Ruas e Becos

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Draken Sherard em Qua 11 Nov 2015 - 22:37

Ouvia atentamente o que Beatriz dizia sobre a mecanismo secreto, obviamente estava escondido em algum lugar. Mesmo sabendo que não teria tanta habilidade em investigação, iria ajudar na procura, tomando certo cuidado para não alavancar nenhuma armadilha oculta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 12 Nov 2015 - 11:23

brunotenan, Funnymouth e Draken Sherard

Então os ladinos buscam nas paredes da catacumba por algum mecanismo que abriria a porta de pedra sob os atentos olhos de marca da espiritualidade que apenas observava enquanto procuravam. Quando  Kiffe se acaba por encontra o culto na parede um botão disfarçado entre as pedras que a formavam, o mecanismo tinha aparência de um bloco mas se desta cava um poucos das demais, no lado oposto da sala Draken encontrara também um mecanismo similar mas diferente do que o demônio encontrara estava em evidencia, possuía um formato circular se encontrava muito enferrujado recoberto teias de aranhas, não havia como saber quais dos dois poderia abrir aporta de pedra ou possivelmente ativar armadilha.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qui 12 Nov 2015 - 14:08

- Posso não saber desarmar armadilha, mas sou muito inteligente e isso irá nos salvar de apertar a armadilha errada.

@Drinaar sorri ao ver que eles encontraram os botões e os olha e verifica que um está com teia de aranha.

- Meus amigos desceram e com certeza tiveram que apertar um botão, e, consequentemente quando os botões estão com teia é porque ninguém mexeu. O que significa que aquele botão que está com a teia é a armadilha. Pois mesmo que tivesse com teia e meus amigos tivessem apertado, a teia de aranha sairia! Portanto eu tenho certeza que é o botão limpo! Porque é o botão que é mais apertado! Portanto este é o botão que não é a armadilha!

@Drinaar sorri novamente
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Qui 12 Nov 2015 - 18:36

Ao encontrar o botão, Kiffe rapidamente se virou para perguntar para o Draconato se saberia alguma coisa, mas foi rapidamente tomado por suas inesperadas palavras sábias. Kiffe concordou com o draconato e nem precisou esperar nada mais, simplesmente apertou o botão.





... kkkkk sou doido
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Draken Sherard em Sex 13 Nov 2015 - 22:35

Ainda observando as paredes do lugarejo, me deparo com um botão. Ele aparentava velho, como se não fosse ativado por muitos anos.

- Hmm...  - Permanecia em dúvida com tal situação. Sabendo que nunca encontraria uma resposta óbvia, a única solução que poderia fazer naquele momento era consultar Kiff e o Draconato.

Mas para a minha surpresa, quando iria perguntar sobre o botão que tinha encontrado, o ladino tinha apertado o mecanismo semelhante com o que tinha encontrado.

- Você é Louco?!  Quer matar todos nós!   - Dizia emburrecido, esperando o pior acontecer naquele momento.
Vamos esperar pelo pior.....

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sab 14 Nov 2015 - 20:26

brunotenan, Funnymouth e Draken Sherard

Quando  Kiffe aperta o botão de oculto se ouve o som de engrenagens se movimentar lentamente enquanto a porta de pedra lentamente  se abria diante dos olhos do grupo de aventureiros. Quando finamente aberto revelou um longo corredor mal iluminado por tochas que se encontravam na parede que tremulavam pelo deslocamento de ar vindo de algum lugar nas profundezas daquela escuridão.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Dom 15 Nov 2015 - 1:03

Kiffe se levanta, e responde o seu amigo. - Louco, definitivamente. Mas também, você ouviu o que o draconato disse? Prefiro arriscar cair em uma armadilha do que ficar largado aqui no escuro com um homem invisível por sabe lá quantas horas. - Pausou, suspirou, e olhou o corredor com seus olhos de demônio, que brilhavam vermelho, perante a infravisão. - Eu vou na frente. - Sacou sua adaga mais uma vez, a moveu de alguma maneiras rápidas se achando descolado, e mais uma vez assumiu a liderança adentrando o corredor, atento a armadilhas.





... kkkkk sou doido mesmo, admito.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por znunes em Dom 15 Nov 2015 - 14:52


... acompanhe primeiro ... caçador ... ovos ...

 
Maximus cogitou rir, mas lembrava que estava próximo da casa e poderia chamar atenção caso risse, mas sinceramente caçador de ovos é realmente algo muito engraçado. Maximus respira para não rir e não perder a continuidade da conversa, pois perdeu o foco da conversa e perdeu algumas palavras.
 
 A voz mudou, outra pessoa falava.
 

 -  .... comandantes dos quartéis ... assassinar ... evitamos uma guerra ... – A
 
UMA GUERRA ESTÁ PRESTES A COMEÇAR???
 
“Assassinar os comandantes dos quartéis para evitar uma guerra? O que tem haver assassinar um comandante com evitar uma guerra? Isso é realmente confuso e eu não estou entendendo mais nada. O que eu devo fazer? Deixariam eu entrar, ou não? Preciso saber quem é a pessoa errada nessa história. Não é por quê um ser é um comandante que ele seja a pessoa certa. Se um comandante assassina várias pessoas para poder ser um ditador ele está errado! E ditadores matam seres inocentes, e, merecem ser punidos. Mas a verdade é que eu não sei a verdade e devo verificar sobre isso tudo e o único jeito é atuar como agente duplo. Isso, trabalharei dando informações para um e para o outro e irei analisar o que é justo a fazer. Minha Deusa Atena, disse que eu deveria trazer a paz através das guerras, e esses rapazes querem evitar a guerra que está prestes a acontecer. A paz através das guerras, mas parece que não é para o exército que eu devo ir! Na verdade devo apenas para verificar se o comandante de lá realmente quer causar uma guerra, e se for necessário farei uma guerra de um homem só. Eu mesmo contra todos. Apenas pelo bem maior!”
 
Maximus bate na porta onde os dois Drows entraram, e espera abrirem a porta!
 
“Vou aproveitar as informações que eu tive! E tomara que minha dedução esteja certa!”
 
- Olá! Disseram que querem um serviço contra um poderoso do exército? – diz sussurrando para que somente o rapaz na porta escutasse. – Disseram que é aqui certo? Então, eu estou precisando de dinheiro e estou apto a ajudar. Tudo para evitar uma possível guerra, não é mesmo? E por sinal eu tenho um plano infalível!
 

Maximus sorri e se o rapaz não o deixasse entrar, irá entrar a força, pois agora estava motivado a entrar no negócio, pois Atena disse a ele que ele traria a paz na guerra. Mas se Maximus evitasse a guerra poderia voltar para casa mais cedo, e isso era tudo o que Maximus queria! Voltar para casa.

znunes
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Jack, The Reaper em Seg 16 Nov 2015 - 18:53

Infelizmente o momento estava um tanto quanto impossibilitado de fazer compras ali, mas podia reparar que haviam coisas em interessantes para seu ramo, logo precisaria fazer dinheiro rápido, comprar equipamentos e fazer ainda mais dinheiro.
Quando adentrou na sala, era impossível não reparar no gosto peculiar e ao falar sobre ovos, tinha certeza absoluta: aquele Drow tinha problemas. Bom, seja como fosse, estava oferecendo dois trabalhos que valeriam muito a pena e por sorte estavam na lista de hobbies dele.


Recusou o vinho com um aceno discreto com a mão, evitava alcool pois entorpecia os sentidos e ele preferia ficar sempre atento. Respondeu com voz relativamente baixa e calma, grave e abafada devido a mascara, usando um tom bem ironico.


- Quase não reparei nesse gosto peculiar pelos escamosos... hehe Acredito eu que certas pessoas no mundo atrapalham de mais as coisas como são, que precisam ser "convidadas a se retirar" de nossa sociedade, não concorda? Por sorte encontraste um excelente removedor de pessoas indesejadas hehehe Não sei direito sobre como vocês fazem aqui em Pejite, mas gostaria de pegar adiantado um equipamento simples para a missão, descontando de meu pagamento. Sabe como é, sou tão talentoso que abro fechaduras com as mãos vazias hehehe

[off: postei errado pq o aviso parecia sua assinatura, nao reparei, desculpe]
avatar
Jack, The Reaper
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Seg 16 Nov 2015 - 23:19

NARRADOR


O Youkai levanta da ceira, agradado. Estende sua mão pra sinaliza o feitio de um contrato. - Prazer, sou chetaki, e seu chefe pelos próximos dias. - Disse, e então sorriu com sua cara feia. - Assim que nosso plano for decidido certinho, terá seus equipamentos. Me diga, sabe usar uma besta? - Respondeu o garoto, mas logo todos foram interrompidos pelo minotauro brilhante cujos pelos lembravam o arco-íris. Rob deu uma risada. Chetaki, sendo cego, não sabia quem entrou e preparou-se pro combate, mas logo se acalmou ouvindo as risadas do Drow. O minotauro tinha oferecido sua ajuda diretamente ao porteiro do local, mas, ao ser enfrentado com uma espera, entrou forçadamente na sala de onde ouviu boatos sobre uma guerra.
- Ótimo! - Disse Chetaki, seguido de uma risada. - Mais um. Rob, boa sorte com sua caça. Levarei os dois novatos para passear pelo centro e explicarei a idéia pra eles, e discutirei o plano. - disse, logo antes de abrir a porta para os dois.


adiante.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por znunes em Ter 17 Nov 2015 - 19:51

PLANOS EM AÇÃO


Maximus vai passear com os dois para compreender o que pode causar a guerra e qual o motivo disso, e ouvirá o plano com atenção, mas mesmo assim irá dar um palpite para o plano.

- Senhor, sei de um plano arriscado, mas tenho certeza que irá funcionar. Posso me alistar no exército e servir de informante. E caso, me peguem, a única coisa que pode acontecer é eu ser morto por traição. Mas pode ter certeza que eu não contaria nada para ninguém. Mas para chegar perto de homens com patentes altas, preciso ter bons resultados. Então, tem pessoas que se sacrificariam para evitar a guerra? O que eu quero dizer é que preciso pegar pessoas e levarem para ser presas ou mortas. Quantos se sacrificariam para evitar uma guerra? Preciso ter sucesso para passar de patente o mais rápido possível e então chegar perto do seu alvo, para enfim poder passar informações fidedignas de todos os locais em que ele estiver!

Máximus sorri.

"Na verdade eu tenho que verificar se o que ele está falando é verdade, se realmente for algo que possa acarretar uma guerra, o alvo tem que ser eliminado de qualquer jeito, mas tenho que ser justo e verificar se isso é verdade!"


Última edição por znunes em Qua 6 Jan 2016 - 13:49, editado 1 vez(es)

znunes
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Ter 17 Nov 2015 - 23:13

- Vamos!! Como eu disse, eu posso não saber desarmar armadilhas, mas tem algo que eu posso afirmar é a minha inteligência! Essa minha inteligência me salvou de alguns ladinos que queriam um tesouro a qualquer custo! Nem todas as armas são feitas de metal, senhores. A inteligência também é uma arma muito perigosa. E a minha sorte que eu tenho grande força física e inteligência muito alta, fazendo com que eu seja um ser muito perigoso!

@Drinaar gargalha e segue em frente!

"Bom, tenho que encontrar meus amigos!"

- Mas, bom, qual o motivo de vocês estarem aqui embaixo? O que irá salvar a garotinha?

@Drinaar procura pela garotinha
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Jack, The Reaper em Qua 18 Nov 2015 - 0:35

- Me chamam de "Jack", mas pode me chamar de Ceifador mesmo que ja basta senhor hehehe

Interrompendo sua resposta, aquele mesmo minotauro de antes novamente surgiu ali, realmente havia seguido-os e agora adentrou dando um discurso sobre se alistar, servir de espião, subir de patentes e blablabla... Não segurou novamente as rizadas, começando uma bela resposta ao bovino.

- HEhehehe Meu caro amigo de pelos brilhante, acho que não compreendeu muito bem a situação, não é mesmo? Digamos que tenhamos tanto tempo quanto você propõe, esperemos sei la, um ano e meio talvez pra você subir ate uma patente útil e passe as informações. O que acontece depois? Hmmm acho que você pode acabar tomando o lugar dele devido sua patente, não acha? ehehehe E que historia é essa de sacrifícios, amigo das fadas? O único sacrifício aqui será aquele sujeito que precisa de um descanso longe de seu pelotão por tempo indeterminado... Acho que a sala dos amadores fica ali no fundo do corredor a esquerda. hehehe

Existia uma clara suspeita sobre o minotauro, desde sua aparição nada convencional ate mesmo aquela aura de "bonzinho de mais". O que uma criatura como aquela estaria fazendo no covil mais arriscado e provavelmente mais bem influente de todo o continente enfiado na cidade mais militarizada?

Voltando sua atenção novamente a Chetaki, esticou o braço e invocou seu arco, mostrando que possuía algo melhor do que bestas a disposição.

- Tenho esse aqui como passatempo sabe, será que serve senhor? hehehe Sobre o plano, sou todo ouvidos...
avatar
Jack, The Reaper
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Draken Sherard em Qua 18 Nov 2015 - 12:01

Ouvia as palavras de Kiff e do Draconato, era um pior que o outro, e a preocupação ainda permanecia em meu interior. Não tinha nenhum objetivo na vida, e quando recebi a oferta do ladino em adentrar esse local, eu não tinha a mínima ideia do que poderia acontecer, mas eu aceitei.

"Acho que também sou louco de certa forma."

Pensava, enquanto caminhava atento(a), em qualquer armadilha que poderia encontrar naquele lugar.

- Bom, é algo realmente sigiloso, senhor.

- Dizia logo atrás do Draconato, com voz trêmula, demonstrando medo naquele lugar horripilante.
- to esperando a fight começar, genten

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 19 Nov 2015 - 12:42

brunotenan, Funnymouth e Draken Sherard

Enquanto prosseguiam pelo corredor sinistro sobre a fraca luz das tochas o grupo de ladinos acompanhados por Drinnar repentinamente ouvem um som estrondoso, que ecoa pelo corredor, era porta de pedra que havia se fecha atrás do grupo, apagando as chamas de uma vez mergulhando o lugar na escuridão absoluta. Kiffe assumira a liderança do grupo e se utilizando de sua infra visão para enxergar a sua frente, quando Draken transformado em uma jovem menina de forma inadvertidamente acaba por se apoiar em uma das paredes cujo bloco se desloca revelando ser um botão o culto neste momento se sente o cheiro de gás que começa a preencher o local.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 22 Nov 2015 - 1:07

"M%¨&, agora não estou enxergando nada e nem deu tempo de eu fazer um lampião! Mas que m&*%$!"

- Que m&¨%* foi essa? E que cheiro de gás! Droga, temos que nos apressar!

@Drinaar se apressa para sair desse corredor com o cheiro desse gás.

"Nada derruba Marca da Espiritualidade, e, muito menos, um gás venenoso qualquer, isso é, se esse gás for venenoso. Mas o que eu sei é que temos que sair daqui! Será que os que desceram aqui estão bem!"
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Jack, The Reaper em Seg 30 Nov 2015 - 11:16

Aquele comportamento deles estava um tanto suspeito. Primeiro foi "selecionado" no meio da fila do exército, depois isolado dos outros, permitiram a entrada daquele minotauro e um plano de traição contra um general logo em Pejite. Basicamente tudo cheirava a armadilha ou no mínimo um peão descartável. Tudo bem que geralmente até se considerava descartável e aceitava trabalhos que outros recusavam, mas ser um sacrifício já era algo fora de questão.

- Se vocês me dão licença, só preciso conferir algo importante nessa base tão bem organizada e repleta de suprimentos...

Disse ele de forma sarcástica, se dirigindo onde seria o seu "quarto" e pegou o que podia, saindo sorrateiramente do esconderijo, voltando para a cidade e dali iria pensar para onde seguir, quem sabe algum rumor ou história, ou oportunidade de trabalho melhor do que uma forca nos portões da cidade...
avatar
Jack, The Reaper
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Rubi Make em Sex 4 Dez 2015 - 7:29

@ Jack, The Reaper

Cap 01 Prologo
**********************************************************


Algo não havia sido mencionado e Jack achou uma maneira rápida de escapar do lugar onde estava e sumir da vista de seus atuais companheiros.

Caminhando pelas ruas, o mesmo ja pensava em seus próximos passos, estava em um dos reinos mais ricos da Planeta e tinha que arrumar algo para fazer que o rendesse dinheiro.

Passando pelas pessoas, e outros seres que transitavam por ali, se deparou com um grande mural, cheio de cartazes, ofertas de empregos e convites para caçar algum ladrão da redondeza.

Empregos Aqui
Fugitivos


avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Jack, The Reaper em Sab 5 Dez 2015 - 19:40

As ruas pareciam bem movimentadas pela hora, com a noite ja se erguendo e ele finalmente mais avontade sem aquele sol forte lhe castigando. O movimento das pessoas era algo de se esperar por se tratar de uma capital, o que seria excelente para se camuflar e não chamar atenções, "sozinho na multidão" era como costumava descrever aquela sensação.
Foi então que reparou o mural, algo bem útil e que poderia dar um dinheiro inicial, algo que precisava urgente, pois tinha alguns suprimentos, mas não o suficiente para passar a semana toda ali ou encarar algum trabalho muito distante. Seria melhor pensar nesse trabalho primeiro, fazer algum dinheiro e quando tivesse o suficiente, ai sim poderia até mesmo tentar algum roubo ou algo assim, mas por hora, trabalho sujo pela frente...
Viu a oferta de caçada, algo tentador, ainda mais para alguém com suas habilidades, pois poderia seguir sua vítima sem chamar atenção e abate-la ate mesmo em distâncias seguras e desprevenidas, garantindo assim o sucesso do trabalho. Iria aceitar o trabalho, procurando ver se haviam informações por onde começar a busca ou se deveria procurar alguém antes para orientações e garantir a vaga.
Dentre aqueles os quais poderia começar um trabalho rápido, parecia que um tal garoto, chamado de Seji era o mais próximo, ali pelas ruas de Pejite mesmo e a recompensa pela sua cabeça era razoável, quem sabe alguem querendo fazer dele um exemplo por ter matado um oficial ou sabia de mais e o queriam silencia-lo, mas era suficiente para fazer gastar algum tempo indo atrás dele. Então seu alvo estava travado, iria começar a busca indo até as ruas do comercio da cidade, um bom lugar para ficar de olho e observar a ação.




Tipo:
 NPC
Nome: Seji
Raça: Humano
Crimes cometidos: Assassinato de um oficial da guarda de Pejite
Recompensa: 50 PO's
Pista: Um ladrãozinho comum de Pejite, duvida-se que tenha a capacidade de fugir da cidade.
Levar a: Qualquer autoridade vivo ou morto.

[off: editado conforme solicitado pela PM, desculpe a demora, não tinha visto... ]


Última edição por Jack, The Reaper em Qua 9 Dez 2015 - 23:24, editado 1 vez(es)
avatar
Jack, The Reaper
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qua 9 Dez 2015 - 19:15

brunotenan

Enquanto acompanhava o pequeno grupo que adentravam a escuridão, um demônio chamado Kiffe que segui afrente guiando o grupo na escuridão, mas o draconato que se encontrava logo atrás não enxergava um palmo a sua frente, ele os perdia de vista por alguns poucos momentos. Drinnar escuta um sinistro grito em meio à penumbra, este breve momento de distração o faz parar em meio ao corredor escuro, e quando ele percebe que se perdera o restante de seus companheiros exploradores que provavelmente não perceberam sua ausência.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qui 10 Dez 2015 - 12:13

- Kiffe? Menininha? Ainda estão aí?

"Droga, me perdi!!! E que maravilha! Eu não enxergo nada! Devo seguir esse grito?"

@Drinaar continua seguindo o caminho pelo corredor escuro tentando tomar o maior cuidado possível! - Mas no escuro fica um pouco complicado.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 10 Dez 2015 - 19:48

Brunotenan

Enquanto prosseguia em meio à escuridão Drinnar começava sentir seu corpo ficar cada vez mais pesado por causa dos efeitos do gás, ele sentia que poderia perder o sentido a qualquer momento, e quando o draconato repentinamente perde o chão sentindo cair, quando finalmente ele chega ao solo ainda zonzo pelos efeitos do veneno percebe que havia caído em uma pilha de osso que amortecera sua queda, aos poucos vai se recuperando do efeito nocivo do gás o guerreiro se viu em uma câmara úmida e mal iluminada por algumas poucas tochas que se encontrava em suas paredes recobertas por limo verde, a sua frente havia uma escadaria que parecia subir um andar a cima. Havia alguma coisa intrigante em sua parede havia algo oculto pelo limo que estava parecendo parcialmente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Rubi Make em Sex 11 Dez 2015 - 9:28

@ Jack, The Reaper

Cap 01 Prologo
**********************************************************


Tipo:
 NPC
Nome: Seji
Raça: Humano
Crimes cometidos: Assassinato de um oficial da guarda de Pejite
Recompensa: 50 PO's
Pista: Um ladrãozinho comum de Pejite, duvida-se que tenha a capacidade de fugir da cidade.
Levar a: Qualquer autoridade vivo ou morto.


O arqueiro já tinha seu objetivo, e com o cartas no bolso ja começava a busca pelo pequeno ladrãozinho e assassino. Espreitando sobre as ruas até movimentadas pela hora observando o local.

Em um dos becos, via um grupo de arruaceiros, uns 6 no total, estavam encostados atirando pedras em um gatinho, não para machucar, mas para sua diversão.

Em outro, um casal que se beijava ferozmente, jovens também e na rua na qual estava, via alguns guardas, dois a dois, passando de um lado para o outro com sua postura inigualável.

O arqueiro, poderia seguir vários caminhos, até mesmo pelo alto, por cima das casas para poder ter um campo de visão melhor, mas teria de se esforçar para achar um fugitivo que a tanto tempo era procurado e até então ngm o encontrou.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sex 11 Dez 2015 - 16:03

"Maravilha, isso que dá não enxergar no escuro! Ainda bem que tinha ossos para amortecer minha queda, mas não posso negar que estou com dor na bunda! Mas o que é aquilo?"

@Drinaar simula uma tocha e coloca a tocha simulada na tocha que estavam presas a parede, com o objetivo de acender a sua tocha simulada e logo depois Drinaar coloca o fogo no limo ao perceber algo intrigante que estava oculto, mas aparecendo parcialmente e o limo sendo queimado ia fazer o que quer que fosse totalmente.

"Esses ossos, servem para fazer uma boa arma e uma boa armadura! Vou levá-los"

@Drinaar simula uma bolsa grande para poder colocar os ossos dentro e poder carregar a maior quantidade de ossos possíveis!
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sab 12 Dez 2015 - 1:29

Brunotenan


Quando o draconato começa a queimar o musgo que se encontrava na parede com a tocha que criara, mas aparentemente estava muito úmido para ser queimado demorando mais que esperava para ser completamente removido, revelando um painel com a seguinte inscrição em relevo: “eis o local de descanso da nobre família cujas honras serão eternamente lembradas”. Então Dinnar escuta uma voz que ecoa pelo corredor as suas costas: - Temos quer ter cuidado para que isso não se repita, pois na próxima talvez não tenhamos a mesma sorte. - Parecia uma voz conhecida mas estava difícil reconhecer quem falava, aparentemente conversa alguém que até o momento se matinha em silencio.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum