Floresta Alihanna

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Sex 4 Set 2015 - 23:08


____________________________________________________________________________
(Floresta Alihanna)

A vasta floresta de Alihanna possui uma densa vegetação onde se encontra uma invejável fauna e uma grande variedade de flora com diversas funcionalidades medicinais e venenosas. Neste lugar existem muitas criaturas selvagens que habitam estas matas por muitas gerações, vivendo em harmonia com os elfos que protege esta floresta milenar e seus habitantes a qualquer custo.

OFF: Editado (Kalysta)
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Sab 5 Set 2015 - 12:09

@René, Takamoto, Blum

Ela não se via muito contente com a situação, mas querendo ou não tinha uma divida com eles e em seu grupo cada membro era honrado o bastante para pagar cada ajuda vinda de estranhos assim ela os guiou até o centro da floresta boa parte do caminho foi tranquila, mesmo não gostando de ser acompanhada por um demônio e o mais novo companheiro do grupo que mais parecia um ganancioso sem coração. Já viu muitos como Blum no final ele morreria prematuramente levado pela ganancia de querer mais sempre mais em nome do dinheiro.


A Raposa os levou até a entrada de uma floresta realmente densa de difícil acesso parou a sua frente e falou algo no idioma antigo dos druidas as arvores a sua frente lhe davam um caminho a seguir, logo andando por ela o trio se deparava com uma enorme construção que não deveria estar ali a mesma era envolvida pela floresta na verdade mesclada pelas arvores, plantas e flores.


Na entrada da mesma dois enormes ursos negros vestidos com armaduras feitas pela própria natureza ou material raro e especial os protegia, com eles ela pediu para passar com seus convidados tinha uma divida com o mesmo. Não demorou muito para estarem dentro de um enorme salão talhada por completo em algo parecido com madeira um tapete na cor verde levava a te o centro do lugar no mesmo haviam algumas janelas dando vista para um imenso jardim de uma beleza singular e estranho poucos tem o direito de vela a natureza parecia mais viva naquele lugar do que na própria floresta.


No centro do salão havia um tipo de trono no qual estava cercado por inúmeras cedas de cor branca e outras verde se despendiam do teto ao chão, que dificultavam a visão dos três não tinha como ver a pessoa que no trono estava sentado. Assim que adentrou a Raposa anunciava a chegada de ambos e pedia para terem cuidado com os comentários desnecessários ou atitudes na qual poderiam se arrepender mas tarde.


Ajoelhada ela se pronunciou -Minha senhora, estas pessoas aqui em sua presença merecem nossa gratidão por terem me salvado segundo nossas regras e pelas esferas que recuperei... A pessoa no trono não falou nada esperou apenas o relato dos três em seu salão antes de manda-los embora ou usar de suas habilidades para algo em especial, tudo dependeria da forma que se comportariam a sua frente. Quanto a jovem raposa pedia para ambos relatarem o motivo de estarem na floresta assim como o que queriam como forma de pagamento.


OFF: 
-Post livre para pedir e relatar o que estava fazendo na floresta, indagar sobre o que esta realmente acontecendo ou até mesmo querer ajudar a raposa contra os corvos.
- 9 esferas amaldiçoadas Takamoto.
-Manda Mp quando postar, com o link do tópico.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por René du Pont em Sab 12 Set 2015 - 23:01

Junto com o grupo segui Nystha até uma parte mais densa da floresta, então ela parou em frente a algumas arvores e sussurrou para ela em alguma linguagem desconhecida e ela se moveram, como se estivessem dando passagem, após mais algum tempo andando nos deparamos com uma enorme construção que não deveria estar aqui, porem ao mesmo tempo era como se fosse parte da floresta. Logo que chegamos a sua entrada avistei dois ursos enormes que parecia estar vestido com algum tipo de armadura, Nystha então pediu passagem e avisou que eu,Takamoto e o Blum eramos seus convidados e que ela estava em divida conosco.


Assim que entramos ela se ajoelhou perante a rainha, como por instinto, fiz o mesmo. Provavelmente por ser de uma familia “nobre” e ter aprendido Etiquete desde pequeno, Então ela se pronunciou dizendo. -Minha senhora, estas pessoas aqui em sua presença merecem nossa gratidão por terem me salvado segundo nossas regras e pelas esferas que recuperei. -Entao depois disso veio um silencio constrangedor como se a rainha quisesse que dessemos nosso relatorio sobre o acontecido, pensamento confirmado pela Nystha que nos pediu para relatarmos o motivo de estarmos na floresta e o que queríamos como pagamento.

Então comecei. - Vossa majestade, permita ser o primeiro a relatar os acontecimentos… Para mim tudo começou assim que fugi de casa, que fica no meio da floresta, cheia de magos Youkais… Fugi por razões particulares… mas voltando ao assunto, fugi sem pensar direito e então acabei perdido no meio da floresta, entao me transformei na minha outra forma. -Me transformo em macaco na frente da Rainha e depois volto a minha forma semi-humana. -Assim que me transformei subi em uma árvore e fiquei caçando presenças na floresta até que notei a presença de duas criaturas que pareciam ter a forma de cachorros, então decidi segui-los silenciosamente. Ao me aproximar noto que são dois lobos com o pelo cheio de sangue e que parecem estar rastreando alguma coisa, segui eles por mais algum tempo e vi que seguia apenas uma raposa, então me virei achando que era apenas uma caçada.. Até que Nystha usou uma magia, que criou um clarão e chamou minha atenção então voltei-me aos lobos conjurando uma bola de fogo na direção de um deles enquanto o outro agarrou a perna dela… E então o Takamoto chegou. -Aponto para ele. -Ele decidiu ajudar e conjurou mais duas bolas de fogo, matando um dos lobisomem, e eu finalizei utilizando a magia canhão em minha espada. -Levanto o cajado e mostro a espada. -Recuperamos a sacolinha da Nystha e quando iamos ver o que era aquela esfera  dentro da sacola ela se transformou em sua forma meio-humana. Decidimos devolver sua sacola, então do nada surgiu um guerreiro incrivelmente veloz e partiu na direção dela e eu…. Melhor eu parar de encher de detalhe sem sentido… Resumindo eu e Takamoto lutamos com e então do nada chegou Blum e deu o “Golpe Final”. -Digo Golpe Final fazendo aspas com a mão. -Ele começou a falar coisas sem sentido, então me voltei para a Nystha fiz algumas perguntas e então ela respondeu, dirigindo-se ao grupo, e nos pediu para ajuda-la a chegar no centro da floresta e algo sobre alguma recompensa… eeeeé acho que isso tudo… se a parte da recompensar for séria quero pedir para repararem minha roupa, se não for pedir demais queria poder morar com vocês aqui um pouco antes de sair novamente e tambem que Vossa Majestade nos explique o que está acontecendo.

OFF:
Escrevi rapidão hj e.e depois edito arrumando as cores das falas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Takamoto Lisandro em Sab 12 Set 2015 - 23:44

Sou sempre atrasado..

Andávamos para o centro da floresta e íamos tranquilamente por todo o caminho, avalia meus companheiros. O hobbit ganancioso, o humanoide macaco herói, a raposa serva e eu, um simples curioso demônio. Não parecíamos um grupo comum de aventureiros, e não posso fizer que eramos um grupo e sim um bando de indivíduos que acabaram de se associar por uma causa melhor.

A raposa não parecia contente com nossas presenças, eu só achava engraçado tal situação e se não fosse por minha seriedade estaria dando algumas risadas. Chegávamos ao destino, e que belo destino.. Uma construção que estava fundida com a própria flora do lugar, era uma bela e forte fortaleza feita a partir do tronco de arvores que parecia bastante sólido e resistente. Era bem melhor do que minha ex-casa.

Avistei dois ursos de pelagem negra trajando armaduras de uma boa qualidade, eles pareciam ser os guardas dessa construção e com um pedido da raposa passávamos por eles sem problemas. Entravamos em um belo salão e com um tapete verde que começava onde estávamos e ia até o centro do salão, conseguia ver um jardim com uma imensa intensidade de plantas que fazia a floresta parecer mais viva do que o normal, sentia que eu poderia morar ai por anos e ainda conseguir apreciar a vista deste jardim.

No centro do salão havia um trono cercado por tecidos de cor verde e branca que viam do teto até o chão, era algo bastante extravagante e um pouco desnecessário. A raposa anunciava a nossa chegada, eu não consegui identificar a tal senhora da raposa que estava sentada no trono a nossa frente, agora deveríamos falar o que desejávamos em troca da nossa ajuda... René foi o primeiro a discursar e relatar os acontecimentos passados e já nós apresentava, agora que ele dizia tudo não precisava dá tantas explicações.

Pensei um pouco antes de falar, talvez devesse ficar de joelhos e falar respeitosamente e isso que eu faria. – Muito prazer conhecê-la, me chamo Takamoto como René disso antes. Sou apenas um andarilho em busca de conhecimento, por acaso me deparei com sua serva sendo atacada e não pude deixar de me intrometer. Eu não desejo recompensa, eu quero conhecimento. – Retornando meu fôlego retornaria a falar. – Gostaria de saber sobre tudo que está ocorrendo e também se não for muito.. Queria aprender magias e algo a mais.

Offs:
Escrevi as pressas e depois dei uma corrigida pq o René tinha postado.. Foi mal a demora! René, depois quero que me ensino algumas magias! ^^
avatar
Takamoto Lisandro
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Blum em Dom 13 Set 2015 - 22:26

Olá!


Em primeiro lugar eu deveria agir formavelmente. Não queria que o meu precioso você embora em um piscar de olhos. Não sabia quem era a dama sentado naquele, mas meus instinto falava que ela era bem importante e cheio da grana e então teria que convencer ela que eu sou o máximo e que ele pode confiar em mim, esses dois para mim só serviram de subordinados, alias, eu sou o melhor de todos. Cheguei e matei um cara rapidamente, eles devem achar que eu sou bem forte e se esse for o caso eu tenho que impressionar a dama ali. Tenho uma sensação que eu vou me dar mal, mas quem se importa? Nada de ruim poderá acontecer comigo. 


Me curvando um pouco, deixando uma perna para trás e colocando a mão sobre o meu peito, indagaria. - Permita-me apresentar, eu sou Blum, o ladino mais confiável de todos. - Eu acho que essa apresentação foi muito boa, se eu acrescentar só uma coisinha, nada de mais, acho que não terá problemas. - Hehehe! Por acaso todos me conhecem como o homem mais confiável e forte do mundo, eu sou o cara que matou três dragões de uma só fez, minha força não tem limite, entre os três eu sou de longe o mais forte, esses dois são apenas membros da minha equipe. - Acho que não exagerei nada, essa apresentação foi muita boa. Com certeza ela estará de boca caída com minha impressionante façanhas. Acho que tenho que apenas acrescentar uma coisa. - EU VIM AQUI PORQUE EU QUERO DINHEIRO, EU SEREI O HOMEM MAIS RICO DO MUNDO, MADAME! - Apontaria o meu dedo indicador para ela, com um sorriso enorme no meu rosto.


Eu sou a pessoa mais impressionante nesse enorme mundo, ele já está no papo, minha conversa foi muito boa comparada daqueles dois, cara não sei como eles falaram aquilo, eu sou, cara eu acho que nem mais preciso me gabar, só pela a minha aparência eu me destaco. Eu sou o mais forte!
avatar
Blum
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Sab 19 Set 2015 - 14:13

@René, Takamoto, Blum

Em frente a guardiã daquele lugar o trio se pronunciava como esperado, o primeiro foi o garoto macaco, dele todo o grupo ali presente tinha uma simpatia por ser um irmão de raça quem sabe. Ela prestou atenção em cada palavra que o garoto pronunciou, assim como não gostou nada da presença do Takamoto, mas pelas regras sua subalterna o devia, no minimo naquele momento ela deveria ser cordial com ele, mas o ultimo convidado o pequenino fugia da realidade na qual ela vivia, não sabia se ele era um sonhador fanfarão ou estava a falar a verdade e quando apontou seu dedo a ela foi quase um movimento digno de ir a forca. Materializava-se em meio ao salão um de seus guardas mais fieis ficava a sua frente e ela que se levantava de onde estava começou a andar frente ao grupo sua presença e beleza deixava o grupo sem jeito, aquilo era algo natural digno de uma criatura da natureza.

- Termine o que vou te pedir e viverás aqui no meu reino para todo o sempre René... Levantando sua mão ela dava-lhe roupas novas por forma de magia. Já em relação ao demônio ela o encarava sem expressar nenhum sentimento sabia que um dia ele cairia na perdição. - Você quer conhecimento? Apenas isso, eu me pergunto para que você usaria nossos conhecimentos ou até mesmo as magias que poderíamos te ensinar aqui, mas como ajudou minha serva meus conjuradores vão te ensinar três magias... Ela olhava para o Hobbit -Você é o lider ? Se quer apenas ouro lhe darei como pagamento por ter salvo minha serva...Assim ela estalava os dedos e o seu guardião saia pela porta não demorou muito para ela voltar com dois guerreiros ursos a carregar um baú o largando a frente do Hobbit. -Este é o teu pagamento... Ela voltou a sentar em seu trono, e desta vez falava.

-Eu sou Leanan e comando boa parte da floresta em nome da deusa  da natureza mantenho o equilíbrio do lugar, somos divididos por clãs e no momento um grupo se rebelou contra a minha vontade , junto a eles reuniu-se o clã dos corvos, em resumo querem tomar o poder que tenho, mudando as esferas que cada ser carrega, em especial as raposas... Sua guardiã pegava a sacolinha com as esferas e entregava a sua senhora, não demorou um segundo para que todas ao toque da mulher ganhassem seu brilho natural novamente abandonando a presença maligna.

-Podem ir embora, Takamoto e Blum eu já os paguei e obrigada pela ajuda... A guardiã os guiava pela porta ambos. Explicou para Takamoto seguir um dos ursos que o levaria a uma sala em especial para aprender as magias como pagamento. Quanto ao Hobbit outro grupo de ursos carregava seu bau e junto ao pequeno o encaminhava para a saída do palácio, mas se ninguém tomasse alguma iniciativa sobre reagrupar e ajudar a Nystha cada um seguiria seu caminho René por sua vez foi permitido a andar com ela e viver ali como pediu. Mas Takamoto assim que aprende-se as magias seguiria seu caminho junto do pequeno para fora do lugar.

OFF:- Takamoto vai aprender Magia Emaranhar, dados Gélidos mais uma a sua escolha que tu consigas aprender pela tua Int.
-Blum ganhou 150 Po. basta apenas carregar o bau.
-Cada um vai seguir seu caminho separado se não tomar alguma iniciativa de ajudar o René, que depois de descansar vai sair em missão com Nystha.
Rainha:
Guardia:
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Takamoto Lisandro em Qui 1 Out 2015 - 13:53

MAGIAS!

Ela deveria saber o quanto achei divertido o olhar de desconfiança em mim, ela não gostava de mim e isso é um fato, mas fica ainda mais divertido por causa da sua maneira de nós dar uma recompensa apenas pelo ato de ter salvado sua criada e nem ao mesmo esboçar gratidão. Seus olhos eram gélidos para mim e queria quer eu saísse de seus domínios o mais rápido possível.

O hobbit era estranho e sua personalidade me interessava, porém se ele continuasse irritando a senhora deste local iria acabar morrendo pelos guardas. A senhora deve ter tolerou e seguiu nós dando as recompensas, era me garantiu o ensinamento de três magias e eu não poderia ficar mais feliz com tamanho conhecimento que eu adquiriria. Ela me perguntava para que eu usaria esse conhecimento, gostaria de soltar uma pequena piada, mas a guardei para mim.

Obrigado. – Falei e em seguida o Hobbit ganhava o que tanto queria, era um baú grande de dinheiro e não acho que ele conseguiria carregar. Seu nome era Leanan e era uma serviçal da deusa da natureza, parece que o clã dela está em um conflito com o clã dos corvos pelo que parece. Ela tocava os cristais que eu havia pego e todos cintilavam com uma energia pura, agora ela terminava de falar e nós mandava ir embora de seu lar. Eu iria com todo o prazer após terminar de aprender minhas magias.

Fui em direção ao hobbit e lhe disse. – Não me lembro se nós apresentamos, me chamo Takamoto Lisandro. E o seu nome? – Depois de escutar sua resposta diria. – Gostaria de mais recompensas? Que tal ajudarmos Leanan? – Iria convencer o baixinho a me seguir, ele tem habilidades e seria útil na missão que iriamos empenhar, ele em busca de riqueza e eu em busca de respostas e mais conhecimento. E em um tom mais sério continuaria. – Eu vou participar da missão, então venha comigo.

Convencer o hobbit seria fácil, e depois de aprender minhas magias e descansar eu estaria pronto para essa nova quest.

Offs:
Não sei se o René vai postar então seria melhor pular... O Blum disse quer iria postar! 
- A magia que eu quero aprender é: Vislumbre do Inferno, para ver melhor aqui o link: http://zephyr.forumeiros.com/t2873-encantamentos
avatar
Takamoto Lisandro
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Blum em Qui 1 Out 2015 - 21:08

~Dinheiro move o homem!~
No caso, o homenzinho.


Esbanjava um grande sorriso da minha boca com aquela grande quantia de dinheiro, estava no paraíso. Mas essa história não cabia muito bem, se aquela mulher me deu essa quantidade de dinheiro como se não você nada ela é podre de rica. Então, ainda eu tenho que juntar muito dinheiro e virar o homem mais rico do mundo e esfregar na cara desse povo. Por hora eu apenas poderia fazer uma coisa, uma coisa que qualquer homem com essa quantia faria. Quando os ursos tivessem levado minha grana para fora, abriria o baú e então... – Vem para o papai! – Pularia para dentro do baú. Depois de alguns segundos sairia dele gritando. – MEEERDAAA! PARECE QUE GRANA NÃO É MACIA. PENSAVA QUE FOSSEM IGUAL ÁGUA E QUE EU PODERIA NADAR E TALS! – Gritaria insanamente! Estava puto. Nunca pensei que dinheiro podia doer tanto.
 
De repente noto a aproximação de um cuzão. Tinha convidado ele e o outro maluco para entrar no negócio, mas ainda eles não falaram nada, será mesmo que eles escutaram? Bem, eu tinha que manter a minha cabeça serena, abriria um sorriso, deixaria que minha capa azul cobrisse os meus olhos e colocaria minha mão à frente do queixo, e enfim ouviria o que o ruivo queria falar comigo. – Hm... – Pensava. – Interessante. Meu nome é Blum, o homem que derrotou cinco dragões. – Pausaria. – É claro que eu topo ganhar mais dinheiro, mas que pergunta escrota! HAHAHAHAHAHA! – Começaria a rir muito alto e com um enorme sorriso no meu rosto. – O que você está esperando? Vamos logo! Quanto mais rápido: melhor!
 

Eu só iria lucrar com aquilo tudo, aquela mulher tinha uma grande riqueza, já estava pensando em roubá-la, de um jeito estranho as coisas estão rodando em torno de mim, eu sou o centro do mundo. Após isto seguiria o Takamoto, o meu novo subordinado. Eu sou bem mais forte que ele só pra constar.
avatar
Blum
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Sab 3 Out 2015 - 21:59

Rene Santana falou que ia postar, se ele não postar amanhã de manhã eu dou continuidade com vocês dois.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Dom 4 Out 2015 - 11:14

Na presença da senhora daquele lugar cada um seguiu seu rumo e contente com sua recompensa, Takamoto era guiado até outra sala, blun é encaminhado até a saída do lugar com o seu bau, estranhamente quando jogado ao chão ele apenas o abria e desfrutava de seu ouro de uma forma estranha, neste meio tempo Takamoto cruzou seu caminho e em uma rápida conversa tentou convencer a criaturinha a unir-se a ele e oferecer seus serviços a rainha, quem sabe não teriam mais ganho e recompensas a ajudando.

Blun o respondendo ou não permaneceu do lado de fora do lugar logo os guardas o levariam para fora daquela área, mas por enquanto o deixaram ali a espera do demônio, que não demorou muito a aparecer com ele estava em suas mãos três pergaminhos contendo as magias que ele queria, não demorou nem meia hora de espera do lado de fora e raposa que ambos salvaram aparecia para leva-los em bora.

-Vamos embora...não se preocupem assim que deixarem este lugar não vão mais se lembrar do caminho para encontra-lo... Vou leva-los em segurança para fora deste domínio antes de retomar minha missão contra os corvos...

Aquela era a hora oportuna para aproveitar-se da situação e oferecer sua ajuda, vendo que as recompensas eram boas demais para serem deixadas de lado, e como mostrado antes a dona do lugar é muito rica e poderosa.
OFF: 3 pergaminhos Takamoto, e blun com o bau 150 PO, não sei como vai arrastar isso.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Takamoto Lisandro em Dom 4 Out 2015 - 13:09

QUERO MAIS MAGIAS!!!

Com três pergaminhos em minha posse não poderia estar mais feliz, soltando meio sorriso caminhava em direção de Blum que havia concordado em ajudar na missão contra os corvos e só faltava declarar que iriamos nós oferecer para completar a quest. Depois de meia hora a raposa aparecia para nós lançar para fora deste forte, porém ela teria uma surpresa.

Uma boa oportunidade surgia e logo eu dialogava com a raposa. – Não vamos embora. – Diria e depois continuaria. – Gostaria de aprender o que está nesses pergaminhos em um silencioso local... Ah! Vamos participar da luta contra os corvos. - E contemplaria a reação da raposa e depois soltaria um suspiro.

Também preciso restaurar minhas forças, pode falar com Leanan que iremos participar da missão. Eu ficaria grato, por enquanto vou aprender algumas magias. – Esperaria a resposta da raposa, e se ela recusasse a fazer o que peço sentaria no chão e abriria um pergaminho e falaria. – Não vou sair daqui até você fazer o que eu pedi, por enquanto vou estudar essa magia.

Caso ela aceitasse e fosse falar com Leanan, eu iria trocar algumas palavras com o Blum. – Ei, acho que vamos passar um dia aqui para nós preparar para missão. Se eu fosse você, dormiria bem e tentaria aprender algo. Eu vou aprender essas magias e depois descansar..

Offs:
Resumindo: Vou participar da missão e quero um tempo para aprender as magias e descansar.
avatar
Takamoto Lisandro
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Blum em Seg 5 Out 2015 - 17:25

Treino?
Apenas um ser pequeno.


- Então.... Como diabos irei carregar esse negócio por aí? Você está brincando comigo. – Eu nunca cogitei de ganhar tanto dinheiro de uma só vez. E estranhamente os ursos parecem estar bem puto comigo. Não tinha feito nada com eles, não tinha desrespeitado a dama, bem, parece que ele não gosta da presença de pessoas mais fortes que ele. – HAHAHAHA! – Gargalharia altamente. Acho. Apenas acho. Isso é obra da minha maldita marca, quando eu ganho eu perco.  
 
Olharia para um urso com um sorriso medonho, caso tivesse um guarda perto. Então pegaria o baú e ficaria puxando com todas as minhas forças para dentro do palácio, se não conseguisse isso não era de se espantar, apenas procuraria um guarda e MANDARIA o urso levar o tesouro para dentro do castelo. Qual fosse a resposta eu iria até onde estava Takamoto. Olharia para ele e indagaria. – O manda chuva chegou, se prepare logo. Também treinarei aqui.
 

OFF: Se possível queria treinar SALTO e se não der eu queria aumentar o meu nível de perícia com adaga. Grato! o/
avatar
Blum
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Sex 9 Out 2015 - 6:23

-Blum & Takamoto.
____________________________________________________________________________

 Frente a ambos a raposa não gostava da insistência e ganancia da dupla, mas teve de aceitar naquele momento qualquer ajuda era bem vinda, no final a raposa guiou o pequeno ambicioso para uma sala em especial na qual ele treinaria suas habilidades, sem perceber ele já estava ganhando muito mais do que merecia ao ver dela.

 A jovem raposa guiava o Blum entre um extenso corredor talhado na madeira as tochas em ambos os lados clareava o lugar com uma luz débil de cor verde fraca, ali naquele corredor ele a seguiu junto a um guarda urso que carregava seu baú resmungando sobre o pequeno ser muito folgado, no final ela parava frente a uma enorme porta de madeira não tão enorme assim só dois metros e meio de altura por dois metros de largura, quando abriu a porta mostrou onde o pequeno ficaria hospedado o lugar tinha uma cama e um pequeno bau as duas janelas que tinha em seu quarto davam de frente a uma bela vista de mais outra parte de um imenso jardim florido, aquilo era um paraíso o urso deixou o bau, no quarto e foi embora resmungando ainda mais balançando o braço seu ombro estava dolorido e tudo aquilo graças ao pequeno folgado. 

 A jovem fechava a porta e naquele momento o treinaria, pediu para ele se preparar para o treino, tanto no uso de suas habilidades quanto ao uso de suas armas. Novamente ela o guiava pelo corredor até chegar em outra sala que continha inúmeras armas nas quais somente quem servia a rainha tinha o direito de usa-las em sua maioria todas tinham alguma propriedade magica, roubar uma arma daquela sala era algo imperdoável, a jovem apontava para as armas e armaduras.

-Vamos escolha seu equipamento para o treino, e me encontre lá fora para começarmos... Ela apontava para outra porta que dava acesso a área de treinos lá veria do que aquele folgado era capaz.

 Takamoto era guiado pela guardiã, o motivo era que a raposa não se sentia confortável na presença dele, Takamoto também seguia pelo corredor talhado na madeira viu as tochas na parede com a luz fraca de cor verde, mas ele não foi levado para um quarto e sim direto a uma outra sala já preparada para o aprendizado de magias a porta desta sala era feita inteiramente de prata com as mesmas medidas das demais portas dois metros e meio de altura por dois metros de largura, o lugar era bem iluminado na verdade a iluminação vinha de seu teto de vidro cercado por raízes a decoração do lugar era no minimo exótica como tudo ali, em um canto tinha varias mesas com equipamentos de alquimia, sem contar as seis estantes a sua direita com diversos livros, sua guia estendia a mão para pegar os pergaminhos do jovem e dar seguimento ao aprendizado.

- Vamos me dê os pergaminhos vamos começar com o seu aprendizado, se queres nós ajudar deves realmente ficar forte...

 A guardiã sem nome lia  o pergaminho e em uma mesa desenhava os símbolos magicos e explicava um por um assim como os movimentos de conjuração, bastava Takamoto prestar atenção nas explicações e movimentos da guardiã que devolvia seu pergaminho pedindo para ele tentar conjurar aquela magia na qual escolhei aprender de inicio.


OFF: Blum em regras existe treinamento você ganha 20 exp, por post treino, e para adiantar isso darei mais um Bônus por sua narrativa.
-Quanto aos itens todos são magicos, bônus de +1 á +8, algum talento ou até mesmo simulando alguma vantagem, mas você teria de saber os efeitos de cada arma, pois nelas não tem a descrição de sua habilidade, no máximo você pode ir por dedução sobre os detalhes de algum item em especifico, Algum bastão com desenhos em relevo de chamas etc... (Mas é por dedução), ou apenas pergunte para ela se tem tal item em especifico.
-Você não pode ficar com o item e nem tente roubar.
Takamoto apenas descreva a forma que aprendeu a magia, você ganha 20 exp, por aprender a magia + Bônus narrativa.

____________________________________________________________________________
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Takamoto Lisandro em Qua 14 Out 2015 - 20:43

VISLUMBRE DO INFERNO

Eu e Blum nos separávamos e agora minha companhia era uma guardiã daquele local, me pergunto o porquê a raposa não quis me mostrar o caminho e isso só me fazia pensar que era não gostava de mim e agora que sabia iria a importunar um pouco de vez em quando afinal eu adoro ver as expressões negativas que as pessoas fazem, pois elas me divertem e eu sou um demônio. Seguia por um caminho com paredes talhadas e tochas com luzes verdes e fracas que transmitia uma calma e um sentimento que o tempo agora estava mais lento.

Entrava em uma sala que deu para deduzir que era especialmente feita para treinar artes magicas e havia vários livros que se pudesse leria todos, porém nosso tempo aqui era curto porque a senhora não parece gostar muito da nossa visita. A guardiã pegava os pergaminhos e dava início aos ensinamentos sobre as magias que foram dadas a mim, ela lia o pergaminho sobre uma mesa com detalhes simbólicos de magia e dizia cada movimento que deveria fazer para executar tais magias.

Prestava muita atenção em suas explicações já que eu tinha uma certa sede por informações novas e não deixaria nada para trás. Diante das explicações começaria com a magia que mais me parecia do meu feitio, eu acho essa magia deveria ser obrigatória para todos os demônios terem e assim escolhi o Vislumbre do Inferno.

- Eu quero aprender Vislumbre do Inferno. Me ensine. – Diria a guardiã e esperaria ela me dizer as informações sobre a magia e os movimentos que era preciso fazer para executa-la e assim faria, algo que precisaria fazer era demonstrar o inferno para a pessoa na qual eu usaria este feitiço e como demônio conheço o inferno muito bem, também precisaria estar perto do alvo e conseguir um contato visual, mas não é necessário enxerga-lo e seguindo essas instruções tentaria aprender esta magia.


avatar
Takamoto Lisandro
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Blum em Dom 18 Out 2015 - 17:06

Treino


- Tsc! – Essa raposa era com certeza uma folgada, ele devia mostrar mais respeito a quem salvou ela. Tinha muitos itens interessantes que eu podia roubá-los, mas não conseguiria passar pela a segurança, eles podiam ter itens mágicos e também não conseguiria levar meu querido ouro e isso não seria nada bom para mim, acho que a melhor escolha é ficar aqui e treinar, além disso posso extorquir aquela raizinha para mim dá mais dinheiro, talvez a casa dela, ela provavelmente é bem fraca e não aguentará nem um soco meu...
 
O que diabos eu estou pensando? Tenho que deixar isso para outra hora. Olharia para todas as armas que tinham lá e pegaria duas adagas (se possível uma de gelo, caso não tenha uma de ar) que parecesse interessante. Isso bastava, essa raposa não passa de uma fraca, minha força é colossalmente maior que a dela, bem, eu posso dizer que eu sou um colosso e ela apenas uma formiga, em comparação a nossa força. Vai ser bem fácil, talvez eu que treine ela mesmo. – HAHAHAHA! – Então andaria lentamente para aquela área que a garota tinha falado, e com um grande sorriso na minha boca. Cara, como eu sou forte. – Então vamos começar essa joça!
 

Primeiramente iria esticar minhas pernas. Dobraria a perna a direita – de modo que ela fique na bunda- então equilibraria-me e manteria essa posição por 10 segundos e faria o mesmo movimento com a outra perna. Quando terminado respiraria profundamente. – Certo! Irei começar. Que tal eu tentar te pegar, mas eu apenas irei pular, hein? – Isso provavelmente vai ser um treino para ela, como eu previa, sou muito forte para ela. – Irei contar até 10, hein. – Quando terminasse iria inclinar meu corpo e pularia para frente(igual a galera do naruto), sempre flexionando o meus dedos para frente, caso ela quisesse que eu fugisse iria fazer a mesma coisa, na hipótese de propor outro treino iria tentar fazer o que ela pedisse.
avatar
Blum
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Saphira Odin em Seg 19 Out 2015 - 6:37

-Blum & Takamoto.
____________________________________________________________________________

 Takamoto, se dava ao trabalho de perder seu tempo pensando na raposa, certamente ela não gostava dele, tinha deixado isso bem claro desde o dia em que a salvo, por fim o jovem seguia a guardiã, fez tudo o que a criatura lhe pediu, sem demora ele escolheu a primeira magia na qual queria aprender, a guardiã lhe ensinava os movimentos e a entonação usados para conjurar a magia ensinou tudo passo a passo, com a maior calma possível, assim que deu ela o deixou treinar os movimentos sozinho, para no final ele manifestar o poder seu pergaminho se desfazia em cinzas, logo ele tinha assimilado aquele poder.  A guardiã pegava o outro pergaminho e dava suas explicações de como conjurar a magia contida no mesmo sem mais demoras. 

 Quanto ao pequeno ganancioso, ele foi levado pela Raposa a outra sala, em meio a tantas armas ele escolhei apenas um par de adagas magicas, foi ao centro da arena para praticar seu alongamento antes de começar seu ataque, a Raposa por sua vez não pegava nenhuma arma, não precisava ela era uma lutadora e usava magias  de apoio.

 Quando o viu saltar ela o imitou só que na hora do impacto entre ambos ela usava de sua magia a fraca luz que seu punho emitia denunciava seu próximo golpe um simples soco na direção do pequeno que se desviava na ultima hora evitando cer acertado, bom não foi um desvio perfeito uma vez que ela conseguia rasgar uma pequena parte de sua veste, quando caísse ao chão ela sorria 

-Vamos, acho que você pode fazer melhor que isso pequeno coelho? Ela ficava a sua frente de forma defensiva não o atacaria deixaria ele vir de forma afobada para cima dela.

OFF: OFF: 30 XP, para ambos já adicionado ao perfil, quanto ao Takamoto pode colocar em sua ficha a magia aprendida no treino.
____________________________________________________________________________
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Takamoto Lisandro em Seg 19 Out 2015 - 19:44

2° Mission

Sentia a nova magia ser aprendida e as cinzas do pergaminho só confirmavam o fato que agora estava mais poderoso, soltando um sorriso e olhando para os demais pergaminhos que faltavam e pensei o quanto era divertido aprender coisas novas. Sentia que agora sua presença de demônio havia voltado com essa magia que utilizava as trevas para executa-la e até então suas magias de origem demoníaca haviam sido suprimidas pela amnesia e se sentia um pouco incapaz de demonstrar seus poderes das trevas.
 
Agora os movimentos que usava para executar o Vislumbre do Inferno se tornava natural e devia prosseguir para outra magia, a guardiã me entregava as informações e as maneiras de conjurar a magia e compreendendo o que deveria ser feito iria tentar aprender. Seguindo as instruções e diria enquanto tentava conjurar a magia em um canto que não causasse muita destruição não queria que aqueles livros fossem destruídos, nem imagino a dor que sentiria de ver tanta informação sendo descartada. – Emaranhar!
 
Veria se tinha conseguido desferir a magia no lugar onde havia mirado e se nada acontecesse daria um suspiro e me preparando de novo tentaria mais uma vez conjurar o Emaranhar.
avatar
Takamoto Lisandro
Aventureiro
Aventureiro


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Blum em Seg 26 Out 2015 - 21:25

~GANHANDO FACILMENTE!~
Como ser um ladino.
- Hã? – Um desafio bem interessante por parte dela. Ela está duvidando das minhas habilidades, bem eu tenho que dá uma lição nela para aprender quem é que manda no pedaço. Acho que foi apenas pura sorte ela ter me acertado de raspão e isso não te repetirá novamente. O homem mais forte do mundo não deixaria seu título ser manchado. – Bem, então não vá chorar depois. -  Ergueria minhas duas adagas e apertaria bem o cabo delas, enquanto analisaria ela para ver se encontrava um ponto fraco. – AGORA VEJA A VELOCIDADE DA LUZ!
 
Sairia correndo disparado em direção a raposa, começaria a correr em ziguezague, quando estivesse perto dela (3 metros), agacharia bem minhas pernas, porém não perderia a velocidade, flexionando bem os dedos dos pés e enfim pularia na direção da mesma, como se fosse uma flecha, isso era o que ela acharia que era, estava tentando passa a mensagem que seria uma espécie de empurrão, ataques como estocadas são bem simples de se esquivar, não precisa nem ser um mestre. Agora ela está lutando com o mestre da velocidade, tenho CERTEZA que não conseguirá prever minha próxima ação, quando ela estiver se preparando para se esquivar do meu simples avanço eu iria fazer outra coisa, acho que ela está me subestimando muito por causa da minha altura, provavelmente achará que eu não farei algo tão elaborado, assim estarei um passo à frente dela.
 
Quanto estivesse quase atacando nela, iria movimentar o meu para o chão e em seguida iria dá um pulo bem alto(tipo na altura da cabeça dela), algo que seria bem ariscado, como diz o ditado ''quem arrisca não petisca'', o modo que ela iria se esquivar seria indo para o lado, enquanto faria um ataque em minha direção fazendo com que eu caísse no chão rapidamente e depois seria imobilizado, ou ela simplesmente não esquivaria, apenas daria um soco em minha direção, fazendo com que a força do oponente fosse contra ele, essas são as esquivas possíveis para se desviar, então dá um pulo no limite do limite daria certo. Caso ela pulasse de forma para se esquivar, iria dá uma rasteira de modo para parar o meu pulo, então viraria-me para o lado que a raposa (a frente dela) estava e então pularia, enquanto ela estivesse perto de pisar no solo.
 
Então no ar, quase na altura do cabeça dela, daria um mortal para frente de modo a ficar atrás da raposa. – Te peguei. – Falaria em um tom tenebroso, como se fosse uma alma penada. Moveria minhas pernas para o ombro dela, então colocaria minha espada no pescoço da oponente. – A vitória é minha! – Gargalharia. Caso o ponto fraco da raposa estivesse exposto iria para aquela direção, colocando todo meu peso para conseguir chegar mais rápido e tentar fazer um corte na horizontal.
 
Se em qualquer momento a raposa tentasse contra atacar, iria tentar me esquivar. Caso fosse um ataque na vertical, pularia para a direita, enquanto faria um corte na horizontal em direção a garota. Na hipótese de ser um soco na horizontal (tipo um cruzado), pularia para cima e avançaria com uma estocada. Caso fosse um ataque na diagonal começasse da direita para baixo, rolaria para o lado direito, assim faria o mesmo se começasse pela a ''minha esquerda'', rolaria para esquerda, então pularia para frente fazendo um corte na horizontal. Se estivesse no ar, não teria como esquivar, apenas tentaria colocar toda a minha força para baixo.
avatar
Blum
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Não é o Diff em Sab 7 Nov 2015 - 22:37

Takamoto conseguiu aprender a magia com sucesso, e enquanto estudava o pergaminho ele teve um pequeno momento de clareza, uma pequena intuição em relação ao estudo da magia que havia acabado de fazer, e a partir disso pensou poder adquirir mais caso tentasse, talvez se ele tentasse estudar um pouco as propriedades da magia através do uso ou qualquer outra forma. Porém ele teria que fazê-lo antes que aquele momento de clareza passasse.

Blumayden demonstrou sua clara superioridade tanto em habilidade quanto em velocidade, e venceu a raposa com movimentos perfeitamente executados, ganhando até mesmo a admiração da própria raposa durante o treino, que preferiu não mencionar tal fato.

Desejariam continuar treinando ou desejariam fazer sua missão? Agora teriam de escolher.

Blum recebe 60 XP

Takamoto recebe 35 XP e um bônus de Insight no próximo turno apenas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Hiroshi em Dom 22 Nov 2015 - 20:16

E finalmente estava livre. Livre de todas as obrigações de ser o filho do chefe e livre das demais obrigações entediantes, agora poderia seguir meu rumo, traçar meu próprio destino. Não tinha palavras para descrever essa sensação, e a linda floresta que se encontrava ao meu arredor só intensificava essa sensação. Respirei fundo e inspirei, então a mesma frase que havia pensada sai como palavras de alivio de minha boca:
*Finalmente...livre....
Mas toda ação, tem uma reação. Ao mesmo tempo que me sentia livre, não sabia o que fazer. Para onde ir? O que fazer? Esquerda ou direita? Tudo se tornava confuso, era a primeira vez em que me aventurava fora da barreira que escondia meu lar, então pensei no que meus pais fariam, e cheguei a resposta, respirei novamente me sente de joelhos cruzados juntei as palmas das mãos na frente do corpo e fechei meus olhos. Estava acalmando meu espírito, mente e corpo. Menos de um minuto se passou e abri os olhos, separei as mãos e coloquei em minha mochila na minha frente assim pegando o mapa e brindo-o para examina-lo:
Parecia ser um mapa de todo o continente, mostrando todas as cidades, florestas, castelos, estradas, etc...E ainda com um círculo onde mostrava os limites da barreira magica e onde, mais ou menos, eu estaria e a direção em que eu deveria seguir para chegar a estrada mais próxima. Guardei mentalmente onde seria a direção onde, pelo menos, deveria ficar a estrada, guardei o mapa, coloquei a mochila nas costas e me levantei. Um sorriso. E segui com confiança nos olhos, mas ao mesmo tempo receio em meu interior pois praticamente tudo o que sabia sobre o continente havia lido apenas em livros, e livros podem muito bem estar desatualizados, e isso poderia ser uma grande desvantagem que caia pesadamente em minhas costas, então teria de ser cauteloso em praticamente tudo o que eu fizesse.
Então prosseguia a viagem por entre a linda floresta...
 
Off:

-Desculpa a demora eu realmente tinha esquecido que consegui uma narradora rsrs
avatar
Hiroshi
Novato
Novato


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Rubi Make em Seg 23 Nov 2015 - 9:05

@Hiroshi

Desvendar os mistérios do mundo será algo muito bom para o pequeno, aliás, o mundo real é muito mais emocionante do que as coisas que contam nos livros.

O mapa era tudo oque o jovem precisaria para se locomover pelo mundo, e a floresta era um ótimo local para iniciar a aventura. Local calmo e muito bonito, provavelmente passaria por alguns elfos e animais amigáveis. Do ponto em que estava até a estrada mais próxima levara 2 dias de caminhada, tempo suficiente para o jovem colocar a ideias no lugar e decidir oque irá fazer da sia vida.

OFF: coloque sua ficha na assinatura.
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Hiroshi em Seg 23 Nov 2015 - 21:05

Dia um. Acabei de me aprofundar mais nessa floresta, ela por algum motivo tinha um ar um tanto quanto magico talvez?. Fui andando calmamente sempre atento a tudo, de coisas banais como folhas caindo a animais como servos ao longe. Sempre via animaizinhos como esquilos e coelhos mas sempre quando me aproximava eles fugiam. Para eles eu devia ser um gigante horroroso que come carne. Um sorriso. E continuei, eu parecia as crianças do clã quando viam doces, só que eu era com a natureza explêndida do lugar.
Algumas horas se passaram, estava de tarde e provavelmente logo cairia a noite, e uma coisa me chamou a atenção, uma pequena "ilha" com uma grande árvore no meio cercada por um lago que era bem pequeno também. Isso me lembrava as histórias de castelos que eram cercados por lagos gigantes. Fui até a margem do laguinho, me abaixei e encostei a ponta dos cinco dedos no chão e falei enquanto olhava para a margem do outro lado:
*Ten'nen-bashi*
"Ponte natural"
E cinco grandes raízes saíram do chão logo a frente indo rapidamente até a outra margem e no meio do caminho se entrelaçando. E quando estavam cravadas no outro lado formaram uma espécie de ponte. A atravessei e quando estava do outro lado olhei para cima vendo muitas folhas dessa enorme árvore caindo, ela devia ser muito antiga, e isso me lembrou de uma frase que havia lido em um livro: "Nós somos igual as árvores, crescemos, nos multiplicamos, criamos laços e, então, perecemos"
Me sentei no pé da árvore me encostando nela e comecei a ler meu livro.
"O senhor dos anéis"
Era o nome, ele parecia mais uma bíblia, mas com tudo toda via devia ser emocionante. Quando me toquei ja tinha lida mais ou menos 1/4 do livro e já estava de noite, fechei o livro tomei um gole d'água e voltei pela mesma ponte. Prossegui mais um pouco, parei no pé de uma árvore qualquer me sente de joelhos de costas para a mesma, colocando minha mala ao meu lado comi um pouquinho e dormi. Esperando que talvez chegasse a estrada logo no dia seguinte...


Off: 
-A parte das pontes foi o princípios da magia de terra, ok? Se n der ficaria como adagas de gaia ^-^.
-Não narrei os dois dias por que sei que entre esse tempo poderia acontecer algo de importante que você narraria.
avatar
Hiroshi
Novato
Novato


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Rubi Make em Qua 25 Nov 2015 - 9:20

@Hiroshi
*****************************
Cap. 01
Unraveling A New World



Uma pequena ilha com uma grande arvore, era um local propicio para um descanso, no caso do jovem Hiroshi, se tornou também um local para leitura.

Nada de novo aconteceu na Floresta, nem no lago em que o jovem se encontrava, oque ele podia observar, caso fosse a intenção dele, era a incrível fauna e flora do local. Diversos animais, alguns ele já avistará anteriormente, outros eram novidades, como os peixes dourados e brancos, ou até mesmo as pequenas borboletas que ali passeavam a procura de uma bela flor para se alimentar.

Saindo da pequena ilha, o jovem se deita em uma arvore dentre tantas no local para dormir, a noite já apontava sua chegada no horizonte e a temperatura, assim como em qualquer lugar, já começava a cair.

No dia seguinte, o jovem acordou com barulho de passos, e este era o que acontecia, um pequeno grupo de peregrinos passava para o local, 3 pessoas no total sendo 2 homens e 1 menino. Um pai, um irmão e um irmãozinho.

cuidado:
OFF: Narre apenas suas ações, e não descreva o local a sua volta além do que já conta na descrição do tópico, essa é minha função. Sobre as magias, nn esqueça que cada vez que usar vc gasta SP então.. cuidado. Desta vez nn irei descontar, na próxima sim!
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Hiroshi em Qua 25 Nov 2015 - 22:51

Estava tendo uma noite até que fria, também não tomei nenhuma precaução contra os eventos da natureza, mas tirando isso de lado dormi bem, ou pelo menos, até ouvir um barulho por perto, passos pelos passos pareciam ser três. Já sabia que provavelmente não conseguiria fazer minha meditação diária pois vai saber o que essas pessoas que se aproximavam seriam.
Sem mais delongas abri os olhos ainda meio "pesados" os esfreguei com as mãos e me espreguiçando, cocei a cabeça, e me levantei procurei meu cantil e tomei o que restou d'água que tinha e antes que pudesse comer algo consegui ver quem que se aproximava, certamente os que me acordaram, como havia previsto pelos seus passos eram três pelas aparências seriam um pai, um filho e um irmão mais novo do filho. Ou só mais três bandidos qualquer andando por ai? Eram tantas opções mas n tinha tempo para pensar e formular um plano para cada uma da situações.
Peguei minha mala a coloquei nas costas, bati as mãos na roupa só para dar um limpadinha e dei uma arrumadinha no cabelo.
**O que será que vão pensar de mim?**
Uma risadinha. Então fui na direção oposta deles assim para ficar de frente á eles, para não causar más impressões já apareci de mãos semi-para cima e sem nem pensar por um segundo que eles não falariam minha língua natal falei:
*Eerr, Kon'nichiwa, watashi wa sukoshi mayotte shimaimashita, watashi o tasukeru koto ga dekimasu ka?*
"olá, estou meio perdido, poderiam me ajudar?"
Falei, com o tom mais calmo e sincero possível para não haver confusões, só pelo fato de não ter pensado que não falariam minha língua natal, provavelmente por eu estar ainda acordando mas de qualquer maneira já havia falado.
avatar
Hiroshi
Novato
Novato


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Rubi Make em Sex 27 Nov 2015 - 10:00

@Hiroshi
*****************************
Cap. 01
Unraveling A New World



O trio se depara com o garoto se aproximando lentamente, e todos param, eram boas pessoas, assim como o jovem, mas a língua que o mesmo falava eram para poucos e não era o caso do trio.

O mais novo, era o que mais estava perdido na situação, o do meio parecia meio receoso e o pai com sua experiencia, tentou responder.

-Desculpe, mas não entendemos sua língua..-
avatar
Rubi Make
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta Alihanna

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum