Blake Jasper

Ir em baixo

Blake Jasper

Mensagem por Blakkinho em Sex 30 Out 2015 - 22:17

☢ Nome do Personagem: Blake Jasper "The Vampire Hunter"
☢ Raça: Youkai - Griffo (3 Pontos)
☢ Classe: Caçador (Vampiros)
 Nível do Personagem: 02
☢ Idade Real/Idade Aparente: 48 / 17
 Altura: 1,81 (Humana. Se levar em consideração suas asas ele chega a 2 metros) 3,40 (Animal) 
 Peso: 1020Kg

ϟ Características Físicas ϟ Blake em forma humana é um tanto esguio e esbelto, com uma pele praticamente dourada. Possui pelos no mesmo tom que sua pele, como o próprio sol, lisos e macios sobre partes de seus dedos e mãos; algumas partes do tórax, cotovelo e completamente as costas. Os cabelos lisos e sedosos como suas penas, em uma coloração de ouro como seus pelos nas raízes que vai se tornando escura até chegar ao preto em suas pontas. Tem longas garras em suas mãos; seus pés, que na verdade são patas, suas garras são retrateis, sempre guardadas como a de um leão, mas elas se mostram com o pouco de força que faz. Sua calda é referente a sua parte leonina, de cerca de quase um metro de comprimento. As orelhas são emplumadas, puxadas para trás; são como as de um elfo, mas cobertas das penas e pelos. Seus olhos são do mesmo tom sol, florestes, verdadeiramente brilhando, sendo fácil de encontra-los não importa o lugar. Em características de Griffo ele é natural como qualquer um, mas dourado como se tivesse sido banhado em ouro, como é dito em suas lendas.

Imagem:






☠ Personalidade  Blake é uma pessoa super calma, que sempre se mostra com uma grande paz em seu espirito. Ele é humorado, gostando de fazer piadas vez ou outras ou algum comentário engraçado. Costuma ser difícil de confiar nas pessoas e só quando está mostra ser realmente de confiança ele consegue estabelecer esse pequeno vinculo. Ele é realmente alguém a que todos diriam que não faz mal a nem uma mosca, apesar de sua aparência um pouco assustadora, mas a verdade por trás de Blake é que ele apenas expõe sua raiva quando a situação envolve pessoa a qual tem desgosto ou alguma criatura. Blake se torna uma verdadeira fera com sede por justiça, indo atrás de seu inimigo a onde quer que esteja e qualquer que seja a situação. Ele se torna verdadeiramente, uma maquina de matar. 
Blake tem gosto por lugares calmos ou que ele possa pelo menos se divertir. Como Tavernas, Eventos, Festas e tudo mais. Ele visa acima de tudo o seu bem estar e o daqueles que o cercam. 
Blake tem um grande desgosto por aqueles que o atrapalham em um momento muito importante pra ele, que o podem fazer tem um surto de raiva algumas vezes.


♢ História 

Spoiler:
 A história que irei contar agora, as pessoas podem muito bem acreditar ou não, tudo depende delas próprias, mas eu asseguro com unhas e dentes que para mim, é algo realmente verdadeiro, por mais que por muitos, depois de tanto tempo, seja apenas um mito esquecido e completamente surreal. 
Nessas velhas e antigas montanhas a qual moro desde meu principio, sozinho em meio dessa imensa cordilheira de Freya, um dia existiu algo tão belo que nem mesmo o mais repugnante dos homens poderia se referir a tal criatura como um ser "imundo" ou "horrível". Era como se ele próprio tivesse sido banhado em ouro, abençoado pelo mais lindo dos deuses. Brilhante como as mais encantadoras joias, cintilante como as próprias estrelas. Uma criatura tão bela e encantadora que ninguém poderia ter a coragem de machuca-la.
Sobre um dos pontos mais altos dessas montanhas, ele vivia. As penas tão bem traçadas e encantadoras, como se tivessem sido feitas pelo melhor de todos os artistas de todo nosso mundo. Os pelos tão lisos e finos, como se tivessem sido penteados pela própria deusa da beleza. Ele era absolutamente belo, incrível. Algo até inimaginável. As asas eram tão bem estruturadas, a cauda tão bem adepta ao resto de seu corpo.
No dia em que ele nasceu, até mesmo se acreditou que o próprio sol se tornou mais radiante durante o momento de seu nascimento, mas nesse caso, não posso garantir. Cada um acredite no que queira, mas algo inegável é que era algo tão lindo que acredito que até mesmo um Deus o acharia incrivelmente belo.
Durante dias eu o observei em seu ninho, tão acima de minha cabeça, mas em um ângulo perfeito. Podia vê-lo todos os dias, junto de seus pais, que eram tão diferentes dele. Grifos tão.. simples, do normal de nosso continente, que moram sobre as montanhas. Eles são pouco da cor caramelo em seus pelos leoninos e esbranquiçados em suas penas de águia, mas seu filho não era, não. Ele era como uma própria escultura de ouro.
Nunca tinha visto uma criatura tão bela, mesmo nos tempos que estive em guerra, junto de outros Youkai’s ou de alguns grifos, e mesmo agora que deixei toda a violência, ainda continuo sem presenciar algo parecido.
Passei anos da minha vida estudando seus comportamentos. Ele não era um ser violento como a maioria de sua espécie, era evidentemente calmo, com uma paciência encantadora. Aguardava por dias em sua moradia esperando a volta de seus pais sem nem demonstrar medo ou muita preocupação, mas sempre chega uma hora na vida de todas essas criaturas em que seus pais nunca mais voltam. Eu aprendi isso assim como Blake também aprendeu.
Blake. Foi esse o nome que lhe dei desde que em uma situação falha da sua parte, ainda jovem tentou voar para fora de seu ninho, fora daquelas montanhas, mas como um evidente inexperiente ele caiu sobre o nível que eu morava daquela montanha, pouco abaixo de seu ninho. Ele não teve lesões muito graves, apenas leves ferimentos que se recuperaram muito mais rápido que o comum esperado. Foi desde esse dia que eu também reconheci seu dom de curar a si próprio rapidamente.
Blake cresceu junto de mim por anos, com meus ensinamentos. Como a maioria dos poucos Youkai’s Griffos, eles costumam se apegar muito mais a sua forma animal do que a humana, então seus pais nada lhe ensinaram sobre sua forma humana, apenas o idioma de nosso longo continente já que nós, Youkai’s, falamos normalmente como qualquer humano mesmo em nossa forma animal.
Eu ensinei todo resto a esse pequeno Griffo, - por mais que mesmo apenas com 10 anos animais e 4 humanos ele já tivesse muito mais da metade da minha altura, já que seu maior pico de desenvolvimento é bem nessa idade e depois só lá por seus 18 anos humanos ele volta a se desenvolver rapidamente também. – Lhe passei todas minhas artes com as armas pesadas, meus mais profundos conhecimentos a respeito do poder da luz e da caça as terríveis bestas vampirescas. Queria alguém para continuar o que comecei, e Blake sempre foi perfeito para isso. Um jovem calmo, determinado e cheio de honra. Um verdadeiro guerreiro, um herói.
Por anos foi incrível conviver com ele e lhe ensinar, até próximo de seus 8 anos humanos, quando a lenda do Grifo de Ouro ou Grifo de Freya se espalhou por regiões vizinhas. Os mais diversos caçadores e carniceiros queriam ver com seus próprios olhos se tudo aquilo que falavam era realmente algo real, algo verídico. Vieram como feras para estas montanhas, querendo ter o Grifo para si próprios, para lucrar com ele. Poderiam ficar ricos se o tivessem. Uma criatura tão bela e encantadora desse modo vale mais que a vida de todos esses seres imundos juntos.
Eu tentei protegê-lo de todos os modos, mas.. Eu falhei. Eu falhei como nunca antes. Toda a força da guerra que existia dentro de mim no passado já havia sido extinta há tempos e não podia mais continuar naquele mundo de violência. Fiz um juramento e tive que quebra-lo naquele dia, em vão.

Blake foi tirado de mim naquele dia por aqueles.. Miseráveis. Aquela foi uma época realmente de uma dor eterna para mim, sem alguém que praticamente era um filho para mim, alguém que criei com tanto carinho como aquele tão esbelto ser. Depois daquele dia, era como se o dia não tivesse mais sua luz e a noite fosse à escuridão eterna, sem sua lua.
O céu já não tinha mais sua mais preciosa peça.  

Anos se passaram depois daquilo e eu tive que superar a dor com meus modos. Não podia sair daquela montanha. Não podia quebrar novamente meu juramento de nunca mais derramar sangue. Não podia ir atrás dele para resgata-lo. Convivi anos com a dor de não saber como ele estava.

Mas uma noite, quando Blake já poderia de ter seus 14 anos humanos, a presença daquele ser imundo me fez estremecer com a dor do que viria a seguir. Sua pele tão gélida como o ponto mais alto daquelas montanhas. O sangue parado, inativo. Os olhos tão famintos, adoradores de sangue. A pele pálida como a própria neve. Não sentia aquela sensação da morte a tanto tempo perto de mim, e justo naquela noite, ele veio me buscar. Justo, aquela. Justo, essa.. Nesse momento. Blake, onde quer que você esteja. Tu serás sempre meu filho, minha mais orgulhosa cria. Se um dia você ler isso, me perdoe pelos erros que cometi. Pelas falha que tive com você. Me perdoe, Jasper. Me perdoe.
 
                                                                                                                             - De seu adorado segundo pai, Abraham Connor.

“Não sei o porque disso, mas senti a necessidade de começar a escrever e continuar o que lhe foi contado, mestre. Continuar a história que contou com tanto de seu tempo em todos esses anos. Não há um modo a qual eu possa expressar o quanto devo a você, em todo esse tempo que se passou. Você não falhou comigo, e sim foi uma das mais importantes pessoas da minha vida. Meu maior tutor. Meu segundo pai. Você é parte de mim.
Não aguentei ver seu sangue na noite que voltei, tão recente que me afundo no profundo de minha dor até hoje por não poder ter chegado um pouco antes para poder ter te livrado de tanta dor e sofrimento. Você não merecia isso, de modo algum, mas sua alma deve estar descansando em um lugar bom, assim como o senhor foi. Você merece um lugar no paraíso por todos seus maiores feitos e grandes ensinamentos. Você me ensinou a ser alguém, meu senhor. Você me ajudou a descobrir o que existia dentro de mim, e sou eternamente grato por isso.
Gostaria que você pudesse ler o que estou escrevendo agora. Quem sabe um dia eu consiga um meio de mandar esta mensagem ao senhor, para sua alma que descansa nos Céus. Em um mundo tão amplo e incrível, eu talvez possa te ver outra vez, nunca se sabe. A única certeza que tenho, é que eu vou te encontrar além da minha vida, no Paraíso que tanto dizem. E espero que, daí onde você está, possa ver o que faço aqui na Terra.
Depois daquele dia a qual me distanciei de você devido aquelas criaturas tão imundas, eu convivi anos nas cavernas das Montanhas dos anões. Fiquei tanto tempo sem apreciar o céu, sem ver a luz a qual tanto me ensinara. Todas as belezas dos arredores distantes da Cordilheira em que vivíamos. Eu apenas vivi sobre a sombra profunda do subterrâneo, atrás daquelas fortes barreiras que me prendiam lá, mas a cada dia que se passava eu sabia que minha liberdade estava próxima.
Foram um total de 5 anos dentro desse lugar tão profundo, esperando por alguma coisa. Foi então que, “ele” veio. Envolto de cheiro um tanto quanto interessante das profundezas das florestas, com os cabelos longos em um castanho encantador e olhos verdes tão profundos e vívidos. Além de claro, as orelhas longas, típicas de um Elfo.
Pois lá estava ele, meu atual melhor amigo e companheiro de guerra. Um Elfo da Floresta, especializado nas magias da natureza e das florestas de onde vem, um claro Druida. Eu nunca esperava que alguém como “ele” me libertasse daquele lugar quando eu tinha meus 11 anos humanos, mas ele veio de todo modo. Me lembro até hoje de todos os segundos em que presenciei aquelas cenas. Vendo-o destruí-los, todos eles, e hoje sou eternamente grato.
Zakarias, esse é seu nome, mas eu sempre preferi chama-lo simplesmente de Zek. Hoje ele é meu companheiro, meu melhor amigo, meu “brother”, como se poderia dizer. Estabelecemos um grande vinculo desde o dia que ele me salvou. Agora, é como se fossemos parte um do outro.
Zek me levou junto dele pelo mundo depois de me encontrar naquelas cavernas, ele me atualizou de tudo, me mostrou novos lugares, me ensinou novas coisas, como sobre ele e sua espécie, mas naquela época eu só tinha uma coisa em mente. Vingança. Eu estava “levemente” possesso de ódio no período após sua morte. Eu vaguei por até anos em busca do responsável, me especializando. Eu treinei e treino para extinguir toda essa raça imunda, meu senhor. É isso que hoje faço da minha vida, eu caço. Caço todo o dia e toda a noite. Eu quero quer como o senhor for um dia. Quero honrar o que o senhor me passou.
Eu quero me tornar, meu bom e velho amigo, um verdadeiro caçador de Vampiros.

                                                                                                                                     - Blake Jasper, The Vampire Hunter









ATRIBUTOS:

 Força: 1 [+ 1 ]
☆ Habilidade:  1
 Velocidade:  2
☆ Resistência: 3  
 Inteligência: 3   
 Balística: 0  

HP 3 x 10 + 6 + 15(Vantagem) = 51 
 SP: 3 x 10 + 4 = 34




Talentos:
Resistência a Guerra
Sob a pressão e a adrenalina da guerra, um usuário com esse talento continua consciente e ativo mesmo com seus pontos de vida reduzidos a 0 e só cai inconsciente quando chega a -15 HP

Princípios da Magia
Principio básico para qualquer mago, permite poder usar magias. Ao obter esse talento, o usuário pode atacar com um elemento básico (determinado na ficha). O ataque não recebe bônus mas conta com a inteligencia do usuário+1d6. Também é possivel criar barreiras cujo o poder defensivo é determinado pela inteligencia+1d6. Pericias influenciam nos valores. Apesar de só se começar com elementos básicos, é possível usar elementos secundários caso o conjurador tenha o talento princípios da magia dos elementos constituintes, ele não paga mais sp por isso. (Luz)

Especialista Treinado
Você é treinado e capacitado para superar sua presa em todos os quesitos. Você é mais forte, mais esperto, mais rápido e está preparado para qualquer surpresa que sua presa pode armar contra você. Você é literalmente uma maquina de matar especializada. Você recebe + 2 em qualquer teste contra sua presa. (ataque,defesa, esquiva, resistência a sedução,etc,etc). (Vampiros)

Pericias de classe:

Pericia com Machados Nv. 3

Perícias: 
Conhecimento com Luz Nv. 3

Vantagens Raciais:
• FOR +1
• Sentidos Especiais: Infravisão
• Voo
• Transformação Consciente: Grifo

Vantagens:
Foco em Arma (1 Ponto) - Você foi treinado ou é focado muito em um único tipo de arma, o que te faz ser muito bom nela porém péssimo com outras. Recebe 2 pontos de bônus em Habilidade e 1 de dano quando usar a arma. Porém quando usar outro tipo de arma recebe 1 ponto de penalidade na sua habilidade. você também pode se focar em golpes desarmados, e também recebe penalidade em golpes desarmados,caso tenha se focado em outra arma. (Machado)
Mestre (1 Ponto) - Você tem um senhor, um mestre, um professor, tutor ou qualquer coisa que o valha. Ele tem ensinou coisas importantes e lhe treinou. Se estiver em apuros, pode lembrar de algum ensinamento e juntar forças para enfrentar um desafio ou sabedoria para desvendar um quebra cabeça. Ao comprar essa vantagem, ganha o direito de começar com 3 talentos, ao invés de 2. 
Vigor Avantajado [1 Ponto]
Você por meio de treinamento,sorte, magica ou qualquer outra fonte, tem mais HP que o normal. ISSO NÃO INFLUENCIA SUA RESISTÊNCIA. Somente o seu HP. Cada ponto na vantagem aumenta seu HP máximo em +15 
Regeneração [2 pontos] - Você regenera de ferimentos o dobro que um humano comum. Venenos e doenças tem seus efeitos e tempo de cura reduzidos pela metade e efeitos curativos tem sua efetividade dobrada. Ao possuir essa vantagem você pode regenerar membros perdidos por causas naturais, porém maldições,doenças graves, ataques mágicos ou outras situações especificas podem te impedir de se regenerar.
Vôo [2 pontos]
Você, de alguma maneira, não precisa estar literalmente com os pés no chão. Pode ser porque tenha asas ou porque tenha poderes mágicos, seja lá o motivo, você pode voar. O limite de altura máximo que pode alcançar é medido pela sua habilidade e resistência de uma maneira interpretativa. Afinal, quanto mais alto, mais difícil respirar.


Desvantagens Raciais: 
• Traço Marcante 
Blake tem características animais em sua forma humana. Longas e exuberantes Asas. Pelos pelas mãos e partes do tórax. Pés e cauda de leão. Orelhas puxadas para trás, empenadas. E como seu traço de fato mais marcante, seus olhos brilham, emitindo realmente luz. 


Desvantagens:
• Valioso [-1 ponto]
Você tem capacidades que interessam a outro seres. Você sabe um grande segredo, seu sangue é capaz de curar doenças até então incuráveis enfim, você tem mais valor morto do que vivo e as pessoas vão por isso você deve ter muito cuidado, pois há pessoas lhe caçando o tempo todo. Se você tiver boa, ou má fama, ou qualquer característica que o impeça de passar despercebido como um traço marcante, todos vão lhe caçar sempre. (Um espécime raro de Griffo. Ele é caçado por ser tão raro e valioso, com suas características de como se tivesse sido banhado em puro ouro.)

• Vínculo [-2 pontos] 
Sua existência está diretamente ligada a um objeto ou pessoa, pode ser uma joia, seus restos mortais, a imaginação de um garoto em coma, outra pessoa etc. Você sempre sabe em que direção está o seu Vínculo e caso ele seja destruído você também irá perecer. Você sente o que a pessoa sente, quando são sensações intensas. Perde-lo lhe causa alguma desvantagem insana a cargo do GM. (Zek. Um amigo meu que vai entrar no game)
• Perda Terrível [-1 ponto]
O personagem perdeu alguém que amava muito, como seus pais, um cônjuge, um filho ou mesmo toda a família. Ele presenciou sua morte, ou foi o primeiro a encontrar seus corpos. Isso despedaçou sua sanidade, deixando sequelas profundas até hoje. Quando a pessoa perdida e mencionada, o personagem deve fazer um Teste para não ficar catatônico por 1d6 rodadas. (Seu mestre que morreu)
• Intolerância [-1 ponto]
Existe algo que você não tolera, seja uma situação (ver alguém batendo numa mulher, reprimir-lhe apontando o dedo indicador, garotos pichando as paredes, fumantes), um animal, ou alguma coisa. Quando o Personagem encontra-se na circunstância que causa sua intolerância, ele imediatamente deixará tudo o que está fazendo de lado e irá tomar satisfações com o responsável. Pode chegar a agredi-lo caso tenha motivo para isso (o Mestre pode exigir um Teste para verificar se o personagem perdeu totalmente a calma com ele). (Não tolera alguém batendo em alguém mais fraco que ele próprio, que não tem como revidar)
Código de Honra [-1 pontos]
Você segue um código rígido que o impede de fazer (ou deixar de fazer) alguma coisa. Sempre que você viola um Código recebe uma penalidade de Experiência no final da aventura.
Código do Guardião: Semelhante a Protegido Indefeso, mas aplicado a um objeto ou localidade. (Montanha Freya)


Estilo de luta: 
Ninjutsu

Movimentos do estilo de luta:
N/A

Itens:
34 PO
(- 16 Gasto em Magias)

Machado de Duas Lâminas [Interpretativo]
Considerado por Blake como um de seus maiores amigos. Tanto na paz quanto, principalmente, na guerra. É um poderoso machado que tem seus dois lados possuidores de grandes lâminas, de aparência amedrontadora. O machado tem exatos um metro de comprimento. 

Magias: 

A Arma Mágica de Juen
Classe que aprende: Todas /Elemento: Neutro
Descrição: Concentrando energia mística na arma o conjurador permite criar uma aura de poder que aumenta o dano. Muitos usam para deixar um visual estiloso, visto que a aura de energia azul se parece muito com neon. Tem um limite de acumulação de 10 usos(30 SP).
Efeito: Aumenta 1 ponto de dano para cada 3 SP gastos
Custo: 3 SP para cada ponto de dano para conjurar, um terço do custo total arredondado para baixo para manter.(minimo 1)
Duração: Sustentável
Valor da dificuldade: 4
Raridade:Comum

Circulo de cura
Classe que aprende: Todas /Elemento: Luz
Descrição: Concentra-se boa parte da energia do conjurador para criar um circulo mágico no chão ou em qualquer superfície horizontal de cor azul fraca, a energia se expande em todas as direções a partir do ponto de origem que é o conjurador até seu limite de 5 m de raio.
Efeito: Cura 1d6 + ataque mágico em todos os seus aliados e somente eles, por mais que estejam vários inimigos no circulo de efeito estes não receberam a cura.
Para criaturas malignas essa Skill causa ataque magico +1 de dano com elemento luz de em vez de curar. O terreno também fica sagrado aumentando o dano com elemento luz em +1 A magia exige uma rodada completa de concentração,sendo o conjurador incapaz de realizar qualquer ação ou movimento durante a magia sem falar que, ao terminar a magia, o conjurador permanece com uma penalidade de -1 em seus atributos em todos os testes por duas rodadas.
Custo: 13 SP + 4 sp por turno 
Duração: Sustentável
Valor da dificuldade: 12
Raridade: Incomum




Resumo de Custos: Aqui você resume o quanto e onde gastou seus pontos.


Raça: 3
Classe: 0
Talentos: 0
Atributos: 10
Vantagens: 7
Desvantagens: +6
Movimento estilo de Luta: 0
Total de Pontos Utilizados: 18


Última edição por Blakkinho em Qui 12 Nov 2015 - 19:30, editado 12 vez(es)
avatar
Blakkinho
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Jasper

Mensagem por Cre♥pie em Sex 6 Nov 2015 - 19:25

Ficha aceita, 65 XP pela ficha fofinha.
avatar
Cre♥pie
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Jasper

Mensagem por Blakkinho em Seg 9 Nov 2015 - 15:42

☼ Nivel 2 ☼
+ 1 Ponto de Velocidade
+ 1 Ponto em Inteligencia = + 10 de SP = 34 de SP total.
avatar
Blakkinho
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Jasper

Mensagem por Não é o Diff em Seg 9 Nov 2015 - 16:30

Perfil alterado, pode editar a ficha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Jasper

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum