Associação dos Bardos Zephyrianos

 :: Home. :: Flood.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Stained B. em Sab 31 Out 2015 - 23:59

Eu estava passando por uma faze de melancolia nesses dias e acabei fazendo um poema sobre o que estava pensando, então eu decidi fazer esse tópico. A ideia é que todos que quiserem possam postar aqui poemas, musicas ou qualquer coisa que escreveu e que se encaixe nesse formato. Então, eu fiz esse para homenagear meus amigos:
 
 

  Gramado Alto


 Ontem tive aquele sonho
 Da gente sobre o gramado alto jogando conversa fora
 O vento dançava entre nossas risadas brincando
 Cada um correu para sua magoa, o que somos agora?
 
 Me apaixonei por causa dessa companhia
 Seus sorrisos aconchegaram cada isolamento
 Nossos momentos me socorreram por todos os dias
 Por que fomos acabar nos deixando levar pelo vento?
 
 Era um mundo imaginário
 Em que poderíamos brincar para sempre
 A ilusão que esse podia ser criado
 Um lugar para que todos ficassem eternamente
 E que eu fizer sentir-se como ser amado
 No mundo distante da vida carente
 
 Esta vida triste cercada de realidade
 Mudou meu conceito de felicidade
 Esses dias de fracassado mostraram o que poderia ter mudado
 Mas fui fraco e deixei tudo de meu coração ser alterado
 
 Era mais fácil quando me soltava pelo chão
 Apenas para chamar aquela atenção
 Daquele que entreguei a vida de um menino apaixonado
 Me desculpe se afastei-te do meu lado
 
 Era um mundo imaginário
 Em que poderíamos brincar para sempre
 A ilusão que esse podia ser criado
 Um lugar para que todos ficassem eternamente
 E que eu fizer sentir-se como ser amado
 No mundo distante da vida carente
 
 Se há um sentimento que eu possa buscar
 Se há alguma forma de ainda consertar
 Trarei cada um de vocês de volta
 Para o gramado alto jogar conversa fora
avatar
Stained B.
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Não é o Diff em Dom 1 Nov 2015 - 9:44



Duress
Stress
Lesser than this mess
Invisioned as a guess
by madman

Colder than cold
no matter the heat
I am not as bold
to question the deed

Bring the pain
it'll hurt twice as much
it bothers no longer
it is bliss's slut

Leave me be
living in linger
losing my life
at the tip of their finger

Love me please
don't bring hate
I've had my share
in size, it was great

Let me let
you go

I deserve no more
than to corrode

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Não é o Diff em Dom 1 Nov 2015 - 12:18



Let the night swallow me
Alone with you, let me be
Let me feel the sweet embrace
That takes me away from this place

Caution though, I must add
this is a journey most sad
many wouldn't want to accompany
many would give up instantly.

Would you stay by my side?
Would lend me your hand in this stride?
So long it will take
But to not do it, is a mistake

Let my love embrace your heart
And allow yours to hold mine too
Let this moment never pass
And allow me to be always with you

Hold my hand now, will you?
Let me be your guide

Embrace my heart now, will you?
Let me be at your side

Com amor, para Camila.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Stained B. em Ter 15 Mar 2016 - 18:44

Admito que Final Fantasy me inspirou a escrever essa poesia, mas mesmo assim é uma das minhas favoritas. Pretendo postar algumas dessas minhas favoritas aqui e fazer esse tópico ter um pouco mais de conteúdo ^^. Eu nunca sei se as coisas que faço estão boas, sempre tenho aquele sentimento de "Falta alguma coisa", mas ta ai: 

 

 
 Dádiva.

 Quando minha alma estilhaçada desmancha-se como tinta, a deusa descende dos céus. Asas de luz e esperança propagam-se contra mágoa. Ela me conduz ao édem, sua dádiva eterna.

 Infinito em mistérios é a dádiva de minha deusa. Busco-a levando-me aos céus, contra o vento áspero minha alma errante não conhece descanso.

 Não há ódio, apenas deleite para mim visado pela deusa. Sou o herói da alvorada, curandeiro de mundos, entretanto os sonhos de minha paixão mostram minha alma fragmentada. O fim de minha trilha revela-se próximo.

 Minha amiga, você voará para longe agora? Para um mundo que abomina a mim? Tudo que me restará será a solidão ao preencher o seu lugar. Não importa onde os ventos possam soprar meu anjo, o desejo me dissolve. É de eviscerar meu coração, a dádiva da deusa.

 O destino que me aguardou é cruel. Não há sonhos, paixão não resta, a flecha abandonou meu arco, minha alma corrompida pela inveja suportou a autoflagelação para lembrar-se o vim da jornada. Na minha própria salvação e eterno torpor serei a lenda sacrificada e humilhada no fim do mundo.

 Mesmo que o amanhã seja escaço de promessas, nada evitará o meu retorno para tornar-me o orvalho que sacia suas mãos, ser a íris de seus olhos. Navegarei pelos mais tempestuosos mares em busca de redenção, atravessarei as colinas mais imaculáveis para encontrar meu berço e assim entregar-te a coroa do mundo ou oferecer este silente sacrifício na tentativa.


Última edição por Stained B. em Sab 10 Dez 2016 - 4:41, editado 1 vez(es)
avatar
Stained B.
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Stained B. em Ter 15 Mar 2016 - 19:33

Eu sei que nada rima com nada, mas eu gosto da letra. Eu fiz esse a quase um ano e hoje eu já não sei se era tão bom quanto me lembro, eu acho que mexeria uma coisa ali ou aqui. 
 Em fim, eu sempre fui uma pessoa muito apaixonada, acho que é porque meu signo é peixes, não é difícil conquistar e ser conquistado por esse signo, pelo menos é o que dizem. Por em quanto é só um poema sem rimas, quem sabe algum dia não ganha ritmo e vire uma musica.

 

 Discolored

 Não é nada exitante ver uma garota tão sexy triste,
 Descolorida e sozinha.
 Pode não ser da minha conta, 
 Mas quero te apoiar,
 Posso não saber como,
 Mas quero te fazer sentir a vida.

 Sem suas cores meu arco-iris desmancha,
 Sem o seu sorriso, sem tua companhia,
 Como acetona dentro do meu coração.

 Não se sinta mal,
 Vou estar desejando o seu melhor,
 Esperando te ver sorrir.
 Não é nada romântico te ver sofrer.

 Sem suas cores meu arco-iris desmancha,
 Sem o seu sorriso, sem tua companhia,
 Como acetona dentro do meu coração,
 Porque não é nada exitante ver uma garota tão sexy triste,
 Descolorida e Sozinha.

 Me perdoa por piorar as coisas,
 Tentando cumprir ilusões.
 Já tem seus próprios problemas,
 Desculpa por ter sido um deles.
avatar
Stained B.
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Stained B. em Ter 18 Abr 2017 - 20:25

ANJO DE MEL

Bailei ontem ao desbotar, para perder tua luz ofuscada em meu olhar.
Ensaiei passos desordenados para um futuro fadado.
A esperança ingênua nos olhos de avelã, mórbidos, sem a luz do amanhã.
Torneada com neve e mel desenhou um coração de porcelana.
Rendado ele, alcoolizado por sua ilusão insana.
Imaculado, todavia machucado, clamou pelas cores por qual dançou.
Zelou por tal, calou-se e voou.
avatar
Stained B.
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação dos Bardos Zephyrianos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Home. :: Flood.

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum