Ruas e Becos

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ruas e Becos

Mensagem por Saphira Odin em Sab 12 Set 2015 - 19:10


____________________________________________________________________________
(Ruas)

Pejite é uma cidade muito grande, com leis rígidas mas, como toda boa cidade grande, como falhas enormes. Suas ruas e becos podem abrigar os tipos mais estranhos e perigosos. Assaltos são comuns, pois a maioria dos guardas se encarrega de vigiar os limites da cidade ao invés de cuidar dos cidadãos.

OFF:(Kalysta)
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 13 Set 2015 - 1:13

brunotenan

O homem parecia estar relutante em aceitar oque Drinnar propunha para ele então o draconato utiliza mais uma vez a adaga no outro de seus dedos o causando ferimentos semelhante a do outro fazendo e emitir mais uma vez um urro de dor. Aparentemente o traidor estava sentindo os efeitos da perda de sangue que agora deixara a poço bem maior: - Direi se prometer que cumprira sua palavra, pois a única coisa que me importa e minha própria vida. – Diz o home com a voz baixa, mostrando sinal de fraqueza pela perda substancial de sangue.

off:
Continuaremos por este tópico revitalizado

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 13 Set 2015 - 8:21

@Drinaar olha para o assassino de forma séria

- A diferença entre humanos e draconatos é que sempre cumprimos nossa promessa, mesmo que seja uma promessa demorada de se cumprir. No seu caso é algo imediato, e nós somos seres honrados!

@Drinaar olha novamente para o assassino

- Eu prometo que sairá vivo daqui se me contar quem é o mandante.

" A dor está fazendo efeito e ele contará! Nada como fazer uma pessoa sentir dor para fazer com que ela conte.

- Devo lembrar que terá que ter outro nome? Não use mais o nome pelo qual é conhecido, pois a outra pessoa não existe maias, fingiremos sua morte!

OFF 1: Se o assassino falar, Drinaar pedirá ao guarda na porta para chamar o Conde e pedirá para chamar alguém para fazer uma cirurgia onde eu cortei para o assassino poder voltar a andar.

OFF 2: Se o assassino negar a falar irá furar o outro dedo
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Ter 15 Set 2015 - 0:45

brunotenan


O criminoso bem debilitado parecia que logo perderia a consciência a qualquer momento: - Então se diz que horara sua palavra, direi então que foi que foi mandou a eliminação da nobre família Springlake. – prisioneiro da uma breve parada para recuperar a folego logo se coloca a falar de forma muito debilitada. – Meu contratante e um membro nobreza ele se chama Herman Gregori de murdok o Visconde de Pejite. - Então com a resposta do homem o draconato se dirige a porta onde um dos guardas se encontrava do lado de fora para que chame o conde Springbreak e também alguém que cuide de seus ferimentos, logo o nobre adentra no cômodo muito apreensivo. – Então meu amigo draconato, ele disse quem o enviou para eliminar a mim e minha família?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Ter 15 Set 2015 - 9:09

-Qual era a quantia em dinheiro para assassinar a família Springlake rapaz?

@olha de forma séria para o rapaz.

- Disse sim! Mas eu fiz um acordo com ele! Disse que se ele me dissesse quem era sairia vivo, e, nós, draconatos, sempre cumprimos nossa promessa! Preciso que arranje um cirurgião, para fazer ele voltar a andar e depois pode colocar ele em algum lugar escondido na rua. Mas quero que antes cuidem dele! Eu prometi isso a ele, e não posso deixarem matá-lo. O nome do mandante é o Visconde de Pejite de nome Herman Gregori de murdok! Preciso conversar com o senhor a sós! 

@Drinaar dá um belo sorriso para o conde

- Apesar dele merecer ser moto não o mate, todos merecem uma segunda chance! E além do mais ele não poderá mais matar! Olhe as mão deles, além de eu cumprir minha promessa. Não o posso deixar ser morto! Sei que ele não irá tentar mais nada depois dessa!

"Eu tenho um plano brilhante para que todos saiam vivos daqui e realmente é o plano mais maravilhoso que eu já tive! E tive uma ideia de como ganhar esse dinheiro que era destinado a esse jovem rapaz ao acabar com a família Springlake!"
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 17 Set 2015 - 1:42

brunotenan

O assassino da uma breve olhada para o nobre, ele respira fundo e fala: - Seriam 900 peças de ouro para eliminar a família de vosso mestre. - Então o conde Springlake pede para o guarda o chama para que traga um medico para cuidar do homem ferido saindo pelo corredor, o prisioneiro estava quase perdendo a consciência. O nobre se aproxima de Drinnar, colocando a sua mão direita sobre o ombro do draconato. – Então diga meu amigo qual e sue plano para que este homem saia Livre e vivo, estou ouvindo atentamente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 19 Set 2015 - 11:33

O plano é o seguinte, preciso de algum cadáver que morreu a pouco tempo parecido com ele. Quero apenas a cabeça. E o nome dele mudará porque tecnicamente ele estará morto.

@Drinaar vai até os ouvidos do conde e fala baixinho

--O senhor fará a mesma coisa, arranjará cadáveres mortos parecidos com a sua família e mudarão de nome, pois eu terei assassinado sua família. O senhor deve ir para Lórien e dizer que Marca da Espiritualidade guiou seu caminho. Diga que seus antepassados são amigos de família. Eu levarei as cabeças ao mandante. E até chegar lá já estará um pouco apodrecida e como será um crânio parecido, ele não irá desconfiar de nada.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 20 Set 2015 - 0:37

brunotenan

O nobre conde Springlake respira fundo se sentando em uma cadeira próxima, colocando as mãos sobre as pernas: - Eu posso pedir ao senhor Darkstalker arranjar isto, mas infelizmente eu não poderia fingir a morte minha e de minha família, pois temos responsabilidades com a rainha e o povo de Pejite. – Repentinamente adentra no cômodo um homem trajando jaleco branco acompanhado por um dos guardas que logo  pergunta. - onde se encontra o enfermo, eu me chamo Millo, e sou medico, poderiam me adiantar o ocorrido? – Diz ele indo direto próximo a Drinnar, mas vendo o prisioneiro sangrando muito, ele se volta ao criminoso sentado na cadeira ao lado do draconato.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Qui 24 Set 2015 - 0:44

- O rapaz ali perdeu muito sangue porque as mãos deles foram decepadas e é necessário que ele tenha cuidados médicos!

@Drinaar olha para o conde e sorri e sussurra novamente!

- Você pode não poder fingir sua morte, mas eu posso fazer o outro acreditar que você está morto, pois posso ser perseguido por isso futuramente, mas eu não me importo. Se ele acreditar por um momento desviará a atenção para sua família, mas porque o Visconde quer sua família morta? Lembre-se que esse rapaz não é o único traidor aqui! Seria muito bom um aviso! Mostrar a cabeça antes de eu partir pode ser nojento, mas é importante para que os outros traidores tenham medo!

@Drinaar olha de forma séria

- Posso pareceu um ser sem piedade, mas de todos as coisas do mundo, a única coisa que me deixa assim é traição! Eu odeio traidores. Se não gosta de uma pessoa que fale e enfrente pela frente! Eu puno traidores, mas ainda deixo-os viver para que tenham uma rendição
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Qui 24 Set 2015 - 13:13

brunotenan

O medico ouvia o draconato enquanto cuidava do traidor tratando de seus ferimentos, estacando seu sangramento constante, o nobre Springlake se afasta um pouco indo para fora do quarto, chamando  Drinnar para onde ele se encontrava: - Vamos deixar o bom doutor cuidar dele. – Diz o conde indo para o corredor onde espera por marca da espiritualidade pacientemente, onde ele s poderiam conversar sem ser ouvidos. o medico tratava de seu paciente de forma muito hábil.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 27 Set 2015 - 23:05

- O plano é o seguinte! Eu irei levar a cabeça do traidor! Mas eu sei que não pode fingir estar morto, mas posso fazer com que o visconde acredite que esteja!

@Drinaar olha para o mapa e analisa mais ou menos quanto tempo irá durar a viagem até o ponto de chegada contando ida e volta.

- Sei que tem deveres com o povo e a rainha, mas poderia não aparecer durante esse período fazendo os seus deveres de longe? Preciso que ele realmente acredite que o senhor está morto por este curto período de tempo? Se for possível eu agradeço! E se for possível preciso de quatro cabeças parecidas com cada um de vós!

@Drinaar olha de forma séria para o conde.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Seg 28 Set 2015 - 1:05

brunotenan

- Farei alguns contatos para arranjar estas cabeças, mas demorar um pouco para que uma pessoa de confiança procurar por entres os mortos do cemitério do reino. – O nobre conde aparentava estar muito preocupado com algo que o incomodava neste plano, mas aparentemente ele compreendera. – Peço que vá ao cemitério de Pejite com Jeffan Darkstalker para buscar o cadáver que necessita para fingir a morte do rapaz, não acho que seja necessário tanto para enganar o tolo visconde, basta passar um boato por entre os servos que possivelmente quem o acompanhava ira escutar e passar para seu mestre.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Seg 28 Set 2015 - 17:00

- Certo!!! Irei com Jeffan!! 

@Drinaar olha para o conde e percebe que ele aparentava estar preocupado, mas fingiu não notar, não o queria preocupar mais. Drinaar segue para o cemitério com o rapaz.

- Logo, logo estarei de volta senhor!
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Ter 29 Set 2015 - 19:17

brunotenan

Logo que Drinnar sai do quarto onde se encontrava percorrendo com passos rápidos pelo corredor descendo pelas escadas indo para no salão principal onde Jeffan Darkstalker o esperava pacientemente: - Senhor Marca da espiritualidade quais são as ordens. Diz o rapaz acompanhando o draconato até a grande porta dupla da mansão que os leva para fora da mansão.  Já no quintal da propriedade se percebia que as  ruas da cidade se encontravam vazias, o silencio era apenas quebrado pelo som dos grilos, e alguns latidos ao longe.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 4 Out 2015 - 1:16

- As ordens no momento é ir até o cemitério e arranjar cabeça de pessoas parecidas com a família do conde e do jovem rapaz da qual eu fiz a pergunta!

@Drinaar olha para Jeffan seriamente

- Sei que o conde tem muito afazeres com o povo e portanto eu irei ajudá-lo. Eu irei com essas cabeças até o local onde está o traidor! Fique com o conde para protegê-lo. Tem mais de uma pessoa tentando matá-lo! Eu voltarei logo!

@Drinaar acompanha o rapaz até o cemitério, espera ter a cabeça, pede uma sacola para colocar as cabeças e vai em direção ao local de encontro que está escrito no mapa.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 4 Out 2015 - 16:42

Brunotenan

Jeffan coloca sua mão direita sobre o ombro do draconato, mantendo ao seu lado, então após uma longa respiração ele fala de forma compreensiva: - Então se assim for lhe desejo uma boa sorte, tente falar com o coveiro, seu nome Kliff ele e um amigo e confidente da família Springlake talvez ele possa ajuda-lo nesta empreitada, Eu irei com você, pois agora eles estão sobre a proteção da guarda da própria rainha que convoque por um mensageiro. – Então os dois percorrem as ruas de Pejite nesta noite fria onde nenhuma viva alma se encontrava. Quando finalmente chegam, eles se encontram diante dos portões enferrujados do soturno cemitério da cidade com seus muros de pedra cortada recobertos por musgo verde que se encontrava entre as estreitas fendas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 4 Out 2015 - 20:09

- Ótimo!! Devo lembrar que existe mais de um traidor dentro da casa do Conde! Tome cuidado! Eu irei voltar! Não salvei uma moça da família Springlake há tempos atrás para que a família seja assassinada!

@Drinaar olha para o portão e verifica se está aberto empurrando o portão, e, caso, verifique que não está aberto irá pular o muro.

- Kliff, é o nome do coveiro, um nome bem diferente e interessante, tomara que ele possa me ajudar na minha jornada, pois depois dela voltarei para ser o guardião da família Springlake! Mas não se preocupe se eu demorar, pois não terei problemas porque eu sou invencível. Minha inteligência supera minha própria inteligência!

@Drinaar dá uma risada

- Foi apenas uma piada meu jovem!

@Drinaar sorri.
avatar
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Seg 5 Out 2015 - 22:35

brunotenan

Então Drinnar seguido pelo rapaz adentram no cemitério que quando ambos se encontravam dentro do local, fechando o pesado portão de ferro trás deles: - Agora devemos entrar o coveiro ele deve estar em sua cabana adiante devemos passar por dentro do cemitério. – Então os dois começam a caminhar por entre os túmulos se podiam ver alguns mausoléus em diferentes pontos do fúnebre localidade. Após andar por este cemitério sombrio com arvore enegrecido pela fuligem, repletos de criptas em sua maioria em péssimo estado, eles chegam até uma pequena cabana de madeira onde uma velha pá enferrujada se encontrava repousando em sua parede.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Qui 8 Out 2015 - 17:27

Uma carruagem sutil navega as ruas, deixando um homem de cabelos negros e uma mulher de cabelos tão negros quanto a deixam. Caminham em direção ao cemitério da cidade.


fiz merda, editei sem querer, perdi o post, e não to com tempo pra consertar, ao menos hoje. foi mal


Última edição por Funnymouth em Sex 9 Out 2015 - 21:12, editado 3 vez(es)
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sex 9 Out 2015 - 0:10

Funnymouth

O ladino desembarca da carroça e se coloca a caminhar pelas ruas escuras da cidade nesta noite sombria, enquanto percorria por diversas vielas não encontra uma viva alma. Quando estava quase desanimando sai de dentro de uma taverna próximo de onde encontrava um homem distinto cambaleado muito bem vestido, trazia com sigo um bolsa de couro, o homem se segura no poste para não cair. Kiffe se encontrava nas costas desta vitima em potencial que se afastava lentamente se apoiando nas paredes, esta poderia ser a oportunidade do demônio agir.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Sex 9 Out 2015 - 19:17

Nem todo ladrão é, necessariamente, mal. Kiffe viu nenhum motivo para usar a violência, e decidiu mascarar seu aproveitamento com um ato bom. Sua cabeça se dirigiu por baixo do braço do homem, e quando seus ombros serviam de apoio, perguntava; - Onde mora? Te ajudarei a chegar lá. - Dizia isso enquanto seu braço livre já se dirigia a altura da cintura do homem, disfarçando um movimento de apoio como uma maneira de furtivamente agarrar sua bolsa de couro. Planejava realmente deixar o homem em um lugar seguro, para então mover adiante, se tudo desse certo, com seus objetivos até o cemitério.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Sab 10 Out 2015 - 0:15

Funnymouth

O ladino enquanto conduzia aquele homem bêbado pelas ruas de Pejite afana a sacola de moedas se que ele perceba. Logo após alguns quarteirões eles chegam diante de uma casa muito antiga: - Obrigado espero que não acabe no cemitério de Pejite. - Diz o bêbado jogando seu hálito de bebida sobre o rapaz, então o homem se solta do demônio adentrando em seu interior, Kiffe havia adquirido com este furto 150 moedas de ouro, agora poderia prosseguir ao cemitério da cidade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Draken Sherard em Sab 10 Out 2015 - 18:33

A tarde estava para terminar e eu continuava minha longa caminhada por toda Zephyr. A sensação de tudo estar pela metade, assombrava-me a cada passo que dava nos becos de Pejite. E para variar, a mesma palavra ressoava em minha mente. " Quem sou eu? " Dúvidas apoderavam-se de meu ser,  incitando-me algum instinto de violência e raiva incontrolável por não apagar tais palavras de minha mente.
 
Cerrei os olhos com certo receio, apenas uma imaginação boba, porém a sensação de que aquilo fora real era latente, o que não era novidade alguma para mim, afinal de contas, apenas o ato de não conseguir dormir, a meu ver, parecia-se mais com a própria morte já que sempre estou com a sensação de ter possuído o corpo de milhares de pessoas.
 
Olhei para os lados, observando cada ser vivente naquela pequena caminhada. Certamente eu os invejava. Voltei meu olhar para o céu, ligeiramente olhando o entardecer. Algo estava errado, aquele céu alaranjado precisava de algo, eu não sabia o que era, mas certamente encontraria uma resposta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Funnymouth em Sab 10 Out 2015 - 23:12

Pensou em se dirigir a uma loja no momento em que percebeu que encontrou tanto dinheiro, mas lembrou-se que talvez ja era muito tarde. Decidiu se dirigir ao cemiterio com Beatriz, mas manteu-se ligado caso encontrasse qualquer loja no caminho.
avatar
Funnymouth
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Convidado em Dom 11 Out 2015 - 1:13

Funnymouth e Draken Sherard

O demônio percorre pelas ruas da cidade com Beatriz, até que finalmente chegam diante dos portões de ferro do cemitério de Pejite onde se via ao longe as criptas até onde os olhos podiam ver: - Aqui estamos que fazer as honras, tem que ter muito cuidado para não chamar a atenção do velho coveiro que cuida do lugar. - Próximo de onde estavam Draken Sherard podia ver o casal diante o portão enferrujado podia ouvir atentamente o que diziam.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas e Becos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum