Taverna da Hanna

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Taverna da Hanna

Mensagem por Saphira Odin em Qui 27 Ago 2015 - 2:20

Taverna da Hanna Ftn2v7
____________________________________________________________________________
(Taverna)

A melhor, e única, taverna da cidade. Também serve de pousada para viajantes cansados, oferecendo boa comida e acomodações muito nobres. Hanna é uma mulher corpanzuda que, com seu casal de filhos (Gibas e Katarinne) servem as mesas, limpam os quartos e ainda arranjam tempo para fofocar. Do lado de fora, um lampião de luz verde e uma tabuleta bem à vista.

-Hospedagem: 5 PO a noite por pessoa.
-Refeições: Preço a combinar, mas varia de 5 a 15 PO's, recuperando 1d6 de HP+ (o preço da refeição em bônus)
 
Spoiler:

Taverna da Hanna 12049 Cerveja
Taverna da Hanna 12049
DescriçãoSuprimento de mais ou menos 1L de 
cerveja em uma bela garrafa.Recupera 3 SP por garrafa.

Preço4PO
-

Taverna da Hanna Th_vinho1_mini VINHO CANTINA DA SERRA


Taverna da Hanna Th_vinho1
DescriçãoSuprimento de mais ou menos 1L de vinho em uma bela garrafa.Recupera 1d6 SP por garrafa,mas em compensação...(já vou avisando,é marca vagabunda...)
Preço6 Po
 -

Taverna da Hanna Th_vinho2_mini-1 CHATEAU DE VELLIÉ DU VENTÊ


Taverna da Hanna Th_vinho2
DescriçãoSuprimento de mais ou menos 500ML de vinho em uma bela garrafa. Recupera 1d6+6 SP por garrafa,mas em compensação...(Ao menos você pode impressionar alguém.)
Preço15 POs
 -
OFF: Editado (Ichirou)
Saphira Odin
Saphira Odin
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alessia Adamanto em Qui 28 Jan 2016 - 2:42

Ainda era de dia quando adentrei no estabelecimento, nem tanto para encontrar um lugar para ficar, mas imaginando que seria um bom lugar para eu encontrar notícias sobre algum trabalho ou ouvir algum boato. Sempre havia ouvido falar de histórias começando em tavernas, e imaginava que pessoas bêbadas estariam mais dispostas a deixar alguma coisa escapar em voz alta, além de já ter ouvido falar que as funcionárias dali eram um pouco fofoqueiras, sem dúvida não seria um problema conseguir alguma informação. Eu via o movimento do local com o canto do olho, reparando nas figuras do local e procurando alguém que parecesse saber lutar, mas também não parecesse ser lá muito agressivo, mas no final das contas eu me dirigia para o balcão.

- Olá, eu gostaria de pedir alguma coisa para comer, nada muito caro, e não precisa de qualquer bebida para acompanhar. Vejamos, uma porção de carne e queijo seria perfeito, sempre quis ver se o queijo daqui era tão bom como minha mãe falava. - a jovem falava para a pessoa que a atendesse, parecendo bem animada com o prospecto de experimentar a comida. Depois de receber o prato, ela se sentava e comia ali mesmo, aproveitando para puxar conversa. - Então, anda acontecendo alguma coisa interessante na cidade nos últimos tempos? Alguma recompensa ou trabalho interessante? É que estava querendo juntar um dinheiro...

Ela falava aquilo com naturalidade, como quem não tem nada a ver, e escutava atentamente a resposta antes de continuar comendo. Quando terminava ela pagava pelo prato, e ficava sentada por mais um momento, voltando a examinar o bar por alguém que parecesse interessante, ou um bom companheiro de viagem. Se encontrasse, iria se dirigir para onde estava sentado, e se sentaria perto sem fazer muitas cerimônias, estendendo a mão e sorrindo enquanto se apresentava.

- Olá, meu nome é Alessia Adamanto. Gostaria de me ajudar com uma coisa?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alduin de Asmavok em Qui 28 Jan 2016 - 3:00

Em meio ao barulho da taverna, era difícil para Alduin distinguir o que cada um falava, e muito mais difícil julgar se as informações por lá eram reais ou boatos.
 Bêbados contando histórias para impressionar seus amigos mais bêbados de acreditar nas besteiras, aventureiros inventando histórias para impressionar bêbados que sequer entendiam o contexto e mulheres fofocando besteira em suma era o que mais se entendia, entretanto algumas informações interessantes ali e acolá eram anotadas em um pequeno papel, tentando criar um padrão do que mais se repetia e poderia ser real.


No momento que decido que reuni informação suficiente, ou melhor, o máximo que dava por ali, vejo que uma garota entra, notável que a mesma era de fora, decidi esperar um pouco mais para ver se conseguia mais alguma informação útil.  Ao me focar na conversa dela, percebo que ela não tem informações, e sim as procura, de um jeito direto e talvez arriscado, dependendo da cidade, porém cada um com seus problemas, não sou eu quem vou comentar algo. Ao finalizar de ouvir a conversa da mesma, me desencosto da parede e rumo a saída da taverna, porém logo após dar alguns passos em direção a saída, a mesma acaba por se aproximar de mim, puxando assunto.

- Olá... Meu nome é Trevor, o que gostaria mocinha? 

"Seu nome não é Trevor, Alduin, é Alduin."

"Nossa, que perspicaz da senhorita lembrar meu nome. Você sempre vai implicar com isso, não vai?"

"Você sabe que não precisa se preocupar tanto, qualquer coisa se fosse um inimigo, nós daríamos um jeito juntos."

"O real problema não é dar conta do inimigo, e sim evitar problemas desnecessários."

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Não é o Diff em Sab 30 Jan 2016 - 7:14

@Alessia

O atendente ouviu o pedido de Alessia e anotou-o imediatamente, depois simplesmente se distanciou e desapareceu numa porta atrás do balcão. Momentos após ele voltou com o pedido dela e quando Alessia o fez a pergunta ele simplesmente respondeu:

- Não sei lhe dizer muito, perdão. Mas sei que a polícia está oferecendo uma recompensa grande por quem acabar com um pequeno grupo de bandidos que vive as margens do rio Sirius, tem alguns panfletos na cidade mas não tem muito mais do que isso a ser dito, eles não sabem exatamente onde os bandidos ficam então teria que procurar. Isso é tudo que eu posso oferecer, senhorita. - E então o homem se retirou para atender aos outros clientes.

Alessia então viu um estranho elfo andrógeno no local e pensou que poderia ser um bom companheiro de viagem por alguma razão, então se aproximou dele e o cumprimentou.

@Alduin

Alduin procurava informações na Taverna, mas tudo que conseguia ouvir era uma grande mistura de vozes diferentes falando coisas que pareciam não fazer diferença nenhuma na vida de ninguém, o máximo de utilidade era alguns mafiosos que pareciam estar conversando sobre algo mas era tudo em código.

"A águia aguarda o coelho sair da toca pacientemente." dizia um, "Talvez o coelho possa ser mais forte do que a águia, ou ter alguém mais poderoso do seu lado" dizia o outro. O rumo da conversa parecia continuar nessa base, até que uma outra conversa realmente chamou sua atenção, uma entre uma garota e o atendente.

"[...] uma recompensa grande por quem acabar com um pequeno grupo de bandidos que vive as margens do rio Sirius, tem alguns panfletos na [...]"

Agora isso era interessante, talvez ele devesse perguntar mais sobre isso. Antes que esse pensamento realmente pudesse continuar tomando forma, Alduin foi abordado por uma garota, parecia a mesma que estava falando com o atendente mais cedo, isso poderia dar em algo.

Off:
Podem postar discutindo entre si sem minha interverção o quanto acharem necessário, quando quiserem sair é só deixar claro num Off no post ou na própria progressão das coisas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alessia Adamanto em Dom 31 Jan 2016 - 18:57


Um elfo com uma espada, realmente parecia uma boa escolha para companheiro de viagem dali em diante. Afinal de contas, pelo que havia ouvido falar os elfos eram legais, um pouco esquisitos e misteriosos, mas pelo menos eram confiáveis, e o fato dele estar usando uma espada era perfeito para segurar os inimigos longe dela, e devia ser bom com aquela arma, considerando que deveria ter tido décadas para praticar.

- É que sabe, eu ouvi falar sobre uma recompensa que colocaram em um bando de bandidos, mas acho que este trabalho pode ser um pouco difícil para que faça sozinha. – Começava a se explicar, se aplumando para tentar falar com ele cara a cara, pelo menos não era muito mais baixa que ele, isso já era algo positivo sobre o sujeito. – Alias, tenho que me apresentar... sou Alessia Adamanto, prazer, uma mestre cuca em treinamento, mas também sei um pouco de magia. E você?

Ela falava isso enquanto estendia a mão, esperando que ele a segurasse por alguns segundos, caso a segurasse sacudiria o braço sem parar, e caso ele não segurasse, iria recuar o braço bastante embaraçada com a situação. Depois de encerrar o cumprimento, e um momento de silêncio constrangedor caso o elfo não respondesse ao aperto de mãos, ela voltava a falar, ainda parecendo bastante animada.

- Então, eu estava pensando que você poderia me ajudar a pegar esses caras, que acha? Com nós dois esse trabalho vai ser muito mais fácil e rápido... e podemos dividir a recompensa!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alduin de Asmavok em Dom 31 Jan 2016 - 20:38

A observo por um segundo, então me desencosto e estico a mão, cumprimentando-a.

- Bem, sou Trevor, um espadachim... andarilho.

Escuto sua oferta, e então respondo: Não sou muito de trabalhos em grupo, prefiro trabalhar sozinho...

Saio da parede, andando em direção a saída, soltando um suspiro, no meio do caminho ergo minha mão, fazendo um gesto para ela me seguir.

"Sinceramente, essa garota é muito avoada. Se eu deixar ela sozinha, é capaz de se matar... vou ver suas capacidades antes de deixa-lá ir."

"Sabe, você que é o paranoico... não é toda pessoa que tu vai pedir ajuda que é um agente secreto do grupo da mafia que vai te assassinar se tentar descobrir pistas."

"É... mas nós estamos num bar, onde um grupo de mafiosos conversava sobre algo suspeito, já me é o suficiente para ser arriscado, sequer olhar o local antes de abrir a boca.
Bem, sair e conversar na rua seria estranho, por isso só vou me distanciar deles."

Ao chegar próximo da saída, vou para o lado, num local um pouco mais reservado, e então me viro, esperando ela chegar. Se ela me seguir, eu digo;

- Ok, quais informações você tem? E por favor, mantenha o tom baixo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alessia Adamanto em Seg 1 Fev 2016 - 23:35


O elfo parecia primeiro estar tentando sair dali sem mim, talvez não quisesse realmente realizar esta missão, ou simplesmente não quisesse completar comigo, mas logo depois de me dar as costas e ir para a saída, ele me deu sinal para seguir ele. Eu demorei alguns instantes para realmente concluir que ele estava sinalizando para mim, e o segui meio desconfiada, imaginando porque ele havia agido daquela maneira... será que ele podia ser aliado dos bandidos e ia me atacar? Ou era apenas um sujeito muito estranho? “Olhando bem para ele, sem dúvida é a segunda opção.” Pensei para mim mesma, o seguindo até a mesa selecionada e me sentando junto dele, ela também começava a olhar ao redor, reparando em algumas outras pessoas no bar que eram um pouco suspeitas, talvez ele estivesse preocupado com elas, vai se saber.

- Ok então, eu realmente não sei muita coisa... apenas ouvi sobre o trabalho e pensei ‘poxa, parece algo fácil, mas vou precisar de ajuda para ter certeza’ e aqui estou... estava pensando em descobrir aonde eles costumam emboscar as vítimas e tentar atrair eles para a gente, então derrubar eles, sabe algo simples e rápido. – Ela dizia para o elfo, transbordando com auto confiança, mas se aproximando dele para falar de maneira sussurrada, o que lhe parecia bem estranho. Bem, ele devia ter seus motivos, afinal elfos eram sábios e coisa e talz, provavelmente ele imaginava que havia um espião por perto, talvez alguém querendo roubar sua recompensa, ou que avisaria os ladrões, mesmo assim era melhor fazer como ele pedia. – Não deve ser muito difícil, quando o combate começar eu encanto sua arma e te dou uma velocidade extra, invoco alguma coisa para ajudar na luta, e em alguns instantes todo aquele ouro brilhante vai ser ... nosso. – Ela falava, aparentemente parando um momento, se lembrando que teria que dividir o ouro, isso era meio chato, mas a coisa justa a fazer, então era melhor já ir se acostumando com a ideia. Metade de uma recompensa era melhor do que recompensa nenhuma no final das contas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alduin de Asmavok em Sab 6 Fev 2016 - 0:56

- O plano parece interessante... então, você é uma cozinheira maga? Bem, creio que sozinha você seja um alvo mais frágil que comigo junto.

"Ela não parece ser ser fraca, talvez seu desleixo venha de tamanha confiança em sua força... um equívoco, talvez."

Alduin ficou alguns momentos em silêncio após a responder, cogitando como seria a maneria mais adequada de descobrir alguma dica da localização dos bandidos.

- Bem, acho que é o mais óbvio, mas podemos perguntar a algum guarda local aonde são ativos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alessia Adamanto em Sex 12 Fev 2016 - 20:24


Parecia que ele estava disposto a seguir a minha proposta de plano, mesmo este podendo ser considerado um pouco suicida por alguém com bom senso. Mas pelo jeito não tinha ninguém com bom senso ali, ou nós dois éramos do tipo confiante e positivo, se bem que essa segunda parte não parecia combinar com Trefor. Mesmo assim era bom saber que alguém apreciava meus incríveis planos ‘infalíveis’.

- Me parece uma boa forma de descobrir como ir atrás deles. Quer dizer, pelo menos aonde eles aparecem os guardas devem saber, mesmo que pelo jeito não saibam exatamente onde se escondem. Também poderíamos perguntar para alguém que foi roubado por eles, se encontrarmos, assim também saberemos como costumam agir. – Eu falava, tentando agir de maneira profissional e pensar como se fosse uma detetive, mas sem conseguir esconder totalmente minha empolgação com a aventura. “Isso sem falar de todo o ouro que vamos ganhar.” – Acho que então o melhor é procurarmos os guardas para ver isso, vamos? – Terminava de dizer, levantando-me da mesa, preparada para deixar o bar e procurar mais informações sobre os meliantes do lado de fora, caso Trefor me acompanhasse.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Alduin de Asmavok em Dom 21 Fev 2016 - 12:27

Alduin apenas acenou com a cabeça, concordando em iniciar pela busca, enquanto andavam juntos para a saída, deu uma última olhada pelo local.

"Não devem ter percebido nada, continuam conversando normalmente."


Ao sair da Taverna, Alduin colocava um capuz para se proteger do sol e fechava levemente seus olhos pela mudança de luminosidade, seguindo a garota.

"Você vai ser guiado por ela?"

"Acredito que golpes na retaguarda são mais mortíferos que frontais, você nas minhas costas já é um grande escudo, e confio mais em minha habilidade do que a dela."

"Você não sabe onde ir, certo?"

"... Eu acabei de chegar nessa cidade!"

"Haha"

Transição de post; Taverna da Hanna :para: Praça Central.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por italo castle em Dom 1 Maio 2016 - 9:10

Italo castle olhava para a garota e fica imediatamente todo sem jeito, ao ver ela correndo toda meiga ele fica sem saber o que fazer. Mas logo depois da garota sair sua primeira ação era ir atrás da dona hana. Chegando próximo ao estabelecimento ele percebe que era como um hotel para viajantes passarem e descansarem durante a noite. Italo castle se aproxima da porta e abri lentamente como se não quisesse ser percebido ou incomodar a ninguém presente no local, ele entra no estabelecimento e sua primeira intenção era sair atrás de conhecer a senhora que a moça tinha indicado anteriormente para ele.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Dom 1 Maio 2016 - 12:42

castelo chega a taverna logo após sair do tumulto que gerou na igreja, procurando pela dona hanna que foi a pessoa aconselhada pelo senhor da igreja.

--aqui estou, onde está a dona hanna em?

castelo observava cada um naquele local para tentar acha alguém que poderia lhe contratar para algum trabalho

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Ter 3 Maio 2016 - 19:43

@castelo


- Olá jovem senhor! Eu sou a senhora Hanna! Deseja alguma coisa?


Castelo olha uma senhora atrás do balcão, perguntando a ele de forma gentil.


As pessoas que estavam no lugar olha para Castelo de forma assustada como tivessem visto uma assombração, mas apesar disso não soltam uma palavra, sendo, a única pessoa a não se assustar com ele a própria Hanna. 


Se Castelo se lembrasse de como era uma taverna com certeza estranharia essa que era exatamente diferente de uma taverna normal onde tinha criminosos, pessoas estranhas, mas essa parecia ser uma taverna menos perigosa que as outras.
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Qui 5 Maio 2016 - 15:18

castelo era atendido pela propiá dona hanna e logo se aproximava do balcão que a dona estava, observando as pessoas daquela taverna para ver se teria alguém como ele.
--olá senhora! estou atras de dinheiro e me disseram que você seria a pessoa que deveria procurar nessa cidade..e aqui estou, poderia me ajudar?

castelo espera uma resposta promissória da dona hanna para conseguir o dinheiro que precisava

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Dom 8 Maio 2016 - 3:14

@Castelo


Hanna olha para o rapaz de forma calma e suave para depois falar calmamente.


- Sim, estou contratando bartender ou um arrumador. Se o senhor se interessar nesse trabalho, está contratado. Pago cinco ouros por dia para bartender e dois ouros por quarto arrumado para arrumadores.


Olha novamente para o jovem esperando a resposta dele.
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Seg 9 Maio 2016 - 9:56

A dona oferece um emprego para castelo, mais nao um que. Pudesse usar suas habilidades e sim para aarrumar quartos.

--parece que não tenho escolha... Aceitaarei o emprego até conseguir o dinheiro que preciso.
--Vamos começar logo com isso.

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Ter 17 Maio 2016 - 10:11

OFF: Desculpa a demora, fiquei sem internet, mas finalmente consertei.

@castelo


- Aqui está a chave dos quartos desarrumados. Muito bom ver que o senhor está animado, então, bom trabalho.


As pessoas olham de forma estranha para Castelo como se aquele trabalho fosse algo indigno para um ser como ele.


- Depois de eu verificar a arrumação dos quartos, eu lhe pagarei.
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Ter 17 Maio 2016 - 14:37

castelo pegava a chave dos quartos e ia arrumalos, percebendo o olhar das pessoas do estabelecimento, sabia que aquilo nao era trabalho para ele mais teria que fazer se quiser ganhar algum dinheiro. logo castelo sa resmugando baixo para a dona nao escutar.

--espero que essa velha me page bem por esse lixo de trabalho. irei terminar bem rápido e sair daqui.

enquanto arrumava os quartos pensava para onde ir depois, para arranjar mais dinheiro e algo que gostasse de fazer,

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Sex 20 Maio 2016 - 12:52

@Castelo


Castelo acaba de entrar no primeiro quarto para poder arrumá-lo e escuta um barulho estranho vindo do quarto ao lado.


-Pa com is.. se...ruto - essas são as palavras que Castelo conseguiu ouvir do quarto ao lado e depois disso nada mais pode ser ouvido.


Castelo não estava com a chave do quarto ao lado para limpar, pois a mesma estava ocupada por hóspedes.


Castelo sente que tem algo de errado, como se algo de ruim estivesse prestes a acontecer, mas ele não sabia dizer exatamente o que. 
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Sab 21 Maio 2016 - 19:28

castelo ouvia as palavras mal entendidas do quarto ao lado e logo fica inquieto com aquilo e resolve ir verificar o que acontecia.
ao chegar na porta do quarto vizinho, mais sua chave não poderia abrir a porta assim bate na porta chamando pelas pessoas lá dentro.

--serviço de quarto, poderia abrir por favor?
"não me faça esperar"

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Qua 25 Maio 2016 - 15:09

@Castelo 

Castelo começa a ouvir um barulho diferente de alguns pratos se quebrando dentro do quarto.


- Para com isso! Para! - É possível ouvir a voz de uma mulher.


- Só irei parar quando eu quiser mulher!


E mais coisas se quebrando é possível ouvir de dentro do quarto.
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por igor castelo em Seg 30 Maio 2016 - 10:39

Castelo escuta a voz da mulher e entra em ação no mesmo instante, usando de sua força para passar pela porta.

--PODEM PARAR AGORA MESMO, O QUE PENSA QUE ESTÁ FAZENDO.

__________________________________
 Ficha - Castelo
igor castelo
igor castelo
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por tabuleiromistico em Sab 4 Jun 2016 - 20:38

@Castelo

Castelo consegue quebrar a porta com a sua força, e, neste mesmo momento ele vê uma mulher seminua agarrada por um bandido segurando uma arma. O bandido aponta a arma para a cabeça da mulher.


- Nem ouse chegar perto, ou eu mato a moça! Ela está me devendo isso faz muito tempo.


A mulher se debate tentando se desvencilhar do bandido, mas devido a força do homem ela não consegue e não consegue mais gritar, pois o bandido a amordaçou.
tabuleiromistico
tabuleiromistico
Transcendente
Transcendente


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Shar em Qui 29 Set 2016 - 18:55

A lua ja ocupa seu lugar no céu e Shar entra na Taverna da Hanna e procura uma mesa onde possa sentar com as costas virada para parede e para ter uma visão geral do local. Todos olham assim que ela entra.

- Boa noite - Diz a linda Drow com um sorriso cativante no rosto.

Assim que todos percebem quem é, voltam para suas atividades normais, seria até suspeito e estranhos mas ela é uma das poucas Drows que pertencem a região, e por não serem muito comuns é fácil identifica-la. Todos já sabem que ela pretende manter a reputação que seus pais deixaram embora não saiba como e não se lembre deles seja o que foi que eles fizeram foi o suficiente para que tolerem ela no Vale. Todas as noites Shar vai a Taverna em busca de uma missão para seguir seu caminho como aventureira.
Shar
Shar
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Merique em Sex 30 Set 2016 - 2:45

Merique entra na taverna fazendo com que alguns rostos se virem em sua direção, como está em uma cidade movimentada, entra com o capuz de sua capa cobrindo sua cabeça e fazendo a parte superior do seu rosto ficar nas sombras, para ninguém perceber sua cegueira.

*Preciso arranjar um trabalho urgente, meu pai me colocou para fora de casa sem quase dinheiro algum, tudo bem que estou muito bem equipado, mas preciso realizar algum trabalho para conseguir dinheiro ou em pouco tempo estarei encrencado!*


Merique usando seu sonar se guia até o balcão, evitando esbarrar nas pessoas e tentando não chamar muita atenção, se dirige direto ao barman e diz:


-Olá, existe aqui algum quadro de missões e trabalhos? Será que você pode me indicar uma missão rápida, onde eu possa ganhar dinheiro o suficiente para alugar um quarto aqui por algumas noites?


Assim começa a jornada de Merique, o ex nobre Youkai cego, que fará de tudo para sobreviver e conseguir companheiros em Zephyr.
Merique
Merique
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Taverna da Hanna Empty Re: Taverna da Hanna

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum