Templo de Jilya

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Nex em Qua 26 Dez 2012 - 19:06

Simples não é. Eram as palavras do sacerdote, eu teria apenas que achar um ovo de dragão, matar lagartos venenosos, ursos polares a e é claro eu precisava de urina de gamba, tão fácil que a vontade de meter uma bala bem no meio da testa do velho voltava, de novo eu de alguma forma me segurava e perguntava para ele:

- Essa receita é tão fácil que me da sono, eu não preciso nem colocar pó das asas de uma fada gigante ou o coração de um ashtaar puro, a é mesmo como pude me esquecer do sangue de um orc calmo e estudioso.... Velhote eu te pedi uma cura não uma missão suicida, você não tem nenhum feitiço ou maldição que de um jeito nisso, pode até ser algo que deixe as pessoas acordadas o tempo todo. Dizia me levantando e andando de um lado ao outro da sala, não esperava que fosse fácil retirar aquela maldição mas isso estava ficando ridículo.
avatar
Nex
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Rubi Make em Qui 27 Dez 2012 - 0:28

@Nex

O sacerdote ficou pasmo com a reação do guri. Enquanto ele se retirava, o sacerdote então fala outra coisa.

-Ha, outra maneira...mas é um pouco arriscada.- Falou com um certo arrependimento em falar tal coisa.

Olhando para os livros ele continua. - Tem uma poção pronta que meu avó fez...algo que ele falava que retirava qualquer feitiço.- Então ele mostra um fraco com um liquido verde florescente, olhando direto ele incomodava os olhos.

-Infelizmente não sei se funciona.-
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Nex em Sex 28 Dez 2012 - 17:14

O sacerdote parecia ter por alguma razão ficado pasmo com minha reação, pelo visto as reações dele tinham sido naturais, ele voltava a falar desse vez com um arrependimento e talvez até algum receio, primeiro ele me entregava um frasco com um liquido estranho e falava que aquilo era um das famosas poções que curam desde carrapatos até doenças serias, logo depois ele acrescentava palavras de duvida como se nem ao menos ele soubesse se aquela poção realmente funcionava.

- Você sabe como essa coisa funciona, se é preciso tomar em doses ou o fraco todo? Dizia enquanto estendia a mão para pegar a poção, aquilo não era muito seguro então precisava de um pequeno teste, tudo que precisaria fazer era procurar algum baderneiro ou um bandido, atirar nele com minha Jackpot e então usar a poção para cura-lo. O grande problema seria caso se precisasse de um frasco inteiro para curar uma pessoa ou se o homem não soubesse como aquilo funcionava, caso algum destes fosse o caso eu primeiro perguntaria ao homem se ele ainda tinha a receita daquela coisa antes de tomar alguma atitude.
avatar
Nex
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Rubi Make em Sab 29 Dez 2012 - 10:10

@NEX

Estendo a mão, o sacerdote entrega o frasco para o menino. E então volta a se posturar na cadeira.

-Pelo pouco que sei, ele é feito da lagrima do Anjo Lúcifer, por ser um anjo, poder curar qualquer coisa, desde um simples arranhão até um corpo fatiado em milhares de pedaços, o problema é que Lúcifer era um anjo renegado e os efeitos colaterais são desconhecidos.- Uma pausa para respirar.- Tratando-se de um renegado pode esperar as piores coisas, como uma simples cólica até grandes poderes das trevas e da destruição. Seu amigo pode se tornar um demônio, claro isto vai depender da índole subconsciente dele.-

Se levantando e se aproximando do garoto ele lamenta. -Se tratando de uma coisa tão antiga e unica, não se tem nada registrado sobre ela. Infelizmente.-
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Nex em Dom 30 Dez 2012 - 14:07

Lagrimas de um anjo renegado certo.... o sacerdote tem algum motivo pra esse medo, não que algo assim vá me parar mas talvez fosse mais seguro que eu testasse essa coisa antes.

- Ok velhote, pode deixar que vou dar um bom uso para essa sua poção.

Dizia enquanto saia daquela sala e procurava o caminho para foda do templo, assim que já estivesse fora iria procurar um lugar mais afastado longe dos olhos das pessoas, sacaria a poção e uma garrafa de cerveja, pingando apenas algumas gotas daquele verde na bebida logo antes de guarda-lo, em seguida usava-me de minha habilidade Jackpot, e criava uma pequena bala com uma tonalidade avermelhada e com alguns números entalhados nela, e a colocava em minha Demonic Heart esvaziando uma das câmaras que antes estava ocupada por uma bala comum, logo apos verificado se Angelic Soul também estava pronta para atirar. Pronto tudo que faltava agora era achar alguém bêbado ou idiota o bastante para aceitar a cerveja de um estranho.


Jackpot:
Raiza os números servem pra identificar o efeito da bala, coloca o efeito e depois a força, por exemplo se os dados dera 3 e 4 a bala ia ficar sendo uma petrificação media, e o nome dela ia ser bala 3-4
avatar
Nex
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Rubi Make em Seg 31 Dez 2012 - 7:49

@Nex

O jovem finalmente saíra do templo, estava nas redondezas indo para algum lugar, e procurando alguém para poder servir de cobaia da poção de cura.

Infelizmente o que procurava era algum bêbado ou baderneiro, mas perto de tal lugar sagrado como o Templo, jamais encontraria pessoas assim. Somente pessoas de boa índole frequentam este lugar.

OFF: Sugiro que ache outro lugar para dar continuidade a sua ADV. seu objetivo não condiz com o cenário. Ganhou 10xp pela descrição de como vai fazer para inserir o liquido no alvo.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Nex em Qui 3 Jan 2013 - 22:18

Bem parece que não encontrar mais ninguém por aqui, preciso de um lugar cheio o bastante para que possa entregar a tal poção a alguém e consiga sair se algo der errado... Pejite o único nome que me vinha a mente no momento, a cidade era grande e não era muito longe, com sorte não demoraria muito para chegar e eu tinha algumas provisões comigo, aquele lugar sim era grande o bastante para encontrar qualquer um desesperado por uma bebida gelada, além disso eu ainda poderia me inscrever no exercito ou em qualquer outro emprego do lugar e arranjar uns trocados. Está decidido então rumo a cidade grande, não vejo a hora de chegar lá.
avatar
Nex
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por **Nameless** em Seg 25 Mar 2013 - 11:47

O sol nem havia nascido quando Anelli acordou, ela abriu seus olhos, mas para ela, isto não era importante, afinal, não conseguia ver nada alem da escuridão tipica para todo cego. como de costume, arrumara sua cama e iniciava sua prece para os deuses. Era uma quase sempre prece silenciosa, em todos esses anos de ordem nunca pediu nada aos deuses em suas orações apenas agradecia o dia de hoje e as bênçãos que estariam por vir, para ela não era necessário mais nada alem disso, afinal, os deuses já tinham-lhe concedido a dádiva da vida. Logo após sua prece, ela arrumou-se e com auxílio de uma bengala, abandonou se quarto caminhou até chegar o jardim, sempre andando com muito cuidado para não esbarrar em nada. Anelli sentia a leve brisa em seu rosto e o odor das flores que era carregado pelo vento, ela podia sentir o sol nascendo no horizonte, e conseguia ouvir o zumbido das abelhas, não demorou muito até encontrar um pequeno banco, ela bateu tuas vezes com a bengala, certificando-se assim que era um banco de madeira, rustico, mas ao que tudo indicava, confortável, por fim, sentou-se.

Anelli sentia que seus dias no templo estavam acabando, e que logo teria que iniciar sua peregrinação, mas por hora, estava feliz em ouvir o canto dos pássaros mais uma vez, e mesmo com seus olhos fechados, ela contemplava toda a beleza do local em toda sua amplitude.
avatar
**Nameless**
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Ter 26 Mar 2013 - 11:57

@ **Nameless**

O dia estava perfeito o sol já surgia no horizonte para cumprir com seu papel, enquanto isso uma simples pessoa caminhava por entre as ruas passava pela frente do templo com uma oferenda a sua divindade protetora, a entrada do local era bonita e bem decorada com algumas esculturas simples, mas bonitas pelas suas simplicidades.

Sonozaki passava entre os corredores do templo naquela manha não se via muitas crianças no local afinal era cedo demais, Sonozaki apenas encontrava velhotes sem se preocupar muito ele caminhava ate o salão principal onde eram depositadas oferendas e rezas a divindade local.

Sonozaki passava entre um jardim, o mesmo teve sua atenção presa a imagem de uma mulher, cansado de falar com velhos e poucas crianças ele caminhava pelo jardim em direção a mulher, Anelli poderio escutar suaves passos no jardim vindo de encontro a ela, era Sonozaki um rapaz jovem não tinha um porte fisico avantajado mantinha sempre seus cabelos bagunçados o mesmo era preto ele se vestia muito bem seu terno branco sempre frisado e limpo junto a seus sapados brancos ele ajeitava seu chapéu também branco, a única coisa que não era branca era sua camisa abaixo do seu colete.

Em um tom suave gentil seu sotaque o denunciava não ser um morador de Jilya parecia mais como um morador de Pejite. Sonozaki apenas tirava seu chapéu a reverenciando_ Bom dia Senhorita, é um milagre ver aqui uma jovem bonita em meio a tantos anciões e crianças...já sentava junto a ela no banco de madeira olhava para o céu limpo sem nuvens_ Esta um belo dia hoje não achas ? A propósito me chamo Sonozaki Skull qual o seu nome?

Antes mesmo de Anelli falar alguma coisa_ Olha quer mesmo sentir a sensação de leveza e paz, que tal você me acompanhar até a Praça de Jilya lá garanto um pouco de alegria você vai gostar... falava sem malicia ou maldade alguma afinal isso fazia parte da natureza de pessoas vulgares e ele de longe agiria assim.

Na verdade Sonozaki já estava a dias andando por jilya seu próximo trabalho seria por estas bandas ele nunca gostava de chamar muita atenção, mas era um pouco difícil pelo seu comportamento e vestes bem distintos de pessoas normais, e também Sonozaki não era muito comunicativo, mas Anelli estava com sorte de ter chamado sua atenção, já ficava de pé a frente da moça estendendo a mão_Vamos me de sua mão a magia nos espera... (Dragon ball GT Razz )
Off:
5 XP + ( 10 P.O permanente a cada post< já adicionados).
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por **Nameless** em Ter 26 Mar 2013 - 15:57

Anelli permanecia mergulhada em seus proprios pensamentos quando passos se aproximaram dela , eram passos determinados disso ela tinha certeza, e fosse quem fosse era alguem jovem e com muita energia, pois mau havia se sentado e já se pusera a falar, obvio que a primeira pergunta fora trivial, uma pergunta relevante difcilmente vem acompanhada de uma afimarção e outra pergunta.
Mas antes mesmo que ela podesse responder qualquer coisa o sujeito já estava de pé e se posera a falar de “sentir leveza e paz”. Anelli sorriu, em sua cabeça tentava traçar que tipo de jovem confuso era aquele, ela permaneceu sentada por alguns instantes.
- Você é um sujeito bem curioso Sr. Skull – falou calmamente Anelli – Sua fala é mansa e parece digna de confiança,seus passos indicam uma determinação bem singular e isso é bom. No entanto, existe uma contradição no que você quer e no que você diz que querer, percebo isso na sua ideia de “ sentir leveza e paz”, não se procura leveza e paz em um local Sr.Skull – Anelli falava calmamente quando um pequeno sorriso surgiu em seus lábios, seus olhos permaneciam fechados, afinal, não havia o porque abri-los - Agora respondendo suas perguntas – ela levantou-se com cuidado auxiliada por sua bengala, nem sequer havia percebido que o rapaz estava com a mão estendida bem na a sua frente – Me chamo Anelli, sim, é um dia lindissimo, mas, acho que vai chover mais tarde se é o que quer saber – ela estendeu levemente a mão esquerda tateando o ar com cuidado, ela sabia que o rapaz estava a poucos metros e pretendia certificar-se que não iria esbarrar nele quando andasse para frente, por fim sua mão acabou achando o ombro do rapaz onde repousou por alguns instantes. – Agora acho que há apenas duas perguntas verdadeiras a serem feitas Sr. Skull, a primeira você já fez e a sua responsta é: Sim, aceito acompanhar você até a praça. A segunda pertence a mim e é: você se incomoda em conduzir uma cega?
avatar
**Nameless**
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Qua 27 Mar 2013 - 1:21

@**Nameless**

Sonozaki Skull apenas apreciava tudo aquilo, ouvia atentamente o que a jovem o valava, é tem coisas que não são necessários de se dizer em uma conversa certamente ela não era uma pessoa de má índole, certamente seus dias sempre foram calmos ou sentir a preção de algo sobre si o tempo todo não podendo desfrutar de tudo a sua volta, sim não entraria em detalhes sobre tais assuntos, só apreciava o belo sorriso que a jovem se permitia observar após sua primeira fala em um tom calmo.

Sua atenção era tirada mais uma vez quando ela falava que iria responder as perguntas de Sonozaki Skull. Anelli apenas levantava-se calmamente com apoio de uma bengala parecia não perceber que Sonozaki Skull estava a sua frente a esperando, mas isso não o incomodava.

_Anelli lindo nome Talvez chova talvez, mas espero que hoje não... enquanto ela estendia suavemente sua mão a procura de algo quando Sonozaki skull tentou a segurar ela foi um pouco rapida colocando a mão em seu ombro onde ele gentilmente segurava sua delicada mão e sentia sua pele macia , ela era uma criatura muito especial de fato ele já havia sentido isso quando parou para conversar com ela, se a mesma não mantivesse sempre seus olhos fechados poderia ver no jovem um sorriso de contentamento eram poucas as coisas que realmente o faziam sorrir.
– Agora acho que há apenas duas perguntas verdadeiras a serem feitas Sr. Skull, a primeira você já fez e a sua responsta é: Sim, aceito acompanhar você até a praça. A segunda pertence a mim e é: você se incomoda em conduzir uma cega?
Até então Sonozaki não sabia que ela era cega, apenas conduzia o braço de Anelli em um gesto de confiança abaixo do seu junto ao corpo como um casal faria a olhava com um sorriso queria transmitir uma sensação de segurança a jovem.

_Que bom que aceitou meu convite fico feliz por ser agraciado com sua companhia eu já estava pensando em ter que terminar meu dia passeando com cachorros...ele nem respondia sobre ela ser cega isso por gestos e falas ele demonstrava que não se preocupava com tal situação ele apenas não queria fazer ela se sentir desconfortável.

_Bom vamos aproveitar o dia então Anelli...

Sonozaki skull a conduzia pelas varandas do templo onde passavam pelos velhinhos do lugar e as crianças que os olhavam e comentavam algo com risos no final de cada fala, na saída do templo já podia se ver que Anelli era uma pessoa muito querida entre os cidadões de Jilya por onde andava era parada pelas pessoas, ou ouvindo algo como é ela mesmo a “Coração de Anjo”.

_Bom dia Anelli... outros a falavam Bom Dia “Coração de Anjo”...e assim se estendia sua manha antes de chegar a praça.

Com um Sorriso Sonozaki Skull apenas falava_ Eu não sabia que você era famosa e amada pelas pessoas Coração de Anjo... continuavam a nadar pelas ruas antes de chegar a praça e ele ainda mantinha um cuidado especial com ela a conduzia com muito zelo, sabia que naturalmente ela poderia se cuidar, mas fazia questão de fazer ela se sentir segura.

OFF:
10 XP + ( 10 P.O permanente a cada post, já adicionado).
*Pode dar uma volta por enquanto =)
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por **Nameless** em Sex 5 Abr 2013 - 14:17

- Você esta enganado Sr.Skull – disse ela nitidamente transtornada

– Delfos não é uma cidade ruim, nem tampouco seu povo, talvez a viagem seja, mas a cidade, sem duvida não é e nunca há de ser, entenda, Delfos é uma cidade que já esta enfrentando um dos maiores problemas deste mundo, e seu coverno é autorregido, quero dizer, não há reis, prefeitos, imperadores, esse tipo de coisa – ela a soltou-se do rapaz que a conduzia, e calmamente andou tateando o solo com sua pequena bengala, até achar um banco, onde sentou-se

– Pensando de maneira lógica Sr.Skull, Delfos não tem motivos para ser o demônio que pintam dela, sim, é um fato que há centenas de fugitivos, foras da lei e bandidos da maior periculosidade vivendo lá, mas isso não transforma a cidade no inferno sobre a terra como querem nos fazer pensar- ela baixou a cabeça por alguns instantes, o sol indicava que era quase meio-dia e a brisa suave tornava um dia agradável, mas para Anelli isso era apenas mais um indicio de que logo iria chover.
– Perdi muito tempo de minha vida estudando os sistemas de governos Zephyrianos Sr. Skull, vi em Delfos uma estranha harmonia natural, o tipo de coisa que você consegue imaginar, mas não conseguiria provar e foi aquilo que me fez eu me apaixonar por esta cidade, mesmo ela sendo o lar dos piores bandidos do nosso mundo, não acredito de maneira alguma que ela seja uma cidade ruim. Vejo todos falando negativamente desta cidade, mas nunca vi alguém que morou em Delfos dizer que aquela cidade nao tem leis –



Saphira Odin:
i.i eu postei isso no templo foi mar...
avatar
**Nameless**
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Qui 30 Jul 2015 - 8:08




A Drow se despedia do krios, logo ela seguia seu caminho, para chegar ao templo e no caminho até o local ela seguia pela sombra não queria pegar o maldito sol, aquele lugar era bem diferente de seu lar, acostumada com o frio intenso, a drow não suportava muito o calor, sem contar que ela não se beneficiava do ar frio que produzia.

Assim que parou a frente do templo a observa-lo teve que encarar os jovens que ficavam a admirar sua beleza exótica, mas isso já não a incomodava mais ela apenas entrou no templo a procura de alguém para pedir abrigo por alguns meses, pelo visto ela teria muito tempo para aprender as magias e pensar nisso a estressava um pouco.  
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Qui 30 Jul 2015 - 15:50

Saphira Odin

Então Eilistraee adentra no templo onde ela se depara com um grupo de sacerdotes rezando diante de uma gigantesca estatua de pedra, no interior da construção o calor era menos do que do lado de fora. A bela drow aborda um homem ancião que logo que e abordado olha um pouco desconfiado para ela, mas logo a conduz ate um quarto simples onde poderia descansar, ele também avisa que eles possuem uma sala de banho que ela poderá usar se quiser tomar um banho e se comprometeu não deixar que ninguém se aproxime enquanto ela estive-se utilizado aquele cômodo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Qui 30 Jul 2015 - 17:06

Sem entender muito bem a grande hospitalidade dos clerigos daquele templo a drow apenas seguiu o ancião, logo ela entrou no quarto e guardou suas coisas. Para o Ancião ela comentava que não queria ser incomodada no seu quarto queria estudar suas magias e precisava de tempo sem contar o silencio, mas assim que guardou seu equipamento ela foi se refrescar não aguentava o calor que castigava seu corpo, quando terminou seu banho trancou-se em seu quarto e começou seus estudos intensivos sobre os pergaminhos.

OFF: Moldar Terra


OFF:
+50 Xp vai atualizar o meu perfil agora que eu reparei O.O
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Sex 31 Jul 2015 - 16:44

Saphira Odin
 
Já devidamente instalada em sue quarto ela começa a estudar seu pergaminho com a porta trancada, enquanto ela estudava seu pergaminho quando finalmente termina de compreender e assimilar seu conhecimento do pergaminho ele se incendeia reduzindo-o a cinzas. Ela podia ver que esta sendo observada pelos mesmos adolescentes de quando chegara ao templo, agora ele se encontravam observando de forma discreta pela janela.

off:
Magia aprendida 50 exp adicionadas ao seu perfil pelo aprendizado desta magia remova o pergaminho da magia aprendida.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Sex 31 Jul 2015 - 17:19

Eilistraee completava seus estudo na magia o resultado era visto a sua frente quando o pergaminho era consumido em cinza, contente ela pegava mais outro pergaminho em sua mochila, quando voltou a sentar-se na cama para estudar, percebeu que estava sendo observada, não gostava daquela atitude, foi em direção a janela e fechou a cortina , queria privacidade não um bando de crias humanas a observando, logo voltou a seus estudos.

Voltava a ler mais outro pergaminho, sem se preocupar com os adolescentes.

OFF: Pergaminho criatura magica.

Off:
+50 xp pela magia.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Sab 1 Ago 2015 - 19:55

Saphyra Odin

Então Eilistraee pega mais um pergaminho e começa a estudar o encantamento criatura magica esta magia levaria algum tempo para prendê-lo. Após algum tempo estudando ela ainda não havia compreendido esta magica por completo, parecia que levaria, mas algum tempo para aprender este poderoso encantamento.

off:
Serão cinco rodadas para o aprendizado desta magia. Então esta foi a primeira rodada agora são 1 de 5.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Sab 1 Ago 2015 - 22:27

Eilistraee seguia estudando a magia contida no pergaminho, quando batia o cansaço ela tomava um pouco de água dava um giro pelo quarto e voltava para a cama pegando e o pergaminho e estudando sobre como realizar a própria magia contida nele, ela percebeu que levaria muito tempo, mas tempo era o que ela tinha de sobra, uma vez que tinha um lugar para ficar e magia para criar alimento estava tudo tranquilo, isso apenas afetaria na conquista de um lugar fixo para ela começar a criar suas engenhocas mecânicas.

OFF: Pergaminho criatura magica.

Off:
+50 xp pela magia.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Dom 2 Ago 2015 - 17:30

Saphira Odin

Então ela prossegue com seus estudos o pergaminho possuía formulas magicas que a engenhoqueira começava a compreender ao poucos com utilizar esta magia, não era simples quanto as anteriores que apreendera no templo do sul. Começava o horário de almoço um cheiro de comida começava a invadir seu quarto vindo do de algum lugar do templo provavelmente do refeitório do lugar.

off:
Serão cinco rodadas para o aprendizado desta magia. Então esta foi a primeira rodada agora são 2 de 5.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Seg 3 Ago 2015 - 10:38

Eilistraee seguia estudando a magia contida no pergaminho,seguiria estudando até clarear o dia, mas por curiosidade ela olhava pela janela queria ver se já estava noite ou não, logo voltou para a cama e continuou a ler e reler o pergaminho não tinha muito o que fazer ela teria que apenas ler e compreender sem mais.

OFF: Pergaminho criatura magica.

Off:
+50 xp pela magia.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Ter 4 Ago 2015 - 20:07

Saphira Odin

Ao olhar pela janela a drow constatou que se encontrava no na metade do dia e o inicio da tarde eram meio dia em ponto. Logo ela retorna a estudar o pergaminho, os conhecimentos impressos no pergaminho ao poucos eram compreendidos pela Donzela das Engrenagens, mas levaria algum tempo para sua total compreensão.

off:
Serão cinco rodadas para o aprendizado desta magia. Então esta foi a terceira rodada agora são 3 de 5.


Última edição por Azetlor em Sex 7 Ago 2015 - 17:43, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Qua 5 Ago 2015 - 23:03

Eilistraee seguia estudando a magia contida no pergaminho,seguiria estudando até clarear o dia, não tinha muito o que fazer apenas estudar e estudar ler e reler até compreender a magia em pensar que teria mais outras 5000 para ela aprender.

OFF: Pergaminho criatura magica.

Off:
+50 xp pela magia.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Convidado em Qui 6 Ago 2015 - 0:07

Saphira Odin

A drow permanecia concentrada estudando seu pergaminho a magia se dedicando todo seu tempo para compreender a magia, mas estava próximo de terminar sue aprendizado. O lugar estava muito silencioso apenas alguns latidos quebram momentaneamente a calmaria, os ladrados se afastam lentamente até ficarem totalmente inaudíveis.

off:
Serão cinco rodadas para o aprendizado desta magia. Então esta foi a quarta rodada agora são 4 de 5.


Última edição por Azetlor em Sex 7 Ago 2015 - 17:42, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Qui 6 Ago 2015 - 1:40

Eilistraee seguia estudando a magia contida no pergaminho,seguiria estudando até clarear o dia, não tinha muito o que fazer apenas estudar e estudar ler e reler até compreender a magia em pensar que teria mais outras para ela aprender, mesmo com o barulho e o silencio que se segui alternado pelo dia, tarde, noite ela permaneceria firme estudando e se tivesse fome era só gastar alguma magia e criar aquelas plantas para comer.

OFF: Pergaminho criatura magica.

Off:
+50 xp pela magia.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo de Jilya

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum