Estrada - Mir ~ Jilya

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Saphira Odin em Sex 18 Set 2015 - 12:41


____________________________________________________________________________
(Estrada)

Estrada que sai de Mir, segue até a ponta do Lago do Sul e depois segue beirando o Pantano, corta o bosque em apenas uma unica trilha fechada, com uma reta chegando a Jilya. Antes de chegar a Jilya, ela se ramifica, em vários caminhos um deles segue para Pejite.

OFF: Editado (Kirino Nito ).
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Seg 28 Set 2015 - 14:21

Já fazia um dia que ele caminhava dentro daquela estrada deserta. O silêncio, junto com a atmosfera obscura emanada da região, faria qualquer viajante cruzá-la o mais rápido possível e sempre acompanhado. Mas Hermes estava sozinho e não demonstrava um pingo de pavor. Muito pelo contrário, ele fazia aquela situação parecer divertida, uma brincadeira de criança: subiu numa árvore e pulava lentamente de galho em galho. Quando se deparava com uma fruta que conhecia a comia imediatamente antes que um animal o fizesse em seu lugar.
Já um pouco cansado, deu uma pirueta pousando num galho alto, segurando Kook Beak em uma das mãos. Depois sentou e ficou observando os arredores com um ar entediado , balançando as pernas e com o guarda-chuva apoiado no ombro.

Pensava em não ficar naquela rota para sempre e ir a alguma cidade do Sul para se divertir de alguma forma. Bocejou suavemente, depois se espreguiçou  e descansou as costas no tronco da árvore. Esperava que algum viajante ou até mesmo alguém que habitasse as proximidades aparecesse naquele exato momento, pois desde que entrara nessa rota não havia encontrado sequer um monstro do pântano
.

- Huuumpf! Eu queria mesmo é ir pro Norte... Pensou com um sorriso indiferente no rosto. As histórias das terras do Norte sempre o despertavam um interesse ardente.  Terras prósperas distantes do Fukai atrairiam qualquer um, na verdade. Mas para ele, chegar a esses lugares daria dias de navegação no Rio Sirius.  Era melhor ficar pelas cidades do Sul mesmo.

- Por que não me teletransportou logo para o Vale dos Ventos, mãe?Pensou de novo, mas agora acabou cutucando numa ferida ainda aberta. Não a vira desde o dia da fuga de Mir, e tinha certeza que já estava morta. Por isso, preferia esquecer esse passado e seguir uma nova vida solitária e sem rumo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Sab 3 Out 2015 - 16:38

NARRADOR



A sombra das árvores, por sorte, cobria a pele albina de Hermes. O desafortunado meio-dragão seguia para recomeçar a sua vida em direção ao norte, uma decisão que seria considerada, por muitos, sábia. Navegava aquela floresta sem nunca ter ouvido as histórias sobre ladrões, bruxos, e vida selvagem agressiva que, em raros casos, comprometem a viagem de alguns descuidados. Sons de rápido deslocamento o cercava, acompanhando seu movimento. Aquilo podia, ou podia não significar perigo. Pelo som, era de se julgar algum animal grande, presumidamente um mamífero, ou multidão de. Não tinha conhecimento nessa área o bastante para julgar. Hienas aguardando para festejar na carcaça de um viajante que julgaram perdido? Lobos, seguindo sons? Macacos curiosos? Ou algum urso ou grande felino faminto, o seguindo? Esses todos eram exemplos de animais que habitavam a floresta, que Hermes já conhece desde a cidade em que costumava morar. 
Indiferentemente, caminhava em alturas e livre de perigos terrestres. Seu verdadeiro indagamento somente se deu no momento em que encontrou uma bifurcação. Estranho. a palavra ecoou em sua mente. O caminho que seguia era conhecido por faltar em bifurcações. Não conseguiu pensar em nenhuma explicação para o surgimento de uma. O som que o seguia se tornou mais intenso. Ainda incerto quanto a que tipo de criatura perturbava seu pensamento, Hermes não tinha tempo de analisar melhor suas duas opções de caminho. Tinha de decidir se seguiria o caminho da Esquerda, da Direita, ou parava para enfrentar, ou sequer entender, aquilo que o seguia, antes de analisar os caminhos e seguir em frente. 



[OFF] Gosto bastante do seu jeito de narrar. Vamos ver onde isso vai dar.
[EDIT] Tentei clicar em "edit" para pegar a template do ultimo post, e acabei fazendo a cagada de editar ele mesmo. kkkkk, por isso o edit. Espero que ninguém se importe.


Última edição por Funnymouth em Sab 3 Out 2015 - 23:39, editado 3 vez(es)
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Sab 3 Out 2015 - 18:14

Diante do ruído assustador que a cada segundo aumentava, Hermes pôs-se em alerta olhando para todos os lados tentando identificar a direção da origem. Se tivesse orelhas de felino, estas com certeza já estariam eriçadas. Mas como não era esse o caso, ele dependeria exclusivamente do seu olfato, que por sinal era aguçadíssimo.

Voltando toda a atenção ao som suspeito, não percebeu que a poucos metros o caminho se ramificava em dois, algo nunca relatado pelos viajantes de Mir até então. Ele parou de se locomover abruptamente, ainda sobre os galhos, para pensar na escolha que poderia determinar o destino da sua vida naquele dia.


- Uma nova trilha? Ilusionismo? Um sonho?
Um turbilhão de possibilidades agitava sua mente a respeito da estranha bifurcação a frente. Queria ter mais tempo para analisar melhor, mas o ruído já estava tão alto que parecia que o suspeito estava sob a árvore onde Hermes havia parado.

Tendo a terceira possibilidade anulada depois de um autobeliscão, uma onda de adrenalina subia sua espinha, típica de ocasiões de perigo. Apesar disso, em vez de entrar em pânico, abriu um largo sorriso apreciando a situação saborosa. Permaneceu onde estava a espera do que estava estaria por vir, só para depois escolher um caminho e seguir viagem sem preocupações.

Off:
Thanks! Você também começou com uma coisa que eu gosto muito: mistério, suspense. Essa história vai ficar bem interessante...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Sab 3 Out 2015 - 23:35

NARRADOR


Buscava a criatura com seu olfato aguçado. Precisa-se de um bom olfato para notar a presença de um certo cheiro, mas notar a ausência deste? Só um verdadeiro habilidoso para o fazer. Hermes a primeiro momento se sentiu perdido por não sentir o cheiro da criatura, mas notou que aquilo poderia ser uma informação valiosa. Avistava, já, a criatura se aproximando. Parecia-se com algo tirado diretamente de seus pesadelos. Uma imensa pantera negra, com um olhar felino e furioso deixava sua espreita, observando o homem, e possivelmente procurando uma maneira de atacá-lo. Como a criatura andava tão perto e mesmo assim não possuía nenhum cheiro distinguível? Isso se julgaria impossível, se a criatura não fosse de alguma forma construída a partir dos mesmos materiais que compõem o seu ambiente, ou, pior ainda, uma ilusão, como antes imaginado. Porém, não teria tempo para distinguir novamente. Tudo acontecia em um ritmo inacreditável. A criatura preparava um bote, e, julgando a vontade nos olhos da fera, Hermes estava certo de que a altura da árvore não iria servir de proteção. 




Caso sua ação no post a seguir não seja antes do bote em sí, sinta-se livre para considerar que o pulo foi dado. Só deixei vago caso você decida agir antes da fera em sí.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Dom 4 Out 2015 - 18:09

Ficava parado enquanto a criatura saia das sombras sem ser detectada. De início esperou que ela seguisse o caminho e o deixasse para trás, mas logo percebeu que o interesse dela seria tê-lo no café da manhã. Hermes queria de qualquer forma evitar confronto com uma fera daquela dimensão,  e diante da determinação assassina explícita nos olhares atemorizantes da pantera, chegou a conclusão de que essa opção estaria fora de cogitação.

- Oh! Pensei que fosse um bando de ladrões, no final era só um gatinho... – Hermes disse em voz alta, sem tirar os olhos do provável atacante.

O que o intrigava acima de tudo era a falta de odores emitidos por ela.  Sabia que felinos de grande porte marcavam sua presença por rugidos e cheiros fortes e característicos. Por conta disso tinha certeza de que aquilo poderia ser tudo menos uma pantera normal, despertando-lhe assim um ar de curiosidade.

A criatura, sem avisar, já preparava o bote mortal, aparentemente revelando que a altura que a vítima estava era insignificante. Hermes não pensou duas vezes e levou as mãos ao cabo da Kook Beak A pantera deu o salto, as garras sedentas de sangue almejando o corpo da presa. Hermes, então, saltou também, girando Kook Beak e criando um poderoso turbilhão direcionado para baixo. O turbilhão não só lançaria a fera violentamente de volta ao chão, como também iria impulsionar o salto que Hermes havia dado e colocá-lo na parte mais alta que havia naquela proximidade.


- Por que não vai embora, gatinho? – Hermes tinha em mente que aquela pantera era um ser inteligente e poderia escutá-lo. – Infelizmente, não tenho tempo para brincar com você hoje...

Ele ficou em posição de ataque e pronto para pular dali caso a criatura desse um salto incomum alcançando o lugar onde ele estaria.


Off:
Usei Arma Especial (Atk. M) e Foco Elemental: Ar.
Desculpa se esqueci de listar algo, ainda sou noob nesse tipo de jogo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Dom 4 Out 2015 - 23:22

NARRADOR


O vento afetou a criatura, a devolvendo para o chão de onde partiu, rapidamente. Isso confirmava sua existência quanto a matéria. Mas demonstrou ser extremamente leve, sendo repelida de maneira tão efetiva. Isso descartava a possibilidade de ilusão, mas não exatamente respondia nada. De uma certa distância, Hermes sentia o cheiro de suor tomando presença. Não era exatamente localizável, mas definitivamente não pertencia à fera. Assim que tocou o chão, a fera se tornou mais agressiva. Não entendia as palavras do homem, ou, se as entendia, não as dava importância. Se julgaria impossível para um animal normal pular aquela distância, mas aquela criatura já era definidamente longe do ordinário. A fera deu um salto até um ponto mais alto de uma árvore, a usando de apoio para pular mais alto ainda, chegando a poucos centímetros de Hermes antes que ele pudesse sequer pensar em reagir. 

Pantera 10




Comece a postar seus stats, descontando o custo do seu movimento, acho que ajuda. E bote um link da sua ficha na sua assinatura, ajuda também.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Seg 5 Out 2015 - 12:57

A pantera negra realmente estava decidida a levá-lo morto dali, pois incrivelmente saltou do solo e o alcançou em um tempo imperceptível, sem dar tempo de reação. Queria contra-atacar com Kook Beak, mas percebeu que se fizesse isso seria de qualquer forma acertado pela fera e levado ao chão por causa da distância que já estavam um do outro.

- Tsc... que fera idiota. Me forçando a fazer isso... – Hermes não via outra opção a não ser se teleportar para escapar das garras do felino.

E assim fez. Em frações de segundos desapareceu daquela posição, e no último momento ainda deu para sentir as garras da pantera raspando no seu pescoço. Reapareceu propositalmente um metro acima dela, quando esta ainda estava no ar. Aquele ângulo era uma espécie de ponto cego da fera, pois ele estava praticamente nas costas dela, não dando oportunidade de defesa ou esquiva por ainda estarem no ar. Antes que a fera percebesse sua nova posição, ele girou o corpo, atacando com a Kook Beak fechada. A arma estava envolta com uma espécie de turbilhão, que acertaria a fera na região da cabeça.

Hermes farejava o novo cheio que surgia no ambiente, mas sempre focado na fera.


Off:
Teleporte e Foco Elemental.
Hp: 32/32
Sp:  27/38 [-3 Atk. Kook Beak] [-5 Teleporte] (também descontei o movimento do último post)
O link da ficha ta inserido na imagem.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Seg 5 Out 2015 - 14:24

NARRADOR


O movimento era digno de glória. Conseguiu desferir um golpe efetivo na fera, e enquanto a inércia da criatura afastava-os do galho levava ambos ao chão, Hermes conseguiu ver o que compunha a criatura. Após sua pele ser perfurada, ele via... folhas? Folhas. Enquanto deixava sua antes "vida", a pelugem da fera se decompunha em folhas, enquanto seus ossos e garras se tornavam galhos e farpas. Por ultimo, seus olhos se tornavam duas pequenas flores amarelas. Isso tudo simplesmente descansava no chão, como se nunca tivesse tido vida. Realmente muito confuso. Hermes parou para olhar o seu caminho, e percebeu que um deles, o da direita, se consumia por plantas novamente. Elas cresciam em velocidade inacreditável, em frente aos seus olhos.  
O suor se tornou cada vez mas forte. Hermes não tinha localizado o sujeito até o momento em que pulou da mata, um homem relativamente baixo, com um bastão de madeira, batendo na pilha de folhas e galhos como se ainda tivesse vida. Fazia sons de golpes kung-fu enquanto repetidamente quebrava galhos no chão. Ele vestia roupas verdes e possuía um cabelo moreno esbranquecido, o que explica sua dificuldade de ser detectado.  Quando finalmente parou, suspirou, e olhou para Hermes. - Ufa. Já fazia tempo que eu caçava esse bicho. Obrigado pela ajuda. - Ele afirmou, como se tivesse matado a fera sozinho, com um pouco de ajuda de hermes. Completou com uma risada que parecia a de um asmático. - Está perdido, né? - Completou, em forma de pergunta, com um tom de afirmação. 



To tentando te premiar um xp por matar o coisa, mas não consigo antes de falar com alguém, como sou um estagiário.
 EDIT Consegui! Pode adicionar 45xp na ficha.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Seg 5 Out 2015 - 23:43

Dúvida. Era tudo que ocupava a mente de Hermes naquele momento. Por que diabos aquela pantera negra o estava atacando? Não! Primeiro, o que era aquela pantera negra?  O que aconteceu com o caminho da direita que simplesmente deu lugar a vegetação de forma instantânea?

Mergulhado nos pensamentos, só se deu conta de que não estava sozinho quando uma figura surgiu entre os arbustos correndo em sua direção e segurando um bastão, aparentemente furioso.


- Oh, céus! De novo não... – Estava exausto por causa do combate recente, e mais uma luta destroçaria o último resquício de senso de diversão que restava nele no dia.

No entanto, o semblante de Hermes alterou-se para um tipo de “poker face” quando observou o homem atacando a pantera morta, quer dizer, as folhas com o bastão. Depois disso ele ainda assumiu o crédito da morte da fera, o que fez Hermes manter a inexpressão facial durante alguns segundos.

- Nunca estou perdido. Apenas não sei o caminho...- Respondeu ao homem com sorriso de maluco no rosto. – Mas se você quiser me mostrar, eu ficaria grato.

Fixou o olhar por um tempo na trilha extinta. Queria realmente entender o que estava acontecendo, e se ainda havia mais daquelas feras na redondeza. O recurso mais viável no momento seria questionar o  homem camuflado. Não é qualquer idiota que persegue uma pantera mítica dentro de uma estrada abandonada, por isso julgava que ele sabia de algo que estivesse acontecendo.

- Se divertia com esse gato preto há muito tempo? - Perguntou apontando para os restos da criatura no intuito de conseguir informações.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Ter 6 Out 2015 - 15:17

NARRADOR


O Velho apontou o seu pedaço de madeira que usava como arma para o homem, em um movimento rapidíssimo, como se entrasse em posição de combate. - Perdido! Perdido! - Gritou, adicionando sua risada perturbante. - Não sabe onde está. Está perdido! - Ele disse, em um tom repetitivo. - Teve sorte de me encontrar, nunca teria saído daqui. - Virou seu corpo e bateu uma vez a mais no tapete de folhas que costumava ser uma fera. - Está vendo esse animal aqui? Não, não. Estive seguindo ele pelas ultimas horas. Mas pelo último mês, cacei essas pestes que estão infestando a floresta. Só eu sei de onde elas vêm. - Ele fez uma cara de orgulhoso. - Mas ok, irei te contar, porque você teve sorte. Há uma tribo canibal nessa floresta, em algum lugar. O líder espirituoso dessa tribo é um druida e cria essas criaturas falsas para atrair homens em armadilhas, onde os capturam, e depois, você sabe... - Ele disse, aparentemente sem saber sobre o caminho que foi recoberto por folhas na frente de Hermes. - Desde que minha caravana, como todos os meus bens, sofreu um ataque deles, estive os buscando nessa floresta. - Ele explicou. E finalmente adicionou. - Já que eu salvei sua vida, você vai me ajudar a caçar eles, né? Me deve essa. E como sou um homem muito bacana, posso te deixar ficar com uma fração dos pertences daqueles salafrários, depois que matarmos todos, é claro. E também, em troca, depois disso posso te servir como companheiro até qualquer cidade que você esteja direcionado. Sou o único homem que sabe a saída da fria em que você se meteu. - O homem baixo fez a oferta, obviamente tornado louco pelo seu mês na selva, mas ainda assim, aquela oportunidade traz pensamentos interessantes a Hermes.



Vale lembrar que é só uma oferta, baseando-se na lógica você tem toda a liberdade de recusar.
Não vai ser impossível sair desse trecho da floresta sem o velho, só mais difícil e perturbante com o grupo de canibais da zoeira iludindo você a todo canto.

avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Ter 6 Out 2015 - 23:44

Ele arregalou os olhos excitado com o que estava acontecendo nos arredores da estrada. Nunca ouvira nenhuma história de viajantes com canibais que terminasse num final feliz, e era isso que mais o entusiasmava, além, é claro, da identidade do velho maluco e enigmático ali presente.

- Ora, ora... quer dizer que ele derrotava várias panteras sozinho? – Pensou examinando o velho com um olhar duvidoso.

Imaginava se somente os dois conseguiriam dar conta de todos os adversários que aparecessem. O velho não parecia alguém que pudesse matar sequer um veado e a pior coisa seria lutar com um fardo contra selvagens, que aliás, estariam sendo ajudados por um mágico. E por falar em mágica, Hermes apontou para a trilha recoberta, que o velho provavelmente não tinha reparado.


- Aquela trilha a direita... há quanto tempo está ocupada por essa vegetação alta?

Depois que recebeu a proposta do velho, examinou a enrascada em que estava com cuidado: aceitar esse plano suicida não seria uma escolha muito sábia, mas por outro lado, seguir caminho sozinho também significaria morte na certa.  Além disso, ressaltou que se conseguissem sobreviver de alguma forma juntos, o velho poderia levá-lo para alguma cidade próxima.

– Eu topo! – Disse, apertando a mão do velho freneticamente sem querer saber se ele queria cumprimentá-lo ou não. - Hermes... me chamo Hermes Gilgesh, e você?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Qui 8 Out 2015 - 16:57

NARRADOR


Assim que o Hermes apontou a dita direção, o Velho correu adentro a floresta. Aparentemente já conhecia os truques desses canibais. O meio-dragão só ouviu do homem - É hoje que eu pego vocês! - Antes que o que falava se tornasse inaudível. Seguiu o velho adentro o caminho recentemente coberto, como prometera ajudá-lo. Alguns metros adiante, encontrou-no novamente. Seus olhos brilhavam enquanto ele observava uma certa quantia de cabanas ao redor de uma fogueira. - Finalmente! - Disse o baixinho. Hermes começou a contar os possíveis inimigos. Via somente 3 homens adultos, ignorando mulheres e crianças, porém ouvia um quarto homem, provavelmente o druida, fazer canções e chamados espirituais de dentro de uma cabana fechada. Algo trouxe preocupação a Hermes. A área onde a tribo se situava era desmatada, e o sol estava escaldante aquele dia. Se ficasse muito tempo exposto lutando, certamente se viria exausto muito rapidamente, dado seu Albinismo. Não teve tempo de avisar o seu novo parceiro, pois nos segundos em que perdeu pensando em estratégias, o velho já havia sumido. A próxima coisa que ouviu foi o alto som de um cajado contundindo contra algo. Um dos homens ao redor da fogueira cai inconsciente, enquanto mulheres e crianças correm para longe do velho que gritava profanidades aos canibais, enquanto repetidamente batia com seu cajado no corpo do homem que já tinha ao menos tornado inconsciente. Os outros dois homens se levantam e olham para o baixinho, agarrando suas facas e lanças improvisadas, e o baixinho olha para você. Algo em seu olhar diz "socorro". Hermes pensa em formas de agir, tendo em conta que ainda não foi percebido pelos homens.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Sex 9 Out 2015 - 11:38

Ele levou uma mão à testa num semblante enfadado. O velho invadiu a tribo sem pensar duas vezes e muito provavelmente sem um bom plano. A situação ainda ficou pior quando percebeu que o sol não dava tréguas e seu parceiro ficou encurralado pelos dois tribais restantes.

Hermes entrou na tribo caminhando de fininho entre as tendas, sempre visando a não ser detectado. Ia em direção ao velho em apuros, quando então se deparou com uma tenda fechada com alguém que parecia o druida lá dentro. Sua prioridade era pegar aquele mágico que era responsável por várias mortes naquela estrada, mas sabia que se demorasse muito seu parceiro estaria sem a cabeça.


-  Já sei! – Ele improvisou um plano astuto. Entrou na tenda do druida girando a Kook Beak aberta, e esta com as pequenas lâminas dos raios já acionadas. Uma espécie de turbulência envolvia completamente as lâminas, dando a perceber que o verdadeiro ataque era causado pelo ar cortante em movimento, que logo viria acertar o druida em cheio nas costas. A turbulência criada com o ataque ainda lançaria o feiticeiro para longe.

Baseando-se na mesma lógica do combate com a pantera negra, Hermes aproveitou o turbilhão gerado com o ataque e foi impulsionado, só que agora num ângulo aproximadamente de 45º. Caiu logo em cima dos canibais que estavam atacando o velho.


- Oh! Muito obrigado.- Disse, protegendo-se do sol com a Kook Beak e agradecendo os canibais que estariam em baixo dele e teriam amortecido a queda.

Off:
Foco Elemental - Ar

HP: 32/32
SP: 24/38 [-3 Atk. Kook Beak]

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Sab 10 Out 2015 - 23:39

NARRADOR


O vento o impulsionou, lancando Hermes longe, mas o druida, que se via coberto de magias, nem tanto. Talvez por toda sua resistencia magica, ou Hermes simplesmente nao foi capaz de aplicar um golpe tao efetivo. Voou para fora da cabana, onde colidiu com o corpo dos dois homens. Porem sua velocidade e massa nao foi o bastante para derrubar nenhum dos dois. Contudo, chamou a atencao dos dois, abrindo sua guarda para mais um golpe efetivo na cabeca, vindo do velho. Um dos canibais cai ao chao, apagado. - Dois a zero! - O homem baixo gritou, declarando uma competicao quanto a contagem de vitimas. O homem restante dirigiu sua faca em direcao a Hermes, enquanto um furioso Druida deixava a cabana.



Escrevendo de um teclado bugado que a letra S so funciona de vez em quando e nao tem acento, entao mals ai. Acabou ficando ruimzinho
Foi mal ai tambem pelos resultados, voce teve ma sorte nos dados hue
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Seg 12 Out 2015 - 0:00

Ficou meio zonzo após se chocar com os dois tribais que estavam atacando o velho maluco. Já recomposto, pôs-se de pé para encará-los, e ainda teve a felicidade de receber a inesperada ajuda do seu companheiro.

- Não conte vitória cedo, o druida vai valer dez pontos! – Respondeu sorrindo, e antes que fosse acertado pela faca, Hermes se abaixou atacando os joelhos do agressor com a Kook Beak fechada.

O druida se aproximava, e pela sua forma não fora afetado pelo último ataque que recebera. Hermes ficou em posição de ataque, bastando apenas que ele fizesse algum movimento brusco para levar uma salva de ataques dos dois aventureiros.

- Diga-me, Seu Druida. Você já tentou comer uma fruta em vez de carne humana? As maçãs dessa floresta realmente são muito boas! - Aparentemente queria puxar conversa antes do combate, um hábito típico de Hermes.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Ter 13 Out 2015 - 20:12

NARRADOR


Hermes desviou o golpe em tempo justo, e a faca passou ao seu lado rasgando um pouco de sua camiseta. O golpe no joelho do canibal foi efetivo bastante para imobilizá-lo, abrindo guarda para um ultimo golpe do baixo companheiro, que acertou-no com seu cajado e apagou o ultimo dos três canibais, que se provaram ser relativamente fracos, dado que um baixinho raivoso nocauteou os 3. O druida, porém, se mostrava relativamente mais poderoso. Era um homem musculoso, robusto. A magia ao seu redor era visível, em uma forma de "escudo magico". A magia que manipulava era obviamente uma forma de mistura dos elementos água e terra, formando o elemento que o permitia manipular, de certa forma, a natureza ao seu redor. Uma pedra com uma runa mágica ficava pendurada em seu pescoço, e, fora seu cajado, parecia ser o único objeto valioso na tribo. Sua armadura, no entanto, é improvisada e não parece conceder tanta proteção. - Meras frutas não trouxeram a minha tribo o poder que carne humana nos trouxe. E você, aventureiro, já tentou comer carne humana? Talvez isso te trará a força que eu vejo que lhe falta. - Disse, logo antes de conduzir um ataque, movido por raiva, em direção a ambos os homens. Raízes de plantas próximas se moviam pelo chão rompendo a terra e se dirigindo aos pés de ambos os homens, em velocidades incríveis. O chão começava a machucar a pele de Hermes, novamente, levemente danificando a sua capacidade de reflexo e movimento.



Você tem 3 turnos a mais exposto ao sol antes de ficar exausto, e seus poderes de força e esquiva irão lentamente se tornar mais fracos.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Qui 15 Out 2015 - 2:52

Ele ficou observando seu parceiro nocauteando o terceiro canibal. Pensava que ele se tornaria apenas um fardo que atrapalharia na hora do combate, mas acabou percebendo o contrário. Sua determinação e ousadia salvaram Hermes de ter que se preocupar com múltiplos adversários ao mesmo tempo, e agora restara somente o druida, que aliás, era quase invencível se comparado aos combatentes da tribo.

- Nunca comi carne humana, mas... espera aí! Se vocês são canibais,  então quer dizer que também comem uns aos outros aqui na tribo? Imagina a sua esposa tentando te fatiar enquanto... – A tagarelice de Hermes foi interrompida quando raízes tentaram agarrá-lo nos pés.

Sem tempo para pensar em táticas de batalha conjunta e sendo prejudicado pelo sol escaldante, ele deu um salto acrobático simples antes que as plantas apertassem as raízes que estavam aos seus pés.

Quando aterrissou a 1 metro do druida, ele desferiu um golpe vertical com a Kook Beak fechada. Tinha a intenção, com esse único golpe, de arrancar a runa que estava no pescoço do feiticeiro, uma provável fonte mágicaou proteção, e em seguida acertar a base do queixo do mesmo.


Status:

Foco Elemental - Ar

Descontando também do último post que esqueci de novo:
HP: 34/34
SP: 18/38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Qui 15 Out 2015 - 21:26

NARRADOR


Sua agilidade lhe faltou pela primeira vez, e não conseguiu sair do caminho das raízes em tempo preciso. Elas mantiveram seu pé no chão, ao menos em sua primeira tentativa de pulo. Foi capaz de cortá-las facilmente com sua arma, mas não antes que estas apertassem seus pés, causando um leve sangramento. Nada muito grave em termos de saúde, mas a dor podia lhe causar problemas, ainda mais sob o sol escaldante. Enquanto voava em direção ao Druida, ouviu sua risada. - Não temos esposas aqui! Temos a mulher que quisermos! - Disse seu oponente. Sua risada foi rapidamente cortada por dois golpes absolutamente certeiros. O primeiro rasgava o peito do homem, fazendo-o derrubar a runa mágica no chão, já o segundo cortava sua mandíbula em cheio. Seu escudo mágico, incrivelmente, não se dissipou, indicando que o poder da runa não se referia a isso, mas os cortes em seu peito e queixo indicavam que sua proteção mágica não cobria ataques físicos. O druida, cada vez mais coberto por ódio, convocou um turbilhão de folhas para afastar e cortar Hermes enquanto tentava desesperadamente socorrer seus cortes graves. 



2 turnos de luta até exaustão. Devido ao corte e sol, sua eficiencia e velocidade serão menores próx. round
Sem perda de vida, por sorte nos dados. Considere seu dano e sangramento mínimos.
Não narrei a posição do seu amiguinho porque minha namorada não para de falar comigo e eu não consigo escrever hoje hurehuher
Mas considere que o parsa ta preso la atras pelas raízes, mas você não sabe pq ta olhando po druida
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Sab 17 Out 2015 - 17:18

- Perdão, senhor, mas assim está bem melhor. Sua risada é um pouco irritante... – Comentou após o druida ter a boca atingida. – Se quiser dizer alguma coisa, faça mímicas.

Hermes estava começado a ficar muito desgastado com a luta. O maldito sol não tinha piedade. Parece que esse astro sabia o momento que o meio-dragão iria arranjar confusão e esperou esse exato dia para brilhar com mais intensidade. Sua pele começava a avermelhar, o sangramento insignificante no pé queimava causando certo incômodo, e a situação poderia ficar pior se ele continuasse desprotegido.

Tentaria finalizar o canibal no próximo ataque, visto que este fora atingido por um golpe fatal. Abriu a Kook Beak e lançou um turbilhão direcionado ao chão, sendo impulsionado para o alto e assim escapando da magia das folhas.

– Seus “almoços” estão te esperando no Outro Lado para devorar-lhe a alma! Referia-se a todas as pessoas que esse sujeito havia comido no decorrer da vida.

Depois que foi impulsionado para os ares, Hermes viu que cairia justamente sobre o druida. Ele então fechou a Kook Beak, que já estava envolta pelo turbilhão de ar cortante, e dando uma risada infantil desferiu o ataque a favor da gravidade contra a parte de cima da cabeça do canibal.

Status:
Me corrija se estou errado: usei a Kook Beak duas vezes no mesmo post então o gasto é dobrado?
Foco Elemental -Ar
HP: 34/34
SP: 12/38 [-6 Kook Beak]


Última edição por Hermes Gilgesh em Sab 17 Out 2015 - 17:20, editado 1 vez(es) (Razão : HTML incorreto,)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Seg 19 Out 2015 - 17:26

NARRADOR


Hermes desviava o golpe com facilidade, porém, talvez pelo sol ou pela força bruta do druida, seu oponente conseguiu repelir seu golpe seguinte com seu cajado envolto em um escudo mágico. Hermes voou, parando a alguns metros o oponente. Suor escorria sua face. Após defender o ataque, o Druida voltou a lentamente se recompor, porém, incapaz de parar o sangramento proveniente dos ataques do aventureiro. Invocou o crescimento dos galhos de arvores próximas em direção ao meio dragão, com intenção de não só machucá-lo, como atrasá-lo também.



Você ainda vai poder lutar no próximo turno, mas depois dele, se tornará exausto e terá que permanecer no mínimo um turno sem fazer nada.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Hermes Gilgesh em Seg 19 Out 2015 - 23:51

- Está gostando do sabor da própria carne e sangue, Sr. Canibal? – Disse com uma sutil risada após ser lançado a alguns metros de distância dele.
 
Hermes ofegava muito e sentia a pele queimando cada vez mais forte e assumindo um tom um pouco avermelhado.  O próximo ataque teria que ser definitivamente o último, ou do contrário ficaria incapaz de lutar momentaneamente por causa do cansaço.
 
Enquanto os galhos das árvores se estendiam para acertá-lo, ele deu um salto na direção do druida que se recuperava com pouca eficiência do dano que recebera.A ideia era aterrissar atrás do canibal para não ser pego pela magia, pois dessa forma os galhos teriam no caminho o próprio corpo do conjurador para atingir.
 
Pondo fé na eficiência do seu próximo movimento, Hermes desferiu um ataque com Kook Beak fechada de cima para baixo visando a acertar novamente a parte de cima da cabeça do druida. Esse tipo de ataque também impediria que ele pulasse para tentar esquivar da própria magia que vinha na sua direção.

Spoiler:
(Dá uma olhada na MP que enviei antes de postar)
HP: 34/34
SP: 09/38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Funnymouth em Sab 24 Out 2015 - 9:19

NARRADOR


Sua esquiva e golpe foram eficientes, e Hermes empalou o homem de uma maneira quase sádica. Enquanto a sua arma, ali, retirava a vida do druida, o golpe do meio-dragão no sol escaldante lhe drenava quaisquer resquícios de energia e, então, após a adrenalina deixar seu sangue, seus olhos se fecharam e Hermes caiu no chão.
Acordou algum tempo depois. Sua arma foi plantada no chão ao lado de sua cara, aberta, usada como sombra para seu corpo que dormia. Seu parceiro baixinho parecia ocupado, obviamente saqueando a vila, de pertences que claramente não pertenciam aos canibais em primeira mão. Dois pecos aguardavam os aventureiros, e neles, o companheiro de hermes colocava uma variedade de carga. - Não tivemos tempo de nos introduzir. Sou Bechak. - Ele disse, ainda carregando os animais. - Eu estava em meu caminho ao Vale dos Ventos quando fui atacado por esses animais. E você, pra onde ia? -
Enquanto Hermes se levantava, reparou na Runa que havia deixado no chão. Aquilo poderia certamente carregar algum poder ou valor. Observava também Bechak olhar os homens que haviam apagado e não matado, obviamente se perguntando se deviam, ou não, por um fim aos 3.


Eu sei que devia ter variantes nos dados, mas tinha tantos valores pra mudar como o sol e tal que eu acabei decidindo anular tudo e igualar uheuheuehuehu
Você ganhou um peco e uma runa, bjs






Runa Khaziv
DescriçãoUma pedra que contém uma runa única, enfeitiçada pelo Druida de uma tribo canibal para ser usada no intuito de atrair viajantes para armadilhas, e permaneceu avulsa a civilização até ser recuperada por um Aventureiro. Seu feitiço permite criar uma ilusão em um objeto ou ser vivo de forma igual ou parecida ao seu alvo e transformar sua aparência em algo completamente diferente, sem modificar nenhuma de suas propriedades físicas. Também pode ser usada para camuflar a aparência do portador, transformando-lhe em qualquer outra pessoa que tenha em mente. Porém, todos os seus tipo de uso necessitam de alimentação contínua do portador, custando-lhe 6 SP por turno, e a ilusão é imperfeita, permitindo testes de INT para ver sobre ela.
Valor 110 POs
Tipo Runa Portátil
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Rubi Make em Sex 27 Nov 2015 - 12:41

A missão havia terminado com exito, pegamos as informações que o general havia pedido e consequentemente a recompensa por isso. Fora tudo calculado e Tyrael havia eliminado os inimigos com facilidade, da mesma maneira que eu em retirar as informações e assassinar o alvo.

Tyrael seguiu seu caminho com seu companheiro e eu novamente voltei a vagar sozinha pela estrada, mas desta vez, tinha um objetivo, iria me fortalecer e criar meu próprio exercito, uma milicia talvez... 

Dentro da ultima missão, ouvi boatos de um ser que estava recrutando um pequeno grupo para se juntar a um tipo de quartel de militantes.. 

"Vamos acelerar"


Antes caminhava, agora flutuava a alguns centímetros do chão, a velocidade era incrível e os cabelos pareciam uma cortina no ar.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Não é o Diff em Dom 6 Dez 2015 - 3:29

Era dia, a cidade estava vibrante com movimento e cores, algumas cabeças se viravam para olhar aquele ser que passava com sua áurea estranha e luminosa, porém as faces raramente apresentavam um semblante positivo após olhar, visto que a sua áurea parecia enegrecer o local a sua volta.

Porém Raiza parecia determinada em sua busca, e era uma questão de escolher onde começá-la, talvez primeiro buscando um ponto de partida? Um local onde informações relacionadas ao seu objetivo transitavam? Mas onde? Esta seria uma escolha da invocadora, e não do destino.

Off:
Desculpa a demora, mas já tenho sua aventura bolada agora, só escolher onde começar. Estou curioso com algo, como você voa? Não diz nada na sua ficha.. porém se for voar alguns centímetros de forma meramente interpretativa e não te conceda qualquer tipo de bônus eu permito.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estrada - Mir ~ Jilya

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum