Estalagem Coelho Branco

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 23 Nov 2015 - 2:01


Vaia percebia a cada hora que passava o quanto seu amigo era influente, visto que ela acabara de adentrar o aposento de um super "Senhor dos Sussurros" de Pejite e a ela não fora ao menos dirigida a palavra. "Esse cara parece importante e sabe de muita coisa, mas nem deu sinal de que gostou de mim... Deve ser eunuco!" Pensou. Analisando os fatos, ela então concluiu:

- Mudança de planos, parceiro! Queremos Seji Malford vivo da silva, pois nossa recompensa vai ser três vezes maior. E três vezes maior é bastante dinheiro! - Vaia jogava sua adaga pra cima e pegava no ar enquanto andavam pela viela - Supondo ainda que algo aconteça e tenhamos que matar o juvenil, ainda sim estaremos ganhando o dobro do cartaz. Foi realmente bom ter vindo aqui ver seu "amigo".

A garota então resolveu pedir a opinião de Lautrec sobre seu novo achado, pois já estava pensando o que fazer com ele fazia tempo:

- O que você acha dessa pistolinha? Sou péssima de pontaria, mas nada que uma pequena praticada não resolva, eu acho... O que você faria? Vale a pena aprender a atirar por uma arma dessas, ou a faço virar peças de ouro assim que puder?


Spoiler:
Na verdade achei ótimo Diff, pode continuar dessa forma. Sou um player que adora detalhes haha e esse último post seu foi demais! Achar a pistola abriu possibilidades legais. Ou simplesmente me rendeu uma graninha hehe Obrigado pela atenção Wink
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Sex 27 Nov 2015 - 2:23

Lautrec preferiu se distanciar um pouco do local antes de respondê-la, então puxou Vaia de leve para um lugar meio coberto e disse:

- Desculpa não responder, mas tem algo que eu gostaria de dizer: Cuidado com Lardo, não dirija a palavra a ele de qualquer forma que pareça remotamente desrespeitosa, não fale se ele não quer que você fale, não respire se ele achar isso incômodo, ele é o tipo de pessoa que se você olhar torto pra ele, você vai preferir não ter nascido. - Lautrec pareceu um pouco aliviado depois de dizer isso, então respondeu o que a garota tinha dito - Não é necessário muito pra irritar Lardo, mas pra ver ele daquele jeito é necessário bastante, se você quiser levar o Seji vivo então se prepare para um show de horrores grotesco e difícil de esquecer ao entregá-lo. Seja como for, sobre a pistola, era do Fâni, né? Provavelmente a razão de ele estar com problemas, essa pistola é rara e só existe algumas dela. Na minha opinião tu devia ficar com isso aí e, ou dar pra alguém que você gosta muito, ou levar pra alguém consertar e deixar ela com você, porque vender isso aí seria um grandíssimo desperdício, vale muito a pena aprender a atirar por uma lindeza dessas aí, até porque ela é fácil de usar e não precisa de muita perícia para manusear efetivamente.

Então Lautrec colocou a mão pra fora do local coberto onde estavam, e sentiu que a chuva continuava forte, percebendo isso ele decidiu olhar em volta procurando por uma abertura de algum boeiro e não encontrou nenhuma, estava escuro.

- Vaia, você consegue ver algum boeiro? Com essa chuva eu realmente prefiro ir pelo esgoto, eu sei andar bem por lá e acho que consigo achar o Seji com o mapa mas não consigo encontrar nenhuma entrada.

Off:
Desculpa a demora. A Vaia encontra uma abertura de boeiro sim, porém ela está dentro de alguma forma de "quintal", então seria necessário pular por uma grade para alcançar, fica a sua escolha se prefere andar na chuva ou arriscar entrar no "quintal" de alguém pra ir pro esgoto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sex 27 Nov 2015 - 13:53


A intenção da ladina já era manter a pistola consigo, pois o artefato poderia ser realmente de grande ajuda pra alguém como ela, que luta somente de perto. Mas precisava de uma segunda opinião, pois não entendia nada sobre o assunto. Convencida então de que não venderia e a manteria consigo, planejou levá-la ao conserto depois que tudo isso acabasse. Não havia tempo de fazer isso agora, pois o bandidinho poderia mudar sua localização.
 
- Se esse cara é mesmo tudo isso que você falou... Me sinto até um pouco mal de ir atrás desse picaretinha. Me faz sentir que estou fazendo o trabalho sujo desse maníaco pra ele... Mas tudo bem! Ninguém mandou Seji trair uma pessoa tão perigosa. Proponho terminar logo com isso, entregar o pobre diabo, e nunca mais aparecer na frente desse Lardo denovo... Algo me diz que uma simples caça de recompensa pode virar um grande problema, e um dos bem fedidos! – Vaia já havia então visualizado o acesso aos esgotos, dentro de uma pequena propriedade que ficava em meio a muitas outras, todas abarrotadas umas em cima das outras naquela parte da cidade – Bom amigão... odeio chuva também. Então vou fazer o seguinte: tá vendo aquele bueiro naquele pequeno pátio dentro daquelas cercas? Vamos ter que pular pra dentro. Eu tenho certeza de que em dois tempos supero essa grade... mas se você não for bom de escalada posso entrar e abrir aquele pequeno portão por dentro. Daí colocamos você pra dentro... O que acha?



Spoiler:
Espero que tenha melhorado meu chapa o/ Não esquenta com a demora não! Ando meio doente também, e é um saco...

avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Sab 28 Nov 2015 - 0:51

- Eu admiro Lardo, ele é mal mas tem um código de honra que ele segue fielmente, sem falar que ele é simplesmente excelente no que faz, o melhor. - Então pausou para ouvir a proposta de Vaia, a qual ele resolveu responder num tom brincalhão - Ta me chamando de velho? Vamos ver quem chega lá primeiro então.

Após dizer isso, os dois apostaram uma pequena corrida amistosa até o boeiro e ambos foram excelentes em suas manobras.

- Caramba Vaia, ou você é excelente nisso ou eu realmente estou ficando velho - E terminou a frase com uma risada, então começou a tentar remover a tampa do boeiro, teve que ficar fazendo força um tempo mas finalmente conseguiu, estava bem emperrada -Damas primeiro - Ele disse após terminar de retirar.

Após Vaia entrar, Lautrec pulou pelo bueiro segurando a tampa em cima da sua cabeça, tampando o bueiro enquanto caia no esgoto. O esgoto consistia em um córrego de dejetos com uma "calçada" em volta para a facilitar o transito de pessoas, era relativamente apertado mas não parecia ser muito incomodo. Após cair, Lautrec tirou o mapa de seu bolso e olhou um pouco em volta, buscando se localizar dentro do esgoto, sem muito sucesso aparente.

- Olha, eu conheço bem esses esgotos mas vou precisar de um ponto de referência, acho que com um ponto de referência eu consigo chegar até Seji mesmo sem o mapa - Então Lautrec se aproximou de Vaia e mostrou um pequeno ponto no centro do mapa - Se pudermos chegar nesse "hub", nesse encontro de passagens, tem um nome pra isso mas não lembro, de qualquer forma, se pudermos chegar nesse ponto do mapa eu posso me direcionar com facilidade, mas pegando de um túnel qualquer fica mais difícil, e acho que podemos chegar em um possível ponto de referência andando uns 15 minutos para a.... - Então Lautrec começou a olhar em volta novamente, dando algumas voltas - esquerda.. isso, esquerda, é, acho que consigo me localizar caso chegarmos em um dos pontos de referência que tenho na minha cabeça.

Então Lautrec sinalizou para que Vaia o acompanhasse e passou a olhar em volta, após mais ou menos 9 minutos andando Lautrec parou Vaia e disse:

- Eu sei onde estamos, tem uma curva daqui a alguns metros e daí é só seguir reto que sairemos na intercessão.. é esse o termo pra um encontro de várias passagens? Ah, que cabeça a minha.

Então continuaram andando até que chegaram no ponto que Lautrec havia determinado, o que fez com que Lautrec desse uma olhada em volta rápida antes de comentar:

- Temos duas formas de chegar no Seji, tem uma mais rápida e uma mais longa, a longa passa por um pequeno lago que foi formado por acidente aqui no esgoto e lá tem uma espécie de peixe que se você encostar nele, ele te paralisa por duas a três horas, causa muitas mortes por afogamento, a mais curta só vai fazer a gente chegar no Seji mesmo, o que você prefere?

Off:
Problema meu não é nem doença, é frescura com treta pessoal mesmo, hahaha.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sab 28 Nov 2015 - 6:37

- Você ta ficando maluco? Não vim aqui pra pescar Lautrec! Muito menos um peixe que pode me transformar em xuxu, e de quebra me afogar! - a garota riu e não entendeu o motivo de seu colega ter sugerido o caminho do lago - Vamos logo atrás desse pangaré... Quero sair logo desse lugar fedorento e tomar outro banho!
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Sab 28 Nov 2015 - 13:13

- Nós chegamos no lago, capturamos o peixe usando algo, e jogamos o peixe no Seji assim que vermos ele, daí carregamos ele pro Lardo sem maiores problemas, tem certeza que não quer? Facilitaria bastante, sem falar que não vamos necessariamente passar por dentro do lago.

Off:
Resolvi explicar de novo já que você não entendeu muito bem, desculpa se atrasei demais, mas tentar pegar o peixe vai atrasar mais um pouquinho também se você preferir tentar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sab 28 Nov 2015 - 22:06

- Aaaaaaaaaaaaaah, agora entendi... - e a garota riu novamente - Pelos deuses Lautrec, você não poderia somente dar uma bordoada na cabeça dele, à moda antiga? - e lançou o desafio - Tudo bem sabichão... Vamos atrás do dito peixe... Quero só ver como VOCÊ vai pegar o miserável sem se machucar!

Spoiler:
Poxa Diff, sou de humanas cara, meu raciocínio eh falho kkkk
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Sab 28 Nov 2015 - 22:39

- Por favor, eu não faço ideia de como vamos pegar o peixe, pensamos em algo quando chegarmos lá, eu acho

E então Lautrec começou a andar em direção a um dos muitos túneis de esgotos que se encontravam por alí, após alguns minutos andando chegaram num local que parecia ser um pequeno lago com passagens em volta, tinha até uma escada para descer pra dentro do lago o que sugeria que ali era uma sala anteriormente, e não um lago, o lago era estranhamente limpo e transparente mas a água era esverdeada e tinha vários pequenos peixes grudados nas paredes.

- Eles comem dejetos, o que costumava ser um pequeno lago de dejetos humanos virou esse lago verde estranho, eles mesmos fazem seu próprio controle populacional então podem agir sem supervisão, interessante né? Você pode não conseguir ver mas tem um monte de pequenos tendões saindo de cada um deles que liberam uma toxina assim que são tocados, a única parte onde não tem tendões é a parte deles que fica grudada na parede, e eles só desgrudam pra se alimentar. O que eu quero saber é como vamos fazer pra pegar um tolete de merda e jogar no lago, e depois como vamos pegar o peixe apenas encostando na sua "barriga".

Off:
Sem desculpas, eu sou de artísticas, hahahaha. Eu mesmo dou uma solução pra como pegar os peixes se quiser.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 30 Nov 2015 - 14:44


Vaia estava abismada com a ideia de jerico do seu amigo. Simplesmente não conseguia acreditar naquilo.

- Muito bem senhor Lautrec... Você deve estar se achando mais maluco que eu né... Tudo bem! Eu jogo a merda e VOCÊ pega o peixe. Não quero nem saber como vai fazer, mas se não fizer, eu JURO que te mato e jogo pros peixes.

Logo após terminar de falar, Vaia abaixou as roupas e se acocorou, mirando dentro do lago. Fez força, e então o alimento de peixe podre escorregou lá pra dentro. A garota então morria de vergonha, mas não podia permitir que alguém desafiasse sua audácia e atrevimento. Logo após terminar, arrancou um lenço do bolso e se limpou. Tacou o lenço no lago.

- Por acaso você acha que eu vou meter a mão em merda dos outros?



Subiu a roupa.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Qui 3 Dez 2015 - 22:58

Lautrec virou a cabeça pro lado quando percebeu o que ela iria fazer.

- Deus do céu, eu sei que você ta abaixando as calças mas nem eu sou tão tarado.

Quando viu que uns quatro peixes haviam se deslocado em direção ao seu "alimento", rapidamente tirou sua camiseta, rasgou ela e fez um nó de forma que tornasse ela um bolsão.

- Seja o que deus quiser - E então ele pulou dentro do lago.

A agitação que o impacto dele criou fez mais um monte de outros peixes se desgrudarem e irem em direção a fonte do impacto, procurando ver o que era, Lautrec havia caído perto de uma parede que não tinha peixes grudados, então não havia nenhuma ameaça imediata. Ele conseguiu usar a camisa para pegar dois dos quatro peixes que haviam ido em direção ao "alimento", depois fez um nó na camisa, nadou até a escada e saiu da água. Ao sair da água, Lautrec jogou a camisa pro lado e levou suas mãos aos olhos, desesperado.

- MEUS OLHOS, AAHH QUE ARDOR DO INFERNO - Então encostou as costas numa parede e caiu sentado enquanto passava as mãos sobre os olhos freneticamente tentando limpar - AAAAHHHH COMO ARDE! Esse bolsão de suprimentos preso na minha cintura, tem um frasco com um líquido transparente dentro dele, pega ele pra mim por favor, aaahhh que ideia ótima abrir os olhos dentro dum lago desses aaaaaaaaaaahhhh.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sex 4 Dez 2015 - 18:09

- Pare de reclamar, olha o seu tamanho, grandalhão! 


Vaia abriu a bolsa que Lautrec trazia a tiracolo com a rapidez de alguém experiente em abrir bolsas dos outros. Achou rapidamente o frasco com líquido transparente:


- Que é isso? Água? Toma! - deu o item na mão do amigo - Podia ser pior. Você podia tar la dentro do lago, paralisado, mas.... Boa pegada! Conseguiu até mesmo dois peixes.

Enquanto ela deixava Lautrec se virar com o suposto "remédio", Vaia acendeu um cigarro e aguardou sua recuperação.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Dom 6 Dez 2015 - 3:13

- Eu sou suicida, lembra? Aaaahh... me da isso aí!

Então ele mexeu a mão um pouco tentando pegar o nada até que finalmente pegou o frasco, após pegar o frasco ele colocou um pouco do líquido em cada olho e piscou um monte de vezes, foi possível ver um meio sujo escorrendo do lado dos olhos o que pareceu aliviar Lautrec muito.

- Aaaaahhhhh (de alívio dessa vez), que delícia, acho que uma das melhores sensações que podem ser sentidas por pessoas é alívio, tipo quando você faz xixi quando você ta bem apertado ou coisa parecida, sério, melhor sentimento de todos, que delícia.

Então Lautrec se levantou do chão, guardou o resto do líquido dentro de seu bolsão e falou para Vaia:

- Vamos? Não falta muito, e agora que é só chegar lá e jogar os peixes nele - Então pegou a sua camisa que estava enrolada num bolsão segurando os peixes - Vai ser bem fácil.

Numa visão mais de perto no Lautrec sem camisa, ele era um homem bem atraente e tinha um corpo extremamente bem definido e bem cuidado, algumas cicatrizes que pareciam provir de ferramentas cortantes ou perfurantes mas isso parecia fazê-lo apenas mais atraente, acho que é o esperado para um ex-membro respeitado de alta patente do exército.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 7 Dez 2015 - 16:52

Vaia tragava seu cigarro enquanto ouvia Lautrec falar, soltando a fumaça pelo nariz. Após ouvir ele dizer "vamos?", a garota o seguiu, e disse:


- Será que você não tem mais nada mais pra vestir não? Vou ter que ficar olhando pra você sem camisa mesmo? - bufou - Bom... você acabou de me ver soltando um barro no lago... Acho que ainda estou no lucro. Em quanto tempo chegamos lá, amigão?


Enquanto caminhavam pelos corredores do esgoto, Vaia não perdia a oportunidade de observar aquela arquitetura subterrânea. A garota era super curiosa sobre tudo, e nunca tinha visitado os esgotos tão a fundo antes. Os arcos das portas, os tijolos nas paredes, os córregos... Tudo muito bem planejado para que as águas que o local recebia pudessem ser escoadas para longe. Tudo era muito úmido, e o som de respingos era constante, como um relógio. Mas seria um grande alívio sair dali logo e respirar um pouco de ar puro de novo.


Ainda mais se for com os bolsos cheio de grana.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Ter 8 Dez 2015 - 0:50

- Alguns minutos, uns 7 ou 10 eu acho, e não reclame porque eu realmente preferia não ter visto você daquela forma a não ser que fossemos casados, eu to só sem camisa, se vê isso todo dia.

Os pingos d'água do local pareciam um milhão de relógios fazendo "tic-tac" em ritmos e tempos diferentes, um ouvido treinado saberia até dizer a profundidade de alguns dos lagos pelos "plocs" e "plecs", cada um fazendo uma notinha diferente de um acorde quebrado. O local era fedido e pútrido mas tinha sua beleza arquitetônica, demonstrando que Pejite era uma cidade de fato bem desenvolvida.

Após algum tempo caminhando, ambos chegaram num local meio grande, e parece que tinha uma parte do esgoto que era completamente diferente, como se tivesse sido construída por arquitetos diferentes e... muito menos treinados. A "parte" consistia de uma entradinha numa parede, a entrada parecia ser um corredor fino que fazia algumas bifurcações. Ao chegar numa das bifurcações, Lautrec pediu que Vaia ficasse mais silenciosa, e disse baixinho:

- Esse é o lugar, é só seguir esse corredor que você vai dar numa sala, a sala tem uma porta que vai pro porão da tia do Seji, ele pode estar em qualquer lugar depois daqui - Então fez menção de entregar a camisa com os peixes pra Vaia - Quer ter a honra?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Ter 8 Dez 2015 - 18:53


- Relaxa meu querido. Vou distrair o moleque com o que eu sei fazer. Acho que ele vai adorar um belo par de peitos semi nus na frente dele. - ao dizer isso, Vaia afrouxou suas roupas, aumentando consideravelmente seu decote - Vou primeiro e invento uma história qualquer pra ele... como uma sereia, vou atrair ele pra emboscada. Quando ele tiver babando e distraído você entra e gruda o peixe nele. O que acha? Duvido um ser tão jovem se controlar com essa tentação toda.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Seg 14 Dez 2015 - 2:46

Vaia adentrou uma sala que tinha paredes de madeira e alguns barris e caixas, a sala tinha uma porta pra dentro de o que parecia ser uma estrutura maior, talvez fosse o porão da tia do criminoso, talvez Seji estivesse lá dentro.

Após Vaia sinalizar que aquela sala estava limpa, Lautrec adentrou também. Agora faltava Vaia decidir como procederia pra abrir aquela porta, ela estava trancada e parecia ser uma tranca simples.

Off:
Desculpa por tanta demora por um post tão pequeno, serei mais frequente agora.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 14 Dez 2015 - 15:20


Vaia então traçou seu plano. Sussurrou para Lautrec:

- Rápido, se enfia atrás de alguma coisa. Vou bater na porta pedindo por ajuda e dizer que me perdi nos esgotos. Assim que eu entrar, coloco minha parte em ação. Vou seduzir o ratinho e vou te dar um sinal quando for a hora de você entrar com o peixe. Preste atenção na conversa... e quando me ouvir dizer "Você conhece o peixe que come cocô?"... entra com tudo!

A garota então olhou para a porta e respirou fundo. Então agiu. Bateu quatro vezes na porta com média força, e falou rente a ela:

- Socorro! Tem alguém aí? Preciso de ajuda!

Bateu mais quatro vezes e então, após mais um pedido de socorro, aguardou.


Spoiler:
Off: tudo em paz  Very Happy
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Seg 14 Dez 2015 - 17:40

Lautrec se removeu do local parcialmente e ficou atrás de algumas caixas.

Ao que Vaia bateu mais quatro vezes na porta, ela pôde ouvir alguém andando de forma que parecia cambalear do outro lado, dai um barulho de um molho de chaves e a abertura da fechadura. O homem que abriu a porta tinha cabelos longos e um corpo meio franzino, e parecia ter acabado de acordar e estar meio grogue. Ver a garota a sua frente e sua beleza pareceu animá-lo um pouco, apesar de seu estado, então ele disse:

- O que posso fazer pela donzela?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 14 Dez 2015 - 21:16

*Só pode ser o desgraçado!! Achei!!* Pensou a garota. Avantajada por sua boa aparência e inocência, Vaia então começou a tecer sua teia:


- Entrei nos esgotos pra fugir de um ladrãozinho que queria abusar de mim... Mas então depois não consegui mais sair. Esse lugar parece um labirinto! - enquanto falava, certificava-se de que o ouvinte tinha uma boa visão de seus lábios carnudos e também de seu decote, gritante naquele momento - Já se passaram umas duas horas... Mas parece que finalmente achei uma possível saída! Poderia me ajudar, moço? Quero voltar pra casa, e posso te agradecer de uma maneira bem razoável. - e para arrematar a última frase, um sorrisinho bem carismático.


Sua potente sedução, acreditou a garota, a deixava cada vez mais perto do que queria naquele momento.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Seg 14 Dez 2015 - 22:16

O homem ficou caidinho pela menina, ele estava suspeito no começo mas agora estava mais do que convencido da inocência da garota e hipnotizado por sua beleza.

- Mas é claro que posso ajudar! Venha, entre, sente-se em algum lugar, me conte mais sobre o que aconteceu com você.

Então ele se retirou do caminho para que Vaia pudesse entrar, dando uma olhada discreta no seu decote de vez em quando.

Lautrec começou a se posicionar aos poucos, encostado na parede onde a porta estava para não ser visto e se aproximando com os peixes, sem que um único passo seu fosse ouvido (o que não foi tão difícil, considerando a chuva lá fora).

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Ter 15 Dez 2015 - 20:45

Vaia, ao receber o convite para entrar, teve um súbito estalo: se ela entrasse e Seji fechasse a porta em seguida, Lautrec então ficaria fechado para fora da sala.

Resolveu envolvê-lo um pouco mais antes de entrar por completo, para que isso não acontecesse. Parou a meio caminho, obstruindo a porta, e falou:

- Eu me chamo Linda. E você, quem é, meu salvador? - ao dizer isso, a garota chegou desconcertantemente perto do rapaz. Ela só esperava que esse movimento não o fizesse ter um enfarto e morrer, caso contrário perderia um terço da sua recompensa.

Bastava ludibriar o seu alvo o suficiente para lançar o sinal para Lautrec. E ela saboreava cada momento.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Ter 5 Jan 2016 - 8:00

Seji parecia visivelmente constrangido pelo que acabara de ocorrer, mas teve certeza de se aproveitar da situação também. Colocou um de seus braços na cintura da garota e fez menção de levá-la para dentro enquanto dizia:

- ------- -

Ou pelo menos tentava dizer, porque assim que ele foi dizer foi possível ouvir o barulho de algo mole e pegajoso batendo contra seu pescoço e caindo no chão, então Seji começou a tombar lentamente enquanto babava e tentava mudar sua expressão facial. O som de seu corpo batendo contra o chão foi abafado mas audível, e um pouco engraçado levando em conta a situação.

- HAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA, VOCÊ VIU ISSO? - Disse Lautrec, se acabando de rir - ELE SÓ CAIU QUE NEM UM SACO DE BOSTA! HAHAHAHAHAHAHAHA! ACHEI QUE IA SER MAIS DIFÍCIL PEGAR ESSE CARA HAHAHAHA

Off:
Mil perdões pela minha ausência Vaia, eu não avisei nada nem dei prazo de retorno, me desculpe mesmo. Eu fiz um post mais detalhado quanto a isso e vou deixar o link dele aqui.
http://zephyr.forumeiros.com/t3107-minha-ausencia-de-novo#54376

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 11 Jan 2016 - 17:08

Vaia levou um pequeno susto com o ocorrido e fez cara de brava:

- Você não esperou eu dar o sinal seu cavalo! - mas logo em seguida não suportou mais e deu risada - HAHAHAHAHA VI SIM! CAIU IGUAL A BOSTA QUE EU DERRUBEI NO LAGO HAHAHAHA

Assim que o riso morreu, os bons amigos então começaram a tramar o transporte do azarado de volta ao beco que visitaram mais cedo.

Spoiler:
Tá tudo certo Diff!! Very Happy Fim do ano é pra descansar msm!
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Qua 13 Jan 2016 - 8:11

- Me desulpe eu - Lautrec fazia de tudo pra parar de dar risada e falar - A oportunidade foi muito boa eu não resisti HAHAHA E caiu na risada de novo.

Após um tempo, eles olharam pro corpo, cujos olhos ficavam virando olhando pra eles e fazia alguns grunhidos. Lautrec então começou a pensar numa forma de levar ele.

- Eu realmente não vejo o porquê de não levar ele arrastado pelas pernas, a paralisia simplesmente impede que o cérebro avise o resto do corpo que ele tem que se mexer, então ele é bem.. móvel. Vai doer um pouco nele mas eu não ligo muito não, tu liga? - Então ele virou para Vaia, esperando sua resposta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sex 15 Jan 2016 - 16:36

Vaia olhou pro delinquente, ali jogado no chão, e depois olhou para Lautrec. Concluiu:

- Perto do que deve acontecer com ele depois que o entregarmos... ralar as costas no pavimento não fará diferença. - a garota então aproveitou a pausa em sua fala para dar uma bicuda na bunda do ladrãozinho que se tremia todo - O caminho é todo seu amigão! Afinal de contas só você conhece esse labirinto mesmo... E sinto lhe dizer que o fardo também é seu. Donzelas não carregam peso, você sabe. - soltou uma risadinha

Vaia pensou então que seria inteligente subtrair do cativo tudo o que ele pudesse ter de valor antes de entregá-lo. Revistou a ele e convidou Lautrec a revistar também a sala em que o juvenil jazia escondido das mãos do super fora-da-lei que queria sua cabeça.


No processo, acendeu um cigarro. Pigarreou bem fundo em cuspiu em um canto. Ficou se perguntando que tipo valiosidades poderia encontrar com Seji ou em seu aposento. Saberia nos próximos segundos.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum