Ruas Kannin

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Qui 14 Abr 2016 - 14:04

Júlia se irrita ao ouvir o grito da rainha de Pejite, principalmente com os guardas.

- Sai da frente....querem abrir a porta que nem uma CRIANÇA. - isso vindo de uma "criança" chega a ser irônico.

Júlia pega seu machado Berserker e utiliza sua força máxima para derrubar a porta com o seu machado sem se incomodar se vai fazer barulho, e, depois de quebrar a porta irá procurar pela rainha.
Opção 1: Se ver a rainha e o rapaz que está tentando sequestrá-la irá atacar o rapaz com seu machado.

Opção  2: Caso não a veja a rainha irá pular pela janela e irá se transformar no dragão depois de pular a janela.
"Malditos, malditos, não deixarei que matem a rainha de Pejite, se algum dia alguém fizer não serão essas pessoas. Não deixarei isso acontecer!"

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Qui 28 Abr 2016 - 13:16

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Julia utilizando sua descomunal força para derruba a porta de forma violenta com a primeira investida fazendo o artefato cair de imediato. A mercenária se depara com a rainha sendo puxada por um homem de vestes negras que logo que logo avança contra ele violentamente desferindo um poderoso golpe contra ele, mas o sequestrador tenta esquivar, mas e atingido pela lamina da garota deixando cair um medalhão. Surpreendido pela jovem o misterioso homem encapuzado pula pela janela caindo em um carroça que dispara pela s ruas da cidade desaparecendo na escuridão, Matheus por poucos minutos consegue alcançar o veiculo, mas os cavalos pareciam ser mas velozes e forte do que o usual.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Qui 5 Maio 2016 - 9:26

Júlia vê que algo cai no chão no momento em que acerta o jovem que pula pela janela, caindo na carroça, e, Júlia faz a mesma coisa! Ela se joga lá de cima e se transforma no Dragão-Demoníaco e começa a perseguição do maldito rapaz.
"Não adianta se esconder na escuridão, pois posso ver você nela! Não irei matar você porque preciso que de informações e não me importa que sofra!"
Opção 1:
Se o homem encapuzado estiver no interior da carroça, ela irá utilizar a magia incendiar, e quando o homem sair ela o pegará com as garras e o levará para a rainha jogando ele pela janela e se transformando em humana para poder entrar também e gritará: - AMARREM ELE.
Opção 2:
Se o homem encapuzado estiver no exterior da carroça, ela irá pegar o homem encapuzado com as garras e depois irá utilizar a magia incendiar e o levará para a rainha jogando ele pela janela e se transformando em humana para poder entrar também e gritará: - AMARREM ELE.

Vantagem utilizada:
Radar (Ver na Escuridão Total).

Magia utilizada:
Incinerar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Dom 8 Maio 2016 - 22:48

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte
 
Então Júlia salta da janela do quarto, assumindo de imediato sua forma draconiana abissal perseguindo de forma frenética a carruagem que avançava em alta velocidade pelas ruas da cidade. O sequestrador que se encontrava no interior do veiculo e surpreendido pela magia incinerar que faz o interior do veiculo entrara em combustão o fazendo saltar para fora do veiculo em movimento para se salvar das chamas. Quando Julia em sua forma horrenda garra o criminoso retornando para onde havia começado a perseguição o lançando pela janela da hospedaria onde ordena que o sequestrador seja preso, então os guardas dominam o criminoso em solo o erguendo diante de Julia que retornara a sua forma de uma garotinha de aparência inofensiva.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Sex 13 Maio 2016 - 14:11

Júlia está ofegante por causa da perseguição, mas não está cansada.


- Você tem apenas uma opção! Responder as minhas perguntas claramente e de forma verdadeira, caso contrário irá sofrer pelos seus próprios atos. Quem mandou você sequestrar a rainha?


Júlia espera o sequestrador responder e, caso, ele se negue em responder, irá arrancar um dedo do sequestrador com o seu machado, e, perguntará novamente.

- Então, eu posso deixar você vivo ou então ir lhe torturando calmamente por longas horas até você me dizer quem foi o mandante! - Júlia mostra que está pronta para outra machadada e dá um sorriso sarcástico.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Sex 20 Maio 2016 - 0:30

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Julia estava cansada da perseguição adentra pelo quarto pela janela de onde arremessará o criminoso que já se encontrava devidamente amarrado em uma das cadeiras pelos guardas reais de Pejite. Quando a mercenária começa o interroga-lo o prisioneiro se recusa em cooperar se mantendo em silencio, então a sádica garota com seu machado lhe arrancar um de seus dedos deixando uma poça de sangue no chão do quarto. A rainha tinha sido retirada do aposento, e provavelmente  o  grito de dor do criminoso fora ouvido: - Por favor não. Eu irei falar foi um home de sorriso sinistro nos contratou, não sei que e ele, mas ele não parecia querer algo com o fracasso desta reunião. - Neste momento Matheus adentra um pouco ofegante pela corrida para retornar a hospedaria, ele se depara com aquela cena perturbadora com certa naturalidade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Sex 27 Maio 2016 - 17:29

- Eu sei que você sabe mais coisa. Fale tudo o que sabe, ou irei decepar mais um dedo, mas sendo assim sua escolha. O destino dos seus dedos estão em sua própria boca.
Júlia pega o machado novamente e sorri de lado.
- Devo lembrar que eu não me incomodo de ficar aqui acordada durante a noite toda. Mas a única diferença é que se me contar lhe darei a chance de sair vivo daqui, caso contrário, irei te matar, mas é claro que antes irei torturá-lo pouco a pouco. Então comece a falar. E quero saber onde você foi contratado. E é bom falar a verdade, te garanto que sou bem pior do que esse homem de sorriso sinistro. 



Júlia olha para os guardas.



-Tirem esse capuz dele.



Júlia olha com seu olhar extremamente frio como se já tivesse passado por coisas incompreensíveis para a idade dela de forma a deixar a pessoa assustada devido a idade da garota e depois espera o jovem falar, e, caso, ache que o jovem está mentindo, ou caso não fale nada irei cortar todos os seus dedos pacientemente.



- Então, conte-me tudo o que sabe! - diz de forma fria e em um tom calmo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Seg 30 Maio 2016 - 1:10

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Então antes que um dos guardas se aproximasse Matheus vai até o prisioneiro retirando seu capuz revelando seu rosto com algumas cicatrizes antigas. Estas marcas revelavam que este criminoso já passara por muita coisa durante sua vida criminosa: - Eu não sei muita coisa sobre este homem ou qual e seu objetivo, este estrangeiro parecia não ser daqui ou de qualquer lugar do continente ele pediu para encontra-lo nas margens do rio Kannin, penas isso que sei, eu realmente não sei que ele pretende fazer. - Então o homem olha para Julia com aparente preocupação a espera de sua resposta parecia temer o pior.  

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Qui 9 Jun 2016 - 13:29

Júlia analisa o tamanho da capa do garoto. 
 
- Prendam-no até as ordens da rainha pedir para que ele seja solto. Preciso do capuz dele, e de alguém com o tamanho desse jovem para que use esse capuz. 


Júlia verifica se o capuz cabe de forma adequada em Lacorte.

- Por favor, um dos guardas poderia chamar a Vossa Majestade. Obrigado por me contar jovem, mas tenho que prendê-lo no momento para não atrapalhar minha investigação.


Júlia espera a Vossa Majestade entrar.


- Preciso falar com Vossa Majestade e Lacorte a sós.


Júlia espera todos se retirarem e dá um tempo e fica em um local onde possa falar baixo sem serem ouvidos.


-- Vossa alteza, eu tenho um plano, mas preciso de vossa permissão. Sei que o mandante do rapaz encapuzado estará esperando ele nas margens de Kannin. Meu plano é o seguinte! - Mostra o capuz do garoto. - É fingir que obteve sucesso e a vossa majestade irá conosco. Iremos alugar uma carruagem que não seja a realeza e eu amarrarei uma corda falsa onde você poderá se soltar na hora que quiser e, dessa, forma, saberemos o plano dele. Meu objetivo não é matar o mandante e sim, fazer com que ele seja imobilizado ou desmaiado para depois eu fazer perguntas. Temos que saber como fazer com que seus guardas cheguem até a Margem de Kannin sem ser pelo mesmo caminho que o nosso. Pois se ele desconfiar de alguma coisa, com certeza irá fugir. De acordo com o plano para descobrir quem é o verdadeiro mandante e qual o verdadeiro objetivo nisso tudo? Sei que o plano é arriscado, mas não deixarei que nada aconteça a Vossa Majestade, eu prometo! E dessa vez estamos na frente do inimigo, e tenho certeza que não teremos outra chance.

Júlia sorri do seu jeito estranho e espera a resposta da rainha.

"Tomara que ela aceite!"

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Sab 11 Jun 2016 - 0:20

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Então tão logo o guarda acompanhado de alguns de seus companheiros vai chamar a rainha que se encontrava em um quarto alguns metros de onde estavam. Comparando o tamanho das vestes do criminoso com as de Matheus a jovem mercenária podia verificar que a roupa do prisioneiro cabia no rapaz perfeitamente. Logo os soldados retornam acompanhados da governante de Pejite que adentra  no cômodo se senta diante de seus dois jovens enquanto o prisioneiro era retirado: - Isto seria muito arriscado pois sabe que se der errado estarei exposta ao perigo, mas confio em teu julgamento, então aprovo se plano oque precisa para executar se plano? - Diz a rainha em um tom serio em quanto esperava a resposta de sua protetora.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Sab 18 Jun 2016 - 16:00

- Sim, não posso falar que o plano não é arriscado! Mas falarei qual é o plano! O plano é o seguinte, meu irmão irá vestir o capuz de quem tentou lhe sequestrar. E vossa alteza será nossa prisioneira, ou seja, o rapaz obteve sucesso em sua captura lhe levando para as margens Kannin. E onde eu entro nessa história? O rapaz viu que a sua guarda era muito forte, fazendo com que ele tivesse que contratar uma pessoa a mais para que pudesse lhe capturar e que fosse de certa forma inocente!

Júlia dá um sorriso! 

-E olha que coisa interessante, eu passo inocência, afinal sou apenas uma criança. Portanto precisaremos de corda para amarrá-la. É claro que não estará totalmente amarrada. Mas eu preciso saber de suas habilidades. Pois meu objetivo é desmaiá-lo, mas caso não seja possível e algo dê errado eu tenho um plano de fuga. Então, com certeza não irá morrer. 

Júlia olha novamente para a rainha.

- Precisaria que os guardas reais não a seguissem pelo mesmo caminho para margens de Kannin, pois isso deixaria o suspeito alerta e, dessa forma não conseguiríamos falar com ele. Precisamos estar perto dele para que o plano dê certo. Mande os seus guardas por outro caminho, pois no momento vossa alteza, só poderíamos realmente estar a senhora, meu irmão e eu! Então esse é o plano! Mas preciso de sua autorização.
Opção 1: Caso a rainha aceite, Júlia pega suas coisas, e sai junto com seu irmão e a rainha!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Seg 20 Jun 2016 - 0:43

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte
 
A rainha faz um breve silencio, respondendo em seguido a jovem Julia e ao seu irmão, ela aparentemente  estava um pouco mais tranquilizada: - Seu plano será executado desta forma meus guardas seguiram por outra rota para não serem percebidos. – Logo a governante de Pejite junto com seus dois guarda costas seguem para fora da hospedaria seguindo pela bela noite de lua seguindo pelas ruas desertas, havia uma carruagem simples estava a espera deles. Agora poderiam seguir andando ou utilizar o transporte rustico.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por juliamoreira2004 em Sex 24 Jun 2016 - 13:19

"Ele estava usando uma carruagem, então iremos usar a carruagem!"

-Vamos, irmão, vamos! É o seguinte, se você falar irmão, ele irá reconhecer a sua voz fazendo com que o plano falhe! Então não fale em nenhum momento, afinal sua língua foi arrancada por quase fazer o plano falhar. Portanto, eu falarei com o contratante. Lembre-se de não falar nem um pio.

Júlia entra na carruagem e pede para o irmão manejar a carroça.

-- Preparada para descobrir a verdade Vossa Alteza? Eu estou.

Júlia sorri com o canto da boca.



Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Convidado em Sab 25 Jun 2016 - 1:57

juliamoreira2004 e Matheus Lacorte

Então a mercenária juntamente com a rainha que acompanhados por Matheus que já se encontrava trajando as vestes do criminoso assume as rédeas do veiculo rustico estralando seu chicote que faz os cavalos dispararem pela estrada na direção do rio. A rainha de Pejite se mantinha perto de Julia em silencio por toda viagem após algumas horas de viagem eles chegam ao lugar ao anoitecer, o lugar se encontrava iluminado pela luz do luar refletida na água de Kannin.

off:
Receba 47 EXP por esta etapa ja adicionado ao seu perfil. Seu próximo poste sera no seguinte link: http://zephyr.forumeiros.com/t2817-margem-de-kannin

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas Kannin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum