Confraternize-se !

CHAT OFICIAL!
https://join.skype.com/rrhhmSipQkIk




Sejam felizes
- Regras -
- Raças -
- Modelo de ficha -
- Classes -
- História -
- Talentos -
- Mapa -
- Perícias -
- Transportes -
- Vantagens -
- Desvantagens -
- Lista de magias -
- Armas -
- Equipamentos -
- Itens -
- Tá perdido? -
Últimos assuntos
» Players (novatos ou não) sem GM - New Order
Seg 26 Jun 2017 - 13:48 por Cloud

» Minhas histórias inacabadas.
Dom 25 Jun 2017 - 5:47 por Stained B.

» Qual Música que você esta escutando agora?
Sab 24 Jun 2017 - 17:32 por Stained B.

» Campanha: A guerra de sangue
Sex 16 Jun 2017 - 9:17 por alinesantos

» Desenvolvimento de nova ferramenta para RPG de mesa
Sex 16 Jun 2017 - 9:14 por alinesantos

» socorro alguem me ajuda a construir minha ficha, tem algo errado aqui
Qua 14 Jun 2017 - 19:48 por Lord Death

» Dados das trevas
Sab 10 Jun 2017 - 2:11 por Dicer

» Coisas para ter medo:
Sab 3 Jun 2017 - 19:34 por Stained B.

» Prefeitura
Seg 29 Maio 2017 - 20:54 por Lord Death

Parceiros
Zephyr RPG

Prefeitura

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:17


____________________________________________________________________________
(Prefeitura)

A prefeitura é um lugar bem calmo onde poucas pessoas aparecem e os empregados passam o dia no tédio. O prefeito é um senhor simpático que resolve os problemas com a calma e seriedade de um sábio e por isso, nunca há muito oque fazer se não olhar os pássaros a cantar nas arvores próximas, mesmo assim o lugar é muito bem vigiado por uma guarda pessoal formada pelos mais corpulentos moradores do lugar.

OFF: Editado (Ichirou)
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:23

Maseratsu escreveu:Andava em passos silenciosos pela prefeitura. Estava com medo de expôr a Ordem, por isso não mostrou o documento a ninguém. Ela queria falar diretamente com o Prefeito. Fez questão de mostrar aos guardas todos os seus pertences, exceto o documento, assegurando que a Adaga não cortaria nem se ela quisesse. Caso duvidassem, ela pediria a todos que tivessem suas dúvidas que a seguissem até o gabinete do Prefeito, e que fincaria a adaga na parede ou a colocaria em algum lugar seguro - tanto para eles, quanto para ela - para ter certeza que não mataria ninguém, nem que teria sua alma roubada.

"Espero que eles não tentem me investigar, a Ordem não pode ser revelada, não importa o que aquele Sacerdotinho disse."

Moritas movia as mãos um pouco nervosa, mas não de uma forma tão perceptível a ponto de levantar suspeitas. Ou pelo menos é o que ela pensa.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:24

Azetlor escreveu:Maseratsu

De forma discreta a Valquíria de Trinus anda pela prefeitura, pós passar pela revista da guarda deixando na portaria sua adaga na portaria, se dirigiu diretamente até o gabinete que foi indicado pelo soldado que se encontrava na entrada. No escritório da prefeitura ela se depara com um home um pouco acima do peso de altura mediana com vestes formais sustentando uma cartola em sua cabeça atrás de uma mesa de madeira de carvalho com uma pilha de documentos: - No que posso ajuda-la minha jovem tenho muito trabalho para fazer com pode perceber.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:25

Maseratsu escreveu:A Valquíria encostou-se numa das paredes, olhando séria para o homem. Estava desconfortável sem sua adaga, parte de sua alma, portanto não perderia tempo sendo feliz, cordial e alegre.

- Ouvi dizer que tens problemas com bestas na cidade. Theriantropos, não? - disse, com uma voz que curvava-se para a raiva, mantendo sempre o documento dentro de sua bolsa. - Preciso da descrição deles, irei caçá-los.

Retirou uma faca de entalhe do bolso, que tinha a lâmina curta e curva. Andou até se aproximar da mesa do prefeito, com a maior calma possível, e riscou uma linha na madeira do móvel. Seu andar não demonstraria ameaça a qualquer outra pessoa, e fez de tudo para o mesmo ocorrer com o prefeito, provavelmente sem sucesso.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:25

Azetlor escreveu:Maseratsu

Então o prefeito se ergue de sua cadeira colocando ambas as mãos sobre a mesa olhando com certa surpresa de ela saber tanto sobre este assunto que parecia ser um pouco delicado: - Como você sabe de nosso problema com os Theriantropos. - Disse o politico enquanto se colocava de pé andando até a parede onde ela se encontrava. – Eles surgem repentinamente possuem a aparência de lobos ferozes de pelos cinzentos, aqueles infectados possuem roupas rasgadas e o líder tem uma cicatriz no olho esquerdo, mas quem e você? e quem te enviou? - Pergunta o prefeito olhado a jovem meio-dragão de gelo nos olhos, ele aprecia querer saber se podia realmente confiar nela.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:25

Maseratsu escreveu:- Tenho um primo que mora por aqui, ele estuda essas criaturas. Quando viu que elas estavam atacando demais as pessoas decidiu me comunicar, mas vim por conta própria. Pode me chamar de Freya, se quiser me dar um nome. - era totalmente contra a sua forma de agir, mas Moritas simplesmente não conseguia ser a "Dama Simpática dos Cabelos de Cerejeira" sem sua Adaga. Talvez sua parte alegre da alma esteja na arma. - Que lugares frequentam? E além de tudo, vocês já pediram ajuda para alguém? - estava impaciente. Não aguentaria muito tempo, mas continuou olhando nos olhos do homem, com seu olhar frio como o pico da montanha que um dia foi seu berço.

Suas mãos tremiam levemente. Não por frio ou enfermidade, mas nervoso. Estar separada de sua alma por uma distância tão grande era um evento não pensado pela sua mente semi-dracônica, e era tão aterrorizante quanto ser capturada por um de seus alvos, o que havia presenciado duas vezes.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:26

Azetlor escreveu:Maseratsu

O prefeito então retorna a sentar onde se encontra antes, pegando sobre a mesa uma fina xícara de porcelana tremendo muito pelo nervoso de entrar neste assunto tão delicado: - Estas criaturas bestiais geralmente atacam durante as noites de lua cheia atacando a cidade aleatoriamente em buscas de vitimas, desparecendo próximo a plantação.  - então ele recoloca a xícara já vazia sobre a mesa, um pouco menos nervoso. – Pedimos ajuda para um membro do clero de Pejite que disse que nos enviaria reforços, mas ate agora não temos noticias. - Então o homem espera pacientemente pela resposta dela.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:26

Maseratsu escreveu:- Provavelmente os reforços foram mortos durante a viagem. - Não deu nem tempo para o prefeito terminar sua frase, já estava disparando as palavras pela boca. Perder tempo era um pecado para ela neste momento, estava quase deixando o homem falando sozinho. Fechou os olhos, deixou a cabeça pender por alguns momentos e suspirou. Tentava manter a mente clara, mas só conseguia pensar na Adaga. - Tudo que preciso é permissão para caçá-los, e sua garantia de que ninguém, eu digo NINGUÉM, irá me atrapalhar. Pague o quanto (e se) quiser, não me importo com dinheiro.

Terminou de falar, virando-se de costas e dando três passos em direção à porta, virando a cabeça para a direita e os olhos na direção do homem, dizendo:

- Diga para os seus soldados nunca mais me separarem de minha arma, se algum dia eu voltar a vir aqui. - esperava a resposta do prefeito, agora olhando para frente.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:27

Azetlor escreveu:Maseratsu

O prefeito respondendo ao pedido da jovem, ele abre um das gavetas de sua mesa tirando um pergaminho na qual escreve por alguns minutos molhando repetidamente a ponta de sua pena quando sentia que já havia acabado a tinta, e ao terminar ele passa o mata borrão o estendendo o documento para que a meio-dragão a pegue: - Esta e a sua autorização que necessita para poder trabalhar em paz, caso algum problema bastara apresentar isso que tudo se resolvera, Pedirei para que os soldados na interfiram e mantenha longe de onde você esteja executando o serviço. - o politico parecia muito serio e tenso com aquela situação que se encontrava a cidade, sua preocuparão esta estampada em sua face de forma muito nítida. 
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:27

Maseratsu escreveu:- É melhor que seja assim. - agarrou o documento  com força, mas com um certo cuidado para não rasgá-lo. Guardou-o junto ao que o Sumo-sacerdote havia lhe dado, murmurou alguma coisa e saiu, indo até os guardas que haviam lhe confiscado a arma.

Andava com passos fortes, de certa forma ameaçadores, enquanto seus olhos emitiam um brilho levíssimo, quase imperceptível, como se sua raiva e ascendência dracônica estivessem querendo sair. Ao chegar no guarda, retirou o documento de seu saco de ossos, abriu-o e mostrou para o homem com uma mão, deixando a outra estendida para que sua arma fosse devolvida.

- Minha arma. Agora. - deu ênfase no "agora", mostrando que caso não devolvesse a situação se tornaria complicada.

"Vamos lá, devolve! Não quero ver o que acontecer se eu ficar por muito tempo sem a Adaga!"

OFF: Seria necessário um teste de ameaçar, nesse caso?
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Saphira Odin em Sex 28 Ago 2015 - 17:29

Azetlor escreveu:Maseratsu

A ameaçada feita por Moritas acaba por deixar o soldado que havia guardado sua adaga ficar muito acuado pelas palavras proferidas por ela, mas logo  se volta para uma mesa onde se encontrava a preciosa adaga, entregando imediatamente para sua verdadeira dona. Saindo da prefeitura a Valquíria de Trinus agora poderia prosseguir pelas ruas, mas ainda era muito cedo para iniciar sua caçada, pois ainda se encontrava no meio da tarde. As ruas se encontravam movimentada com alguns vendedores que gritavam para anunciar seus produtos.
avatar
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Maseratsu em Dom 6 Set 2015 - 12:58

Voltou em sua face o tom alegre de sempre ao receber a adaga, emitindo um sonoro e relaxante "Obrigada!" enquanto saía pela porta da frente. Procurou então um vendedor de pergaminhos, procurando pelo que os descrentes chamados de magia, aquela chamada de Toque Congelante, que permitia que o usuário concentrasse a energia de Trinus na palma de sua mão, congelando quem a tocasse. Achava um pouco estranho as orações ao Terceiro Deus serem vendidas em forma de pergaminho, mas não podia discutir com a civilização que a acolheu. Assim que encontrasse o vendedor, diria imediatamente de seu interesse. Não tinha tempo a perder, os Theriantropos poderiam estar em qualquer lugar, inclusive em sua frente. Precisava do poder de Trinus para deter aqueles invasores. Caso não achasse nada, iria até a plantação, onde armaria tocaia e aguardaria pelos seus alvos.
avatar
Maseratsu
Lenda
Lenda


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Dom 6 Set 2015 - 19:01

Maseratsu

Moritas percorre as ruas sem encontrar nenhuma barraca de produtos mágicos, mas quando estava quase desistido de compra o pergaminho que buscava, ela pode ver alguns metros uma barraca onde um senhor idosos que trajava uma longa túnica azul turquesa  esta sentado atrás do balcão onde sobre ele se encontrava diversos artefatos místicos, em um canto havia um pilha de pergaminhos devidamente empilhados. Então rapidamente a Dama dos Cabelos de Cerejeira se dirige a pequena loja pedindo de forma mediata pelo pergaminho toque gelada. Por um breve momento o homem se abaixa, retornando em seguida com o pergaminho em mãos: - Aqui esta senhorita são 15 peças de ouro por este pergaminho. – Diz o vendedor com esticando sua mão direito a espera pelo dinheiro enquanto com a outra o pergaminho.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Maseratsu em Seg 7 Set 2015 - 13:17

Moritas colocou a mão em sua bolsa para ossos, que tinha tudo menos pedaços de seres vivos, retirando dali 25 moedas de ouro, largando todas no balcão. Sorriu, enquanto pegava o pergaminho e saía lentamente daquele local, se dirigindo à plantação onde seus alvos possivelmente usariam como rota de fuga. Sentaria-se em um lugar mais calmo, onde colocaria-se a ler o pergaminho que, podia sentir, emitia uma aura fria e mágica, como se Trinus e Thaeand trabalhassem juntos naquele pedaço de papel.
avatar
Maseratsu
Lenda
Lenda


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Seg 7 Set 2015 - 23:15

Maseratsu

Após pagar pelo pergaminho a Valquíria de Trinus vai à direção ao caminho que leva a plantação para onde as criaturas foram avistadas. Em meio á estrada havia uma arvore onde ela se sentar e começa a estudar o pergaminho da magia que comprara na barraca a poucos minutos antes, lendo o documento com muito cuidado, prestando atenção a cada linha.

off:
Serão quatro rodadas para o aprendizado desta magia. Então esta foi a primeira rodada agora são 1 de 4

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Maseratsu em Ter 8 Set 2015 - 9:51

Lia cada linha cinco vezes para ter certeza, com seus lábios variando entre o texto do pergaminho e orações a Thaeand, o Quinto Deus. Sua adaga emitia o mesmo brilho azulado de sempre, porém desta vez misturado ao roxo, com o símbolo de um olho, um daqueles entalhados em seu cabo, brilhando na mesma cor.

Thaeand, ó poderoso deus que tudo vê, abençoa-me com teu intelecto, permitindo que eu aprenda sua dádiva na terra e a utilize contra aqueles que são contra a Igreja e a Ordem. Ó Quinto Deus, que abençoou a terra com seu divino poder, não permita que eu utilize tua benção em pessoas de bem, em troca amplifique sua força em pessoas de mal. Em nome das Sete, eu suplico a ti.
avatar
Maseratsu
Lenda
Lenda


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Ter 8 Set 2015 - 23:36

Maseratsu

Moritas recostada na arvore fazia a leitura do pergaminho enquanto pedia em orações que Thaeand o deus dos magos conceda sabedoria para que aprenda esta magia. O conteúdo do pergaminho ao poucos era compreendi pela jovem meio-dragão de gelo que se mantinha focada em entender as formulas contidas no mesmo. 


off:
Serão quatro rodadas para o aprendizado desta magia. Então agora são 2 de 4

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Maseratsu em Dom 13 Set 2015 - 10:53

As letras aos poucos se desembaralhavam, formando algo que fazia algum sentido. Não eram orações escritas, como ela tinha imaginado, mas sim fórmulas mágicas que pouco a pouco eram gravadas em sua mente. Podia sentir em seus olhos uma aura mágica, que ia decifrando aqueles escritos para algo que sua mente podia entender. Suas veias corriam levemente mais frias conforme ela lia as fórmulas, conforme o poder de Trinus era compreendido. Seguia lendo concentradíssima aquele pergaminho, querendo absorver todo aquele conhecimento.
avatar
Maseratsu
Lenda
Lenda


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Dom 13 Set 2015 - 15:30

Maseratsu

Agora faltava pouco, a Valquíria de Trinus estava quase compreendendo a magia contida no pergaminho que tanto se concentrava a leitura de suas formulas.  Enquanto estudava o documento parecia que esta bela manhã estava se esvaindo lentamente, logo chegaria o entardecer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Lord Death em Sab 6 Ago 2016 - 11:05

Havia pouco tempo que havia se libertado e estava apenas começando a avisar de sua chegada ao mundo mortal, tendo sido convocado para se juntar a Irmandade das Sombras, um grupo que seguia uma outra suposta divindade caída a qual não se recordava mas pretendia encontra-lo para negociar melhor sua adesão ao grupo. No momento, bastava saber que não estava só em sua cruzada.

Decidido a retomar seu devido status e poder, precisaria seguir alguns passos e planos para alcançar seu objetivo, começando por colocar em prática o primordial deles: estabelecer uma base e obter conhecimentos sobre o mundo sob a ótica dos seres inferiores. Acabou optando por um local propício a isso, pouco movimentado mas que estava próximo a uma importante cidade humana, podendo ir e voltar sempre que precisasse, alem de afastar olhares de bisbilhoteiros e ter um pouco mais de controle sobre imprevistos, principalmente no que diz sobre resistência à seus planos.

Depois de procurar algumas cavernas e pontos próximos onde pudesse começar a construção de sua base, decidiu seguir de dia para a prefeitura do Campo dos Vinhedos, fazendo questão que todos vissem sua caminhada pelo local, mostrando não temer a luz nem se tratar de um ataque, mesmo usando sua foice como cajado enquanto caminha, com ar de superioridade e nobreza, num misto de perigo e admiração, sem demonstrar qualquer reação hostil. Estava seguindo acompanhado de outros dois necromantes e já procurou com os olhos pela valkiria daquele lugar para que pudesse reconhece-lo.

Seu objetivo era negociar com o responsável pela vila, estabelecer uma diplomacia que poderia ser mutuamente benéfica para ambas as partes, a vila e a Irmandade, então apenas o responsável poderia ter alguma autoridade sobre tais negócios, embora provavelmente aqueles seres de mais baixo intelecto talvez tentassem se opor mesmo sem ouvir seu líder, atitude típica de animais amedrontados. 

avatar
Lord Death
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Ter 9 Ago 2016 - 16:01

Lord Death

Depois de incontáveis séculos, Lord Death agora se via em um mundo que apenas observara com um mero espectador. Então a antiga deidade se dirige pela estrada em direção ao norte, em busca alguma de suas valorosas Valkirias após  muito tempo que fora aprisionado neste mundo mortal. Após alguns dias ela chega a um lugar conhecido como Campos de vinhedos onde tenta encontrar alguma caverna que possa se utilizar como base. Depois de algum tempo de procura o necromante encontra uma profunda gruta profunda e escura, por um breve momento ele parecia ter avistado um vulto se movimentar na escuridão. O lich poderia adentra na caverna para averiguar ou seguir rumo a prefeitura da pequena vila rural.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Lord Death em Ter 9 Ago 2016 - 21:33

Pretendia seguir com seus planos e partir rumo a prefeitura da vila, mas ao que tudo indicava, precisaria antes encontrar com o necromante que por ali estava. Suas buscas não indicavam um ponto especifico, mas por ter achado uma gruta, provavelmente era ali que deveria estar se escondendo, um lugar propício para os praticantes das artes das trevas. O vulto na escuridão apenas indicava que estava certo em seguir seus instintos.

Decidiu adiar sua chegada a vila como pretendia, primeiro iria investigar ali e quem sabe poderia ser o começo de sua própria base ali, mas primeiro queria conferir tanto o local quanto o tipo de necromante que ali estava. Não se importava muito com quem era ou nomes, eram todas criaturas fracas e desprezíveis, mas por hora, naquele seu atual avatar, precisaria forçar uma certa "educação" ao lidar com eles, pelo menos ate voltar a possuir um pouco mais de poder.
avatar
Lord Death
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Qui 11 Ago 2016 - 15:47

Lord Death

Enquanto progredia para dentro da caverna, algum tempo caminhando o lich chega a um ponto da caverna que parecia se aprofundar muito, ao ponto de não se ver mais a entrada. Próxima à parede da gruta se encontrava um cadáver de um homem em avançado estado de decomposição, mas estranhamente as suas vestes pareciam não ser compatível com a aparência do corpo, ele trajava veste de aventureiro composto por roupas simples sob uma armadura simples. Com sigo ele trazia uma mochila onde se podia ver um pedaço de pergaminho que se encontrava a mostra. O ambiente parecia ser muito estranho, o ar neste lugar parecia se muito denso, se podia ouvir o som de água ecoar pela caverna vinda do caminho que fizera ate aqui, provavelmente era uma forte chuva começara a cair, a caverna parecia que se tornara mais silenciosa cada passo que dava para dentro da escuridão interrompida apenas pelo gotejar das estalactites.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Lord Death em Qui 11 Ago 2016 - 23:53

Sua jornada rumo a escuridão da caverna acabou se mostrando um pouco produtiva ao encontrar um corpo, provavelmente de um aventureiro pelas roupas mas que não lhe parecia normal. Em sua sacola, podia ver um pedaço de pergaminho que prontamente se aproximou para apanhar, mas parou logo antes de tocar, temendo a possibilidade de uma armadilha.

Em vez de apanhar imediatamente, procurou sentir se poderia haver alguma emanação de energia magica dali, quem sabe poderia haver alguma armadilha magica. Da mesma forma, procurou ver se era visível algum fio ou engrenagem, quem sabe o que poderia surgir. Caso tudo estivesse normal, iria lentamente pegar o pergaminho e tentar lê-lo e quem sabe ver se haveria algo mais de util ali antes de continuar ao som do gotejar.
avatar
Lord Death
Herói
Herói


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Convidado em Dom 14 Ago 2016 - 4:42

Lord Death

Averiguando o corpo em busca de armadilhas ele acabou não encontrando nada, vendo que era seguro o necromante lentamente puxa para si o pergaminho, mas antes de completar o movimento ele acaba percebendo um runa crava na parede atrás do cadáver. Por seu conhecimento aquilo poderia ser um gatilho magico que enquanto não fosse ativado não poderia ser sentido antes de ser tarde demais. Aquela runa aprecia ser uma runa da escuridão que causa a sua vitima corrupção, isso explicaria o estado do corpo em avançado estado em decomposição, este provavelmente e utilizado para evitar a entrada de intrusos na caverna parecia estar no caminho certo. Era possível ver um pouco do conteúdo do pergaminho por seu miolo, parecia ser algum tipo de mapa.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prefeitura

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum