 metros de distancia outros seres já podiam sentir frio.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Qua 22 Jul 2015 - 13:45

*Alistair em sua foma de corvo analisava a entrada e logo se percebia que não iria ter exito para o que tinha em mente. O jovem ainda repensava até onde estaria disposto a seguir, quando uma voz ecoou pelo local. Surpreso pelo evento, o corvo se virou de tal forma que apenas poderia ser descrito como anti-natural para tal animal. Apos ouvir ele esperou alguns segundos, do alto por um pequeno momento, se mostrou complacente com aquele ser a sua frente, seus olhos azuis estavam fitando o que tornou este sentimento ainda mais vivido, mas como era Alistair quem estava analisando e a moça contribuiu enormemente para que tudo fosse descartado, assim ele grasnou em direção da moça como um sinal de verdadeiro desdém o que poderia ser traduzido como uma resposta ao comentário sobre sua classe.*

- Sim, garota, eu sou um corvo, mas não tenha medo, porque eu não mordo.-

*O jovem ficou ali analisando a situação consigo mesmo, ela certamente não iria entender o que o mesmo havia dito, a não ser que a mesma fosse um corvo; a jovem a sua frente parecia não esboçar alguma atitude agressiva contra o mesmo. E ele tão pouco estava a fim de entrar em uma briga, bem pelo menos por enquanto. Alistair ficou  desanimado pelo rumo da situação, aquela garota tinha frustado seus planos, se bem que na realidade ele não conseguiria entrar facilmente no evento. Ele bateu suas asas e se colocou em direção ao chão e antes mesmo de tocar o chão o mesmo voltou a sua forma humana pousando perfeitamente, sendo assim uma apresentação digna da Mão esquerda.*

- Vejo que não é das mais inteligente -

*Desdenhou Alistair em resposta as palavra da garota. Alistair estava a poucos metros da garota e podia sentir o ar congelante que exalava da jovem, primeiramente ele pensou que fosse uma macula qualquer, no entanto ele não estava tão certo disso.*

avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Dom 26 Jul 2015 - 15:11



@Alistair


A garota deu uma gargalhada pelo comentário do vampiro, este que agora estava em sua forma original.


-Então, a analisar os fatos o momento, integrantes e ambiente.. julgo esse comentário inválido-


A garota então começa a caminhar em círculos, olhando dos pés a cabeça para o jovem vampiro, estava o analisado por assim dizer. Quase uma volta inteira foi dada e a jovem para quase que no mesmo local, no chão um circulo de gelo fica desenhado pelo trajeto em que a mesma fez.

-Me diga, qual o seu nome garoto?-



A jovem coloca o dedo na boca, meio que provocando o jovem.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Dom 26 Jul 2015 - 16:23


* A noite seguia em sua plenitude, apenas a brisa recentemente gélida roçava em seu rosto. Involuntariamente sentiu um arrepio na espinha, em frações se esforçou a considerar como bobagem."Não estou tão vivo para isso" Mas algo estava começando. Um sorriso seco se formou no rosto do vampiro, para o mesmo, era inegável que a gargalhada continha um certo charme.O  vampiro ainda estava imóvel apenas observando a criatura; caminhado, instigando, um ser que desafiava um monstro. Mais um sorriso, agora não estava disfarçando, fazia meses que não notava como era outros de sua raça. O mesmo se colocou a caminhar se afastando do circulo gelado a qual a vampira havia criado, certamente era precauções além do normal, pois algo da garota irradiava um ar opressor ou até mesmo sonso por assim concluiu dela.

- Alistair - Proferiu sem rodeios.O vampiro estava com uma certa duvida na cabeça, então perguntou sem considerar o quão estranho poderia ser. - Ouvi uma voz diferente  a poucos minutos...- Falou o vampiro agora tocando o amuleto em seu peito apenas para confirma que aquilo devia estar ali.- No entanto, vou considerar apenas desvaneio de minha mente.Sra?-Alistair tinha seus defeitos e sua indiferença, mas ainda sabia ser educado. O jovem já estava se perguntando o que ela buscava.*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Qua 29 Jul 2015 - 11:26



@Alistair


****************************************************************************************
Mercenario: Hey, oque é aquilo? Tem pessoa lá em cima!


****************************************************************************************






Era notável tal atrito de ego, parecia que ao entorno dos dois havia uma bola de energia se chocando, este era o ego de ambos brigando, com muita delicadeza e graça o jovem vampiro sai do circulo criado pelo garota e de forma direta e doce responde o jovem.


-Alistair, estava a sua procura.-


A jovem caminha graciosamente e pervertidamente ate um pequeno muro de tijolos de pedra maciça na cor marrom e sentando no mesmo continua a falar delicadamente.


-Então é você que anda se alimentando por essa região? Logo das pessoas mais importante se influentes?


A brisa do local é gélida devido a garota, esta se mantinha calma.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Qua 29 Jul 2015 - 12:16


*Alistair se mantinha quieto apenas ouvindo a garota. Ele mal sabia seu nome, idade e se era mesmo uma aliada e por muito pouco estava quase a voltar a planejar seu plano inicial de invadir a arena, contudo algo naquelas palavras capturou sua atenção, um significado oculto, talvez, mas nem mesmo ele conseguiu entender.*

-Re. Certamente este sou eu.- *Respondeu solenemente, seus olhos fitavam a garota. Seguido de um suspiro resolveu dá uma breve explicação.* - Um filho jamais deve pagar pelos pecados dos pais, mas uma nação que usa o sangue como moeda... Não tem outro caminho a não ser quitar esta divida. O sangue clama por sangue, menina gelinho.- *Um sorriso que tornava suas presas a mostra era usado ao termina de apelidar a garota. Certamente ela iria ficaria bem... Exasperada. Alistair por breves segundos esperou por uma reação qualquer. Assim logo a perguntava - E você? Qual a razão de ir atras de um jovem vampiro? Certamente não me parece que veio me pedir em matrimonio.- Alistair caminhava em direção do muro.*
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Sex 31 Jul 2015 - 10:02




@Alistair



-Sangue clama por sangue... não esperava mais de um vampiro da segunda classe.-


A jovem continuava sentada, sem esboçar nenhuma reação, apenas continuava a falar.


-Apesar de sua beleza, precisaria de algo a mais para te pedir em matrimonio, eu vim com o propósito de te matar... apenas isso.-


A jovem então, se levanta retira seu gorro e seu casado, deixando a mostra seu corpo que era coberto por uma espécie de roupa de couro na cor branca, esta era justa na pele da jovem que, além de mostrar suas curvas dava mais mobilidade para ela.


A jovem parecia se preparar para o combate.


O teto no qual a dupla estava além do pequeno tubo que o garoto averiguava, mostrava outra entrada, uma tubulação maior, esta tbm levava ao local onde os jogos se encontravam.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Sex 31 Jul 2015 - 12:58

Sei exatamente como é querer morrer, como dói sorrir, como você tenta se encaixar e não consegue. Como você se fere por fora tentando matar o que tem dentro.


E pensar em tal desenvolvimento deixava alistair, decepcionado. -Hehe, Parece que é mais um perseguidor Alistair- Em sua mente Edge zombava da cena. O vampiro parava de caminhar e olhava para a garota ainda sorrindo, era claramente um sorriso vazio certamente ele não queria acreditar em tal resposta, mas,  a verdade estava diante de seus olhos. A garota continuava a chamar o rapaz de segunda classe e isso realmente estava o incomodando -Não se deixe incomodar Alistair- Interferiu Edge em sua mente. -Você sabe que comparado a Vaelin você é bem menor... Segunda classe ainda é um elogio- Alistair compreendia o ponto de Edge: Era a arma de Vaelin seu criador e logo fora dada a Alistair, assim que completou seu treinamento quando fora recém transformado. Longos anos se passaram. Vaelin havia desaparecido e Alistair... "Fique quieto!".

Alistair realmente odiava Edge, era uma arma arrogante e sádica,  complicada de se lidar emocionalmente mas ainda sim era um dos poucos companheiros que vampiro poderia se dar ao luxo de ter. Assim que a garota revelou sua verdadeiras intenções, Alistair se mostrava indiferente de certa forma, mas Edge compreendia o silencio. Alistair observou a garota retirando o gorro e o casaco, era uma pele pálida bonita, sem duvida seu corpo despido seria algo interessante para ser admirado. A roupa era de couro branco, uma vestimenta feita especificamente para mobilidade. - Compreendo.- Concluiu.

A garota parecia ser especializada em combate proximo e sem conta que deveria ser mais rápida que Alistair que era brevemente mais rápido que um humano comum. - Parece que compania estar para chegar. - Alistair sabia que Edge raramente errava em quesito de percepção. Alistair havia encontrado uma outra tubulação no local e se tratando das característica até agora da garota, ele tomou um decisão... "Retirada estratégica".

Seu corpo começava a se desfocar e assim, seu corpo "pulava" para a forma de corvo. Seguia em sua máxima velocidade para a tubulação, incerto com o que se podia ocorre se ficasse mais alguns minutos naquele local com a garota. - HEHE. Correndo da garota? Tem mais de dois seculos que você não fazia algo assim. Começou a sentir algo? Não... É algo diferente, não é? Você não quer lutar em tal lugar ou...- Alistair simplismente ignorou Edge em sua cabeça, na maneira que fosse possível. Pulando brevemente e batendo suas asas nos locais da tubulação, ele seguiu em direção do incerto. Ele apenas precisava de tempo para pensar.

avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Rubi Make em Seg 3 Ago 2015 - 9:17



@Alistair

Como estada de costas para o garoto, Gold não pode prever a retirada do vampiro, mas conseguiu virar-se a tempo de ver ele entrar na tubulação, essa que era grande o suficiente para ela.

A jovem começou a correr na direção da tubulação, mas fora surpreendida pelos guadas que outrora Alistair conheceu, estes agora juntos somavam um total de quinze homens, estes que não deram trabalho nenhum a Gold, pois enquanto corria, congelou os pés dos mesmos, deixando os imoveis.

Pulou na tubulação que tinha algumas curvas acentuadas, mas nada que diminui-se a velocidade dela, pois a mesma fazia uma espécie de tobogã com o gelo que seu corpo naturalmente produzia, a velocidade devido a isso era maior do que a do corvo e logo Gold alcançou e o agarrou com os braços. 

A tubulação saía em uma sala, e esta estava completamente escura. Ambos rolaram no chão, e Alistair se transforma.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Fandopr em Seg 3 Ago 2015 - 11:30


Alistair se movia o máximo possível no entanto..."Realmente, não posso negar que uma de suas qualidades é ser obstinada."  Alistair em um esforço inútil tentava aumentar a distancia da garota, então seguiu pela tubulação tudo em um esforço em vão. O vampiro sentiu uma massa gelada agarra seu corpo animal e seguir com ele em uma velocidade ainda maior na tubulação, ele podia sentir os braços o envolvendo em um abraço, por alguns segundos ele se esqueceu da sensação de frio.

A tubulação continuava por breves segundos, então em seu fim houve apenas uma queda. Alistair que estava preso nos braços da garota, saiu rolando e descuidadamente perdeu o controle sob sua forma animal e voltou a humana. Sua cabeça latejava não por um golpe, mas sim pela imagem gerada pela sua habilidade o sonar: Ela podia ser vista em cima de seu corpo seus rosto estavam próximos, muito proximo por sinal, seu corpo contra o dele o pressionando contra o chão, ele também podia sentir sua perna contra a virilha da garota, ele não duvidava do gênero da jovem, mas, alistair não queria se deixar levar pelo momento apenas para satisfazer seus impulso, pois ele sabia que ela estava ali para mata-lo.

Por breves segundos aquela situação continuava, ele não estava recuando o rosto esperava um momento. - Hey, se vai mata-lo faça o de uma vez, essa flertação esta me dando náuseas- sugeriu Edge. Alistair estava ciente da velocidade da garota mas talvez pela intervenção de Edge consegui-se ter uma chance. Ele habilmente tentou segurar os braços da jovem tendo exito em tal movimento perguntava. - Me diga porquê? Me matar, não me faça de bobo, você é boa demais para ir atras de um vampiro por um motivo mesquinho. Dinheiro? Poder? É isso que se trata? Mais humano que isso impossível. Agora diga-me!- Alistair temia que fosse responsável pela morte de algum parente da moça, mas ele temia ainda mais em ser julgado sem conhecimento. De fato a luta era simples, mas ele era exigente consigo mesmo, pois em um mundo como o dele ações ecoam por toda a sua existência.

OFF:
Eu evito narrar ações que não sejam do meu personagem, mas acho que fiz errado nessa. srry.
avatar
Fandopr
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum