Ruas e Becos

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sex 19 Fev 2016 - 23:11

brunotenan

Enquanto o draconato tentava devorar as partes indigestas que restara do construto de pedra  que sentia o horrível sabor das rochas que se encontrava em suas mandíbulas poderosas que as esmagavam com alguma dificuldade. Quando após algumas horas cumprindo este ritual na qual se dispôs a fazer a cada inimigo que derrotasse, ele acaba encontrando uma orbe que  emitia um fraco brilho avermelhado na qual se encontra em meio do entulho. Então Jeffan que se encontrava do lado de fora da câmara dando apoio com seus braços ao velho coveiro vira-se para onde se encontrava Drinnar: - O que pretendes com este objeto meu caro draconato? - Pergunta o rapaz de forma educada e aparentemente curioso.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 20 Fev 2016 - 12:55

@Drinaar come com dificuldade as rochas, mas vai até o fim e acaba achando um orbe com um fraco brilho avermelhado.

- Há muito tempo eu vivi sozinho, e estou querendo me aventurar com alguém! Pedirei para um mago que eu conheço que me deve um favor para fazer um aliado para mim e essa esfera irá realizar o que eu quero! Agora vamos!!

@Drinaar segue os seus companheiros!
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 21 Fev 2016 - 0:04

brunotenan


Então com posse do artefato o draconato acompanhando pelos seus companheiros caminha pelo corredor sinistro na qual se encontra iluminado por algumas de tochas em suas paredes úmidas. Estranhamente havia algo neste lugar que parecia incomodar o velho coveiro e o jovem servo de pejite que logo se volta para Drinnar de forma discreta: - Tenho uma estranha sensação neste lugar, melhor temos cuidado onde pisamos. – Fala o servo da corte de pejite enquanto arrumava o braço de seu companheiro ferido, neste momento o guerreiro percebe a sombra de algo que passa repentinamente por sua cabeça desaparecendo não dando chance para que ele pudesse ver oque se tratava. 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qua 24 Fev 2016 - 11:31

@Drinnar escuta atentamente ao jovem e toma cuidado por onde pisa.

- Também tenho um mau pressentimento sobre este lugar! Mas iremos sair daqui são e salvos!

@Drinaar sorri e segue junto com o senhor e o rapaz!
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 28 Fev 2016 - 0:16

brunotenan

Drinnar e seus companheiros prosseguem pelo corredor por algum tempo tendo muito cuidado para não ativar qualquer mecanismo que se encontrasse no lugar, quando o grupo se depara com uma pesada porta de aço que estranhamente se encontrava entre aberta deixando uma fresta na qual podia se observar que dentro desta sala havia alguém que passa rapidamente deixando por seu campo de visão, mas acaba não conseguindo distinguir quem ou o que seria aquele que se encontrava no interior da câmara.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 28 Fev 2016 - 1:07

- Isso está me cheirando a armadilha! Por quê um local onde a segurança é extrema tem uma porta entreaberta?

@Drinaar olha para os companheiros e dá um breve sorriso.

- Já que estamos aqui, é melhor prosseguir o caminho!

@Drinaar adentra a sala tomando muito cuidado para não ser surpreendido com um ataque surpresa.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sab 5 Mar 2016 - 22:05

brunotenan

Logo que adentra na sala com seus companheiros o draconato encontra uma sala sombria onde se podiam observar vários vasos que se encontravam encostados nas paredes da câmara muitos danificados pelo tempo a única luz do lugar vinha de uma estátua ao centro que possuía uma pira na qual as chamas estavam vividas com estivessem acabado acesa, não havia ninguém no lugar estava completamente vazia, mas o destemido guerreiro percebendo uma súbita corrente de ar vinda de umas das paredes: - Tenho certeza que tem algo de errado neste lugar, melhor temos cuidado. - Diz o rapaz se colocando ao lado do do marca da espiritualidade ainda dando apoio para o velho coveiro que parecia muito abatido.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Seg 7 Mar 2016 - 21:54

-Também tenho certeza. Afinal mausoléus são conhecidos por ser mal-assombrados não - Drinaar ri num momento inapropriado.

@Drinaar sente uma corrente de ar vindo de uma das paredes e vai até onde saiu essa corrente de ar e tenta verificar se há alguma parede falsa para poder seguir junto com os outros.

"Pensei que ia conseguir o meu objetivo mais rápido do que eu imaginava, mas vejo que não! MAs isso não importa! Eu sei que aprenderei aqui embaixo."
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 13 Mar 2016 - 1:59

brunotenan

O draconato segue a corrente de ar que parecia vir da parede a sua direita, na qual se aproxima percebendo que havia uma fresta oculta entras de um pesado vaso de porcelana de aparência muito antiga, parecia que era uma passagem escura e estreita onde poderia passar apenas se arrastando, mas para ter um acesso primeiro deveria remover o vaso de onde se encontrava para abrir o caminho para continuarem adiante: - Drinnar achou alguma passagem para fora desta câmara, melhor sairmos deste lugar quanto antes. – Diz o velho coveiro se aproximando com a ajuda do jovem servo de Pejite que ser via de apoio para o idosos ferido.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 13 Mar 2016 - 4:08

- Sim. encontrei! Mas esperem aí!

@Drinaar vai arrastando o vaso e ao mesmo tempo arrastando o orb para evitar ativar uma armadilha caso tenha embaixo do vaso. Drinaar depois do procedimento, espera para ver se tudo deu certo e se tem ou não alguma armadilha.

- Pronto, podemos ir agora!

@Drinaar entra por último pegando o orb rapidamente.

"Que Io esteja comigo!"
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Ter 15 Mar 2016 - 19:08

@Vaia

Vaia pulou o gradeado da pequena propriedade e esperou que Lautrec jogasse o moribundo por cima da grade e realmente conseguiu fazer com que o corpo não fizesse muito barulho quando caísse no chão, mas mesmo assim foi possível escutar um barulho e um grunhido de dor, talvez de um osso quebrando. 

Então, Lautrec e Vaia vão caminhando pela rua que está vazia até um momento em que um homem velho e bêbado que tropeça em seus próprios passos passa por eles.

- Ele está bem? Ele parece está pior do que eu! Quer alguma ajuda? Eu conheço uma ótima enfermeira na cidade – fala de forma embolada devido à embriaguez.

O velho bêbado para na frente deles se movendo todo o tempo, pois não consegue ficar parado devido ao total descontrole de seu próprio corpo por beber demais. Mas mesmo assim, ele espera por uma resposta.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Vaia em Ter 15 Mar 2016 - 20:59

Vaia, ao se deparar com o maldito curioso alcoolizado, cochicha para Lautrec quase inaudivelmente:

- Eu tenho um plano... relaxa aí...

A garota então se dirige ao cachaceiro, chegando bem próxima a ele. No caminho, tira da bolsa um frasco de napalm.

- Que nada! Aqui estamos todos bem! Todos bebuns profissionais... - Vaia então faz todo o uso de seu sorriso e sua boa aparência para manipular o desgraçado e tirá-lo de seu caminho - porque não bebe um pouco com a gente? Você tem cara de que aguenta beber bastante! - o frasco de napalm é então destampado e oferecido ao intrometido como se fosse uma bebida. Vaia passa um braço por trás do ombro do velho - Vai lá! Lasca um golão, porque essa aqui não se encontra em quase lugar nenhum!
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qui 17 Mar 2016 - 10:43

@Vaia

Vaia usa de sua boa aparência e de sua beleza para enganar o maldito bêbado, o que consegue com muita facilidade(afinal, ele está bêbado..dãhh). 

Quando Vaia  passa o braço por cima do maltrapilho, ele sorri para ela e depois olha para o frasco de napalm achando que era mais uma bebida, mal sabia ele o conteúdo do frasco e que se bebesse teria uma grande chance de morrer. 

Mas como ele não sabia da missa a metade, pegou o frasco e bebeu tudo de uma vez como um bom bêbado faz.

Era questão de segundos, o Napalm com certeza irá corroer o maltrapilho por dentro deixando ele caído no chão e é exatamente o que acontece quando continua seguindo caminho. 

Se ninguém o ajudar ele irá morrer durante algumas horas, mas agora Vaia e Lautrec podem seguir seu rumo em paz sem serem incomodados por curiosos e enxeridos. 
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 20 Mar 2016 - 0:57

brunotenan
 
Logo que Drinnar abre o caminho tendo muito cuidado para não ativar nenhum mecanismo oculto ele passa para a sala seguinte juntamente com os o velho e o jovem rapaz que se apoiava nele, então no momento que o draconato passa depois de seus companheiros pela estreita passagem ele se vê diante de uma sala ampla com algumas criptas alinhadas lado a lado, mais adiante uma saída que dava para um longo corredor escuro. Olhando para a sua direita o destemido guerreiro percebe algo se esgueirava em meio à escuridão entre as tumbas recobertas de limo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Vaia em Seg 21 Mar 2016 - 21:38

- Er... Eu sei que foi meio grosseiro da minha parte mas... Acho que ele vai morrer. Ninguém mandou se meter... Velho vagabundo. Provavelmente estava mal-intencionado - Disse Vaia, olhando para Lautrec. - Mas... Você na frente companheiro! Vou esvaziar os bolsos desse aqui antes de irmos. Talvez ele tenha alguma coisa que valha a pena.

Porém, antes de prosseguir com o furto e o caminho, Vaia retira o outro Napalm que estava na bolsa e o atira no chão, longe de todos para que não atingisse ninguém. Decidiu dar uma pequena fé dos tolos para o cachaceiro.

- Talvez, se esse velho for realmente uma pessoa de bem, alguém perceba o incêndio e apareça para salvá-lo. Está nas mãos dos Deuses... Vamos!
avatar
Vaia
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 2 Abr 2016 - 18:58

@Vaia

Vaia até o maldito bêbado e procura em seus bolsos alguma coisa que valha a pena, mas a única coisa que acha são algumas moedas e um frasco de vidro vazio que por algum milagre ainda estava inteiro.

- Vamos! Tomara que ninguém mais atrapalhe o nosso caminho! Um bêbado por dia já é o suficiente para mim! Ou seja, eu só aguento a mim bêbado! - diz Lautrec sorrindo.


Off: Desculpa pela demora e pela falta de aviso, mas onde eu estava a Internet mal entrava! Achei que ia postar de lá, mas não consegui.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 3 Abr 2016 - 12:14

@Drinaar vê um vulto se esgueirando em meio as tumbas recobertas de limo. Drinaar faz um sinal com as mãos para o jovem e o velho dizendo que tem alguma coisa o local. Ele aponta para os olhos e depois para o local e coloca um dedo na boca sendo o sinal de fazer silêncio.

- Então, parece que não tem nada aqui! Então irei seguindo em frente por aquele corredor escuro.

@Drinaar anda seguindo o corredor escuro fingindo que não reparou em nada, mas sabe que pode vir um ataque a qualquer hora! Portanto aproveita disso para desviar no momento do ataque, e, depois tenta agarrar quem o atacar.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 3 Abr 2016 - 23:57

brunotenan

O draconato finge que não vira a estranha movimentação entre as tumbas, repentinamente se ouve um rugido sinistro que ecoa na câmara, então uma criatura reptiliana que se encontrava oculto  em meio a escuridão corre em direção a impetuoso guerreiro tentando abocanha-lo com suas mandíbulas repleto de dentes afiadíssimos tentando abocanha-lo, mas Drinnar esperava por isso então de maneira rápida ele desvia do ataque, tentando agarrar a criatura, que acaba por saltar para longe quando marca da espiritualidade tenta agarra-lo desaparecendo nas sombras.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 16 Abr 2016 - 17:24

"Por que eu não lembrei disso antes. Talvez por ser um item comum. Isso me facilitia se eu lembrasse antes. Lembro-me como se fosse ontem meu grande amigo golem do futuro. Lembro que você usava um óculos de visão noturna. Era isso que eu precisava."

@Drinaar usa simular objeto para simular um binóculos de visão noturna para entrar no corredor podendo enxergar enfim.

- Lembrem-se, sigam-me que eu irei indicar o que está acontecendo, e se eu falar para fazer algum movimento, apenas faça sem pensar. Pois as suas vidas dependem de mim e não quero que vocês morram. Então! Vamos!
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Ter 19 Abr 2016 - 1:51

brunotenan

E meio a escuridão o draconato tenta simular um objeto na qual um aventureiro que conhecera a muito tempo, mas acabou por falhar pela sua complexidade. Seus companheiros se encontravam em sua retaguarda para evitar qualquer ataque covarde pelas costas, então o jovem servo da rainha que com uma das mãos apoiava o velho coveiro e com a outra uma espada, fala de forma sussurrante para Drinnar: - Esta criatura deve estar por aqui acho que a ouvi a sua direita, mas não enxergo nada nesta escuridão, acho que poderia iluminar esta situação, entendeu oque quis dizer não e?  – O velho parecia não entender oque o rapaz estava falando por sua expressão de confusão, mas isso parecia ser algo familiar ao marca da espiritualidade que poderia ser utilizada nesta situação.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 23 Abr 2016 - 20:07

@Drinaar sabia exatamente do que estava falando e continua seguindo caminho.
"Maldição! Maldito item complexo! Iria me ajudar bastante! Vou fazer algo mais fácil mesmo!"
@Drinaar simula uma tocha
- Está na hora de prosseguir, e, juro, que, se aquele bicho me atacar, irei devorá-lo vivo! - Drinaar diz irritado com a situação.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sab 7 Maio 2016 - 1:05

brunotenan

Andando por um tempo Drinnar com os seus companheiros o destemido guerreiro encontra uma sala muito ampla onde se encontrava cravados em uma estatua ao centro quatro cristais, havia uma pedra preciosa de cor vermelha que se encontrava dentro de um símbolo de solar, uma azul em um símbolo de água, uma verde em símbolo que lembrava uma montanha, e a ultima era amarela que se encontrava dentro de um símbolo de lua minguante, em seu entorno havia quatro pedestais onde aqueles artefatos poderiam ser encaixados. Velho coveiro parecia um pouco apreensíveis por causa da criatura reptiliana que atacara o draconato, estava muito relutante em adentrar neste local, e quando Marca da espiritualidade percebe chegando mais próximo que havia uma inscrição, ele conseguia ler escupida na pedra: “A colina é no Sul, o sol nasce no oeste, o mar azul é no Oriente e a lua brilha no céu para revelar a entrada.”

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 4 Jun 2016 - 20:50

@Drinaar olha e sorri.

- Lembrem-se sempre de olhar do ponto de vista da estátua meus jovens, pois é assim que tem que ser, se fizéssemos de nossa visão, poderíamos ativar uma armadilha.

@Olha para a estátua e procura pela parte frontal da estátua e fica na mesma posição. Drinnar pega todas as pedras preciosas e se posiciona novamente no local colocando a pedra vermelha no pedestal a esquerda, a pedra verde coloca no pedestal atrás, a pedra azul coloca no pedestal a sua direita e a pedra amarela coloca a sua frente.

"Revele-me a entrada, sei que fiz tudo certo, afinal minha inteligência é grandiosa."
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 9 Jun 2016 - 22:31

brunotenan
 
No momento que o draconato coloca cada uma das joias em suas estatuas correspondentes os mesmos perdem suas cores lentamente se tornando totalmente sem cor. No momento seguinte a parede ao fundo que se revela ser uma porta oculta desce lentamente aparecendo um estreito corredor diante deles, cuja falta de espaço limita os movimentos e torna difícil uma eventual fuga, alguns metros a frente havia uma câmara sombria onde conseguia ver uma luz sinistra vinda do local.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qua 27 Jul 2016 - 20:58

@Drinnar consegue colocar de forma correta o enigma, e uma porta se abre, e, então, ele segue caminho.

- Vamos! - diz o draconato para os outros.

@Drinaar anda calmamente prestando atenção ao redor.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum