Estalagem Coelho Branco

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Saphira Odin em Sab 12 Set 2015 - 20:38


____________________________________________________________________________
(Estalagem)

Uma casa de dois andares, muito grande e imponente, com uma tabuleta contendo o desenho de um coelho branco, sem contar que a mesma mostra um belo relógio no centro de sua estrutura atraindo mais visitantes ao lugar, sem contar que ela esta situada em um dos melhores lugares da cidade um dos mais seguros por assim dizer, já que a guarda mantem a segurança das ruas daquela parte da cidade. Bem iluminada, esta estalagem é o melhor lugar para se fazer uma refeição, tomar uma bebida e descansar da viagem exaustiva.

-Hospedagem :4 PO a noite por pessoa.
-Refeições: Preço a combinar, mas varia de 10 a 15 PO's, recuperando 1d6 de HP+ (o preço da refeição em bônus)
 Cerveja
DescriçãoSuprimento de mais ou menos 1L de cerveja em uma bela garrafa.Recupera 3 SP por garrafa,mas em compensação...
Preço4 POs
-

 CHATEAU DE VELLIÉ DU VENTÊ

DescriçãoSuprimento de mais ou menos 500ML de vinho em uma bela garrafa. Recupera 1d6+6 SP por garrafa,mas em compensação...(Ao menos você pode impressionar alguém.)
Preço15 POs
 -

 VINHO CANTINA DA SERRA

DescriçãoSuprimento de mais ou menos 1L de vinho em uma bela garrafa.Recupera 1d6 SP por garrafa,mas em compensação...(já vou avisando,é marca vagabunda...)
Preço6 PO
 -

OFF: Editado  (Kalysta)
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por juliamoreira2004 em Dom 18 Out 2015 - 23:28

- Obrigada senhor! - responde Júlia animada.

Júlia olha o senhor e espera ele direcionar os dois para o quarto na estalagem.

"Enfim, em Pejite, eu não vejo a hora de falar com a rainha! Preciso realmente falar com ela, e tenho certeza que ela irá aceitar o que eu tenho a dizer a ela, e se eu não aceitar eu a mato com o maior prazer!"

Júlia segue o direcionamento do senhor até o quarto e se joga na cama para dormir.

"Nada melhor do que uma boa noite de sono!"

- Boa noite!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Matheus Lacorte em Seg 19 Out 2015 - 8:52

Foi uma viagem de certa forma tranquila, a carroça até trepidava um pouco, mas nada que não dava para se acostumar. 

Olhava para a rua durante quase toda a viagem, afinal todas a viagens eram um tédio. Particularmente preferia fazer as coisas apé, mas era oque tinha que ser feito e não ia deixar de ajudar Julia.

Pós algum tempo viajando, finalmente chegamos a cidade, esta que ouvia falar em grupos enquanto ia  a cidade comprar alimentos. Ao descer da carruajem observo a movimentação, com os olhos observei o máximo que pude até entrar na porta do estabelecimento.

Lá dentro não se diferenciava do restante das hospedagens, e logo chegamos ao quarto, claro julia conseguia ser mais enérgica do que eu.

-Boa noite.-

Abri um pouco a cortina da janela, para averiguar um caminho a ser feito, caso tenhamos que fugir rapidamente.

Sentei em uma cadeira que tinha ali, e fiquei obervando Julia. Qual a cor dos olhos dela? Qual a cor do seu cabelo?

Joguei a cabeça para traz e queria por um instante saber as cores das coisas.
avatar
Matheus Lacorte
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Convidado em Ter 20 Out 2015 - 0:37

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Quando Matheus olha pela janela de seu quarto o rapaz pode observar as ruas vazias da cidade adormecida, onde surge em meio da escuridão uma misteriosa que trajava um longo manto negro que lhe cobria por completo não permitindo ver seu rosto, tão logo ele adentra na hospedaria. Logo o rapaz se senta na cadeira de onde podia observar Julia a dormir profundamente, mas logo o rapaz cai no sono. No dia seguinte ao acordar ele se depara coma mesma pessoa que vira a entra no estabelecimento que parecia ter adentrado no quarto enquanto estavam adormecidos. Era uma garota de cabelos dourados que aparentava ser muito jovem, tinha uns dezoito anos, suas vestes não permitia ver as veste que o manto negro ocultava: - Desculpe por incomoda-los, eu fui enviada para guiá-los pela cidade, eu sou Galateia serei a guia de vocês.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por juliamoreira2004 em Ter 20 Out 2015 - 11:24

Júlia olha para a garota e dá um breve sorriso! 


- Então, eu sou Júlia, e, este, é... 

"Melhor falar que é irmão, pois falar que é amigo podem pensar bobagens! E ainda chamarem ele de pedófilo!"

- Meu irmão! - Júlia sorri.

Júlia chega perto de Lacorte e o abraça forte, olha nos olhos de Lacorte e sorri!

- Então, vamos?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Matheus Lacorte em Qua 21 Out 2015 - 7:29

Literalmente atirado na cadeira, acabo sendo acordado pela dor que consumia meu pescoço e ao levantar a cabeça e olhar aquela figura de certa forma misteriosa em minha frente acabo por cair da cadeira pelo susto.

De pernas para o ar, fico no chão até rolar e conseguir me levantar, o coração dispara e demoro um pouco para retomar a pose e observar a recém chegada.

-Espera um pouco! Não vamos a lugar algum com você!

Julia precisava se acalmar, ela confia demais nas pessoas.

-Não precisamos de guia! E onde estão seus modos?! Como entra sem bater na porta!?

Tiro Julia e a coloco atras de mim, não podia deixar nada acontecer com minha amiguinha.
avatar
Matheus Lacorte
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Convidado em Qua 21 Out 2015 - 18:49

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

A jovem Galateiada uma breve risada se aproximando de Matheus retirando o capuz que se encontrava sobre sua cabeça revelando um rosto belíssimo que deixa o rapaz sem folego: - Então você e o irmão mais velho dela não e? Tu deves ser um bom irmão para ela para quer protege-la a qualquer custo sua querida irmãzinha. Então fique despreocupado, pois não sou nenhuma ladra, pelo contrario sou Galateiada Stix, eu sou filha de Arquibaldo Stix. – Então a jovem garota se agacha para ficar na altura de Julia para ficarem olho no olho. – E um prazer conhece-la você e teu simpático irmão mais velho que tanto a ama, sempre fica a teu lado.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por juliamoreira2004 em Qui 22 Out 2015 - 0:55

- Se ela quisesse nos matar, ela já teria feito isso! Entrou aqui no nosso quarto enquanto estávamos dormindo e não o fez isso! Vamos dar um voto de confiança a ela?

Júlia olha a garota nos olhos profundamente e sorri.

- Afinal, nenhuma pessoa teria audácia de me trair, sabendo que eu puno traição com a morte. Muita gente tem medo de morrer, mas eu não.

Júlia dá um sorriso sombrio para a garota.

- Então, como disse, eu não temo a morte, mas e você, teme a morte?


"Para  o bem dela, que ela realmente seja filha de Arquibaldo e que não queria realmente fazer nada conosco porque senão não me responsabilizo pelos meus atos!"


- Falando no Arquibaldo, por onde ele anda?



Júlia falava palavras muito sombrias para apenas uma criança de cinco anos, o que provavelmente deixaria aquela garota assustada, mas o quanto?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Matheus Lacorte em Seg 26 Out 2015 - 7:38

Ao retirar o capuz, pude ver os formatos belos dos traços delicados da jovem, ela realmente era bela e tamanho era a beleza que mal pude contar os calafrios e corriam solto por todo o meu corpo.

Essa sensação de prazer e excitação, por assim dizer, fora quebrado pelas palavras de Julia que foram tão tenebrosa que me fez dar alguns passos para longe dela.

-Você é estranha!-

Falou com um pouco de ressábia.
avatar
Matheus Lacorte
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Convidado em Ter 27 Out 2015 - 1:41

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

A jovem garota se assusta com as palavras proferidas por Julia encarando aquela criança que aparentava ser tão inocente com uma expressão de assombro em sua face por ela dizer tais palavras esboçando para Galateiada um sorriso sombrio. O rapaz ove aquela frase de Julia com o mesmo espanto que a bela filha de Arquibaldo, quando finalmente a belíssima jovem responde a pergunta feita pela companheira de Matheus com certo receio pelas pelo que foi dito pela mesma: - Meu pai esta conversando com alguns nobres resolvendo problemas diplomáticos, mas são coisas que eu não compreendo muito. – Diz Galateiada ainda se recuperando dos dizeres da mercenária, recolocando seu capuz sobre sua cabeça, se afastando um pouco dos dois.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por juliamoreira2004 em Ter 27 Out 2015 - 10:58

Júlia olha e percebe que foi muito dura com a garota, mas não se arrepende disso e por algum motivo confia na garota e volta a dar um sorriso alegre e vai pulando como uma criança até a garota e dá o braço para ela.

- Irmão, ela é linda né? Bem que vocês podiam namorar! Ia ser tão legal ver meu irmão com uma namorada.

Júlia olha para a garota e sorri novamente, solta o braço da garota, puxa o irmão e faz ele dar o braço para ela. Depois Júlia dá o braço para a garota do lado em que ela está livre.

- Pronta para nos guiar garota simpática? E irmão, estranho é você! - Júlia mostra a língua e depois começa a rir achando graça em mostrar a língua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Matheus Lacorte em Qua 28 Out 2015 - 7:29

Simplesmente fecho os punho direito e o senho, estava com as bochechas coradas com o que Julia insinuava, realmente estava com muita vergonha.

Colei no braço da jovem e evitava oa máximo olhar para ela, estava completamente sem jeito e dei um sorriso forçado com a brincadeira de mostrar a língua.

-Não de bola, ela adora me arranjar namoradas!-

Com uma mão atrás da nuca, solto uma gargalhada evitando constrangimentos maiores.
avatar
Matheus Lacorte
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Convidado em Qui 29 Out 2015 - 0:12

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte
 
A  jovem da uma risada descontraída diante a reação do rapaz, colocando sua mão a frente a sua boca, parecia que as palavras de Matheus deixou  Galateiada mais relaxada: - melhor irmos para recepção da hospedaria para fazer o check out para que vocês poderem conhecer nossa bela cidade, mostrarei no caminho para o castelo um pouco de nossa cultura para isso caminha a pé pela ruas de Pejite e assim poderão ter uma melhor experiência em nosso pequeno tour. - Diz a jovem enquanto abria a porta do quarto ficando ao lado da mesma, a espera dos supostos irmãos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por juliamoreira2004 em Qui 29 Out 2015 - 1:16

- Castelo! Dizem que castelo tem passagens secretas! Será que isso é verdade?

"Estou doida para conhecer a rainha de Pejite!"

- Gala, eu gosto de você!

Júlia sorri e mostra estar sendo sincera, na verdade estava mesmo! Por algum motivo, ela estava realmente gostando daquela garota!


- Então, vamos! - diz Júlia super animada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Matheus Lacorte em Dom 1 Nov 2015 - 20:14

-Olá, viemos fazer check out, minha amiga aqui vai nos levar para um passeio perante as trincheiras da cidade, onde vamos desvendar vários mistérios misteriosos da cidade e quem sabe até enfrentar inimigos jamais conhecidos pelos habitantes da região! Vamos levar os mal feitores para a rainha!-

Sem me dar conta estava fazendo uma enorme encenação na frente das menina. Minhas bochechas ficam vermelhas instantaneamente ao ver que elas estavam me olhando.

-Por favor, o check out!-
avatar
Matheus Lacorte
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Convidado em Seg 2 Nov 2015 - 0:35

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Após fazer a atendente o check out, Galateia acompanha os dois até o lado de fora  da hospedaria de onde inicial um breve passeio pela cidade onde conhecem alguns locais culturalmente relevante para a historia da formação de Pejite onde foram erguidos monumentos que celebram os antigos reis e rainhas que governaram o reino no passado contando a historia de sua formação. Então depois de percorrer das ruas movimentadas a praça principal eles finalmente chegam ao castelo onde havia uma muralha que delimitava uma área em torno da grandiosa construção onde se encontravam em seus portões dois guardas que logo ao os ver se aproximando: - Estas pessoas tem uma audiência marcada com a rainha, nos deixe passar imediatamente. - Diz a bela filha do senhor Stix com confiança, então logo após consultar seus superiores os soldados acabam deixando Matheus e jovem mercenária juntamente com sua guia passarem de onde se dirigem diretamente ao castelo.

off:
Seu próximo post sera no seguinte link: http://zephyr.forumeiros.com/t2833-palacio-real

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Sex 6 Nov 2015 - 23:17

Hábitos às vezes se instalam em nosso dia a dia sem que percebamos. Lá estava Vaia novamente, no terraço da estalagem, observando as luzes da cidade noturna. Era umas das coisas que mais gostava de admirar: o emaranhado de luzes que sobem umas por cima das outras, tentando aparecer, mostrando que mesmo à noite Pejite não perdia sua energia.

Uma suave brisa batia, agitando seus cabelos negros. Ao seu lado, o grande relógio fazia companhia, como um companheiro sonolento. Logo abaixo de seus pés, a estalagem fervilhava ao som de um violino, acompanhado por diversas vozes masculinas, entoando alguma música de taverna que servia de pretexto pra dar com as canecas na mesa.

O cheiro do porco tostando ganhava caminho às suas narinas como se tivesse vontade própria, e então Vaia sentiu fome. Por reação em cadeia, lembrou-se também que sua caixinha de cigarros havia se acabado a cerca de uma hora atrás. Então, de escárnio, lançou uma cusparada encorpada pro lado, que foi encontrar seu destino la embaixo, na rua, fazendo um barulho de estalo ao encontrar o chão.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Funnymouth em Sab 7 Nov 2015 - 11:35

NARRADOR


Pejite era uma cidade estranhamente segura para confortar uma Ladina. Mas, talvez pela sensação de ordem sentida pelo povo, era também um lugar repleto de oportunidades. Mas isso dependia, exatamente, de que tipo de atividade essa buscava. Assistia nobres deixarem suas casas, e já se animava com a quantidade de possíveis bens que poderia encontrar em cada uma delas. Passava perto dos Estábulos e se lembrava do grande valor de cada peco naquela cidade. Lojas, restaurantes e bordéis ainda estavam abertos - se Vaia quisesse tabaco, comida ou entretenimento, ou tivesse alguma ideia mais elaborada. Praças também estavam cheias de gente, e, consequentemente, oportunidades.  


Hue. Falta só escolher como, certinho, que sua aventura começa.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Dom 8 Nov 2015 - 14:18

Vaia então desceu à sua maneira até a rua abaixo. Parou de fronte à porta da estalagem, e para dentro olhou, em busca de algum bêbado metido a macho que estivesse com o bolso recheado. Adentrou. A música era animada, a cerveja era gelada, e a noite uma criança.

O local estava de fato repleto, então a garota logo se apossou de um lugar ao balcão. Sentou e rodou o banco, virando-se de forma a encarar o salão, apoiando os cotovelos. Aguardou uma olhadela de qualquer um dos homens nojentos que ali se divertiam. Todos vítimas fáceis de qualquer golpe de sedução.

"Agora é só esperar algum tolinho morder a isca", pensou Vaia, fazendo cara de paisagem enquanto procurava.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Seg 9 Nov 2015 - 1:11

O bar cheirava a uma mistura de suor com cerveja, um cheiro abafado, o ar estava entoando uma sinfonia de barulhos estridentes de vidro colidindo contra vidro que eram acompanhados pelos mais graves de vidro contra madeira, porém o tema da melodia vinha das vozes que se misturavam em murmúrios incompreensíveis ao ouvido e devotos de qualquer harmonia, aqueles que compunham tal peça eram homens grandes e pequenos, gordos e magros, novos e velhos, experientes no velho batuque de taças e copos cheios de bebidas alcoólicas e inexperientes, alguns já começavam a perder a razão para a influência daqueles líquidos, e outros pareciam estar apenas começando a começar.

Vaia era a isca certa no lugar certo na hora certa, cabeças se viravam mecanicamente ao observar a passagem daquela garota, seu corpo atraíra muitos daqueles homens que ali se encontravam, mais de um deles já comprometido conjugalmente

- Fala gostosura, posso lhe pagar uma bebida?

O bafo do homem que a aproximara deixava claro que estava naquele bar a algumas horas, não parecia um homem pobre porém aquele não era o lugar para um homem rico, era um homem relativamente atraente, com um corpo bem definido porém não musculoso, e com vestes que, apesar de estarem sujas de alguma bebida alcoólica, eram de muito bom gosto.

Off::
O funny confundiu achando que você não tinha um GM ainda, porém era pra mim ser seu GM desde o começo, por isso tomarei você sobre minha tutela a partir daqui.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 9 Nov 2015 - 7:57


Vaia calculou que o homem seria realmente fácil de enganar e provavelmente nao causaria problemas, visto que a embriaguez já o fizera até mesmo se sujar de bebida.

Mas, antes de agir, queria saber que tipo de pessoa ele era. A garota não gostava de subtrair bens de pessoas trabalhadoras e fiéis, então precisava de uma prova de que o bebum era trapaceiro ou arrogante para executar seu plano. Vaia só enganava quem ela julgava merecedor de ser enganado. Apesar de tudo tinha um coração bom.

- Se você se apresentasse eu poderia pensar no seu caso, bonitão. Alguém derrubou bebida em você? - Disse a garota, na intenção de descontrair a conversa e fazê-la fluir.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Seg 9 Nov 2015 - 11:48

O bêbado simplesmente interpretou aquilo como um semi-sim e foi pedir a bebida, acho que seria mais fácil conquistá-la se tomasse a frente mais rápido, então chamou a Barman.

- DAAARIA! MAIS UMA BREJA! - Gritou o homem que estava a sua frente.

Uma mulher se aproximou do outro lado do balcão, ela era atraente porém tinha uma personalidade forte de quem já havia aturado muita gente naquele bar, então ela disse:

- Você já bebeu muito por hoje, Lautrec.

- Eu sei meus limites Daria, não é para mim, é para a linda senhorita ao meu lado, oh não! Eu a chamei de senhorita mas ainda não sei se é casada ou não! Aliás, eu nem me apresentei!

A Barman revirou os olhos e saiu para pegar um copo para o homem enquanto ele falava.

- Eu sou Lautrec, e creio eu que o senhor que derrubou bebida sobre mim fui eu mesmo, sou um grande desastrado - E soltou uma risada meio forçada - E eu... espere, onde estão meus modos? Quem seria você, linda senhorita? Aliás, posso te chamar de senhorita né? Não é casada né? Se for casada apenas diga que sumirei com uma única palavra. - Disse, gesticulando de forma meio desastrada durante todo o tempo em que falava.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Seg 9 Nov 2015 - 21:17

A garota achou graça enquanto o tremendo atrapalhado falava. Sentiu seus planos minguarem, pois o rapaz não tinha pinta de pessoa ruim, e passa-lo pra trás ia contra os princípios de Vaia. O que ele claramente queria, depois de demonstrar tanto nervosismo perguntando sobre seu estado civil, era conversar, e provavelmente algo mais. Fora atraído como um imã, mas também não queria confusão.
 
Mesmo assim ela deu continuidade à conversa, querendo descobrir qualquer oportunidade que pudesse ainda se esconder naquele episódio. Esforçou-se para deixa-lo sem jeito:
 
- Ora ora, você é Lautrec então... Achei que nunca ia dizer seu nome! Eu sou Lianna. – por ora a dançarina decidiu usar um nome falso - Muito prazer e obrigado pela cerveja... E... Ah! Me lembrei! Não sou casada... – Disse isso olhando para o homem de maneira a desconforta-lo ao máximo, pra tentar comprovar se aquela abordagem fora só um surto de coragem alcoólica dele.
 

Vaia sabia que apesar de o bebum não parecer um alvo em potencial, poderia vir a ser útil caso soltasse alguma informação valiosa ou a colocasse em alguma situação vantajosa, já que estava visivelmente derretido igual manteiga por ela. Mas a impressão real, e até palpável, era de que ele era um cara bacana e agradável.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Não é o Diff em Ter 10 Nov 2015 - 0:25

- Mas o que uma garota tão linda e atraente como você faz num lugar tão... - E então ele cobriu a boca para soltar um arroto, para não ser desrespeitoso - Indigno? Se procura um marido, aqui é um péssimo lugar, mas se procura diversão, eu sou ótimo na cama - E soltou uma risada que acabou numa tosse. - E além de tudo sou um ótimo ouvinte, posso fazer quase qualquer coisa que você quiser e tudo que eu peço em troca é sua companhia.. - Ele pareceu um pouco triste ao fim dessa frase.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Vaia em Ter 10 Nov 2015 - 14:08

Vaia já tinha ouvido o suficiente pra entender do que se tratava. Ninguém aborda uma mulher daquele jeito, dizendo aquelas coisas. Se ele quisesse causar problemas ou abusar dela, não teria feito esse discurso gago, mas sim colocado logo a mão nela. A menina sabia que rir era bom, mas rir como aquele rapaz ria, com certeza era desespero. Algo acontecera a ele, e ele precisava de alguém, sabe-se lá para quê.
Resolveu então descobrir de uma vez por todas, e mudou seu comportamento da água para o vinho. Agarrou o fanfarrão pela camisa e puxou pra perto, a fim de falar baixo para que só ele ouvisse:

- Compra uns cigarros e me encontra lá fora. Já. – E saiu em direção à porta.
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estalagem Coelho Branco

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum